DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

IR

IR

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

SAAE

SAAE

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Prefeitura abre poços e recupera estradas na zona rural de Floresta Azul

 
Texto e fotos: Ascom Floresta Azul | Agricultura - Infraestrutura
 Levar água para quem precisa não é mais um problema só do semiárido brasileiro. Com as mudanças climáticas no mundo e o desmatamento, que por décadas atingiu a região cacaueira, é possível hoje, em pleno sul da Bahia, encontrar pequenas localidades rurais sem uma única nascente para fornecer água para quem mora no local. É preciso rever as políticas voltadas para os recursos hídricos e desenvolver um projeto voltado para captar água para quem precisa de água, sem escolher local ou região do Brasil.
Em mais uma ação ousada, a prefeita de Floresta Azul, Dra. Sandra Cardoso, através da Secretaria Municipal de Agricultura, da Gerência de Infraestrutura e em parceria com alguns fazendeiros, montou uma frente de trabalho para recuperação das estradas vicinais e a criação de pequenos poços em diversas comunidades rurais que irão dar sustentação ao pequeno agricultor no período de seca.
Nos últimos 40 dias mais de 90 quilômetros de estradas vicinais no município foram recuperadas. As regiões dos Índios, Serra do Chuchú, Barra do Cedro, Serra Pelada, Pé de Serra, Guanabara, Santa Isabel, Café, entre outras, foram beneficiadas com a recuperação das vias vicinais e pequenos ramais que ligam essas localidades. A estrada que liga a BR-415 ao distrito de Santa Terezinha (Coquinhos) também foi recuperada e cascalhada.
Além da recuperação das estradas a prefeitura já abriu mais de 20 poços em pontos estratégicos que irão beneficiar o pequeno agricultor que vive nessas regiões. Já foram abertos poços na roça de Anísio, Tico Rocha, Bobó, Domingos, Dete, Dedeu e Deneval Correia, Justino (Tino), Louro Bago, Tonho de Amélia, Zé Sales, Antonio Soldado, Luciene, Leno Cabeludo, Pucho Rocha, Aurelino Cabral e Irá (vereadora). Os poços estão sendo abertos de acordo com a necessidade de cada localidade e tendo em média 4 por 4 metros.
“Estamos fazendo esse trabalho graças a vontade da atual gestão, que não mede esforços para recuperar os quase 300 quilômetros de estradas vicinais em nosso município e ainda abriu poços em diversas comunidades. Esses novos equipamentos que chegaram estão nos dando suporte para atender melhor o homem do campo. O consumo de combustível é grande e muitas vezes o fazendeiro entra com o combustível e a prefeitura entra com a mão de obra e os equipamentos”, disse Valter Alcântara, secretário de Agricultura.
“Só esse ano já recuperamos a estrada de Coquinhos três vezes, facilitando o acesso a essas regiões. Nosso município é imenso e montanhoso, dificultando a chegada dos equipamentos, mas com essas máquinas novas temos acelerado o trabalho e recuperado muito mais estradas. Esses poços era um sonho antigo de muitos pequenos agricultores. Precisamos primeiro recuperar a estrada para poder entrar e cavar esses poços”, disse Antonio Carlos, Gerente de Infraestrutura.
“Tem muitos anos que moro aqui com minha família e é a primeira vez que vejo alguém fazer alguma coisa por essa região. Além da recuperação da estrada ainda abriram um poço aqui na minha roça, onde vou poder guardar água para o gado. A água de beber pegamos em um poço que foi aberto pela prefeitura na escola Guilhermina Café (aqui próximo, onde meus filhos estudam). Só posso agradecer primeiro a Deus e depois a Dra. Sandra por essas ações aqui na região”, disse Valdo Oliveira do Nascimento (Dula), que mora na fazenda Indiana, região dos Índios, no Ponto do Café.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...