PMI

PMI

SAAE

SAAE

MINALEGAZ COPAGAZ

MINALEGAZ COPAGAZ

sábado, 30 de maio de 2015

Casagrande sofre infarto e é internado na UTI de um hospital de São Paulo

Comentarista da TV Globo passou mal na manhã desta sexta-feira. Ele foi submetido a cateterismo e angioplastia e deverá ficar em tratamento intensivo até domingo

Por 
São 
Paulo
Casagrande, comentarista da TV Globo (Foto: Reprodução SporTV)
Casagrande, comentarista da TV Globo
(Foto: Reprodução SporTV)
Walter Casagrande Júnior, 52 anos, sofreu um infarto na manhã desta sexta-feira e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospitalTotal Cor, em São Paulo.
O comentarista da TV Globo sentiu dores no peitopela manhã e foi levado para um hospital em Alphaville, na Grande São Paulo. Na sequência, foi transferido para o Total Cor, na região da Avenida Paulista.
No hospital, ele foi submetido a cirurgias de cateterismo e angioplastia e ficará na terapia intensiva até domingo, quando deverá ir para um quarto. A expectativa é que o comentarista fiqueinternado até quinta-feira. 

Veja o boletim médico:

"O Hospital TotalCor informa que o Sr. Walter Casagrande Jr. deu entrada na instituição hoje, sexta-feira (29 de maio), com quadro de infarto agudo do miocárdio e, imediatamente, foi submetido a cirurgias de cateterismo e angioplastia. O paciente permanece internado, evoluindo positivamente ao tratamento e com quadro de saúde estável.
 
Hospital TotalCor" 

Fruta brasileira desconhecida no país faz sucesso na Nova Zelândia

A feijoa - também chamada de goiaba do mato na Serra Gaúcha - é uma superfruta que possui propriedades anti-inflamatórias.

No meio de tantas outras frutas deliciosas que estão à venda nas prateleiras dos supermercados e nas feiras existe uma outra que tem feito muito sucesso na Nova Zelândia. Você conhece? É a feijoa!

Veja também:

A feijoa, que, na Serra Gaúcha, é conhecida como goiaba do mato, ganhou este nome em homenagem ao botânico brasileiro João da Silva Feijó. Tão desconhecida no Brasil, ela faz sucesso mesmo é na Nova Zelândia. Tem geleia, suco industrializado. Está até em outdoor.

“É até difícil achar feijão aqui, é uma coisa que a gente sentia saudade. Conhecer a feijoa não ajudou muito a matar aquela saudade do feijão, mas é uma fruta muito gostosa”, conta o guia Rafael Moradei.
Na Universidade de Auckland, a feijoa foi parar no laboratório da faculdade de ciências médicas. A feijoa se tornou tão popular e importante na Nova Zelândia que um grupo da faculdade de Medicinae Ciências resolveu fazer um estudo sobre esta frutinha que a gente mal conhece. Os pesquisadores queriam saber se ela é tão saudável quanto gostosa. Fizeram uma comparação com frutas vermelhas, tradicionalmente conhecidas pelas propriedades antienvelhecimento.
“A feijoa não tem apenas propriedades anti-inflamatórias, mas várias características que não esperávamos”, diz a nutricionista Lynnette Fergusson. “Ela é realmente uma das melhores frutas que testamos”.
Noha prestou atenção nos compostos biológicos que trazem saúde. Os estudos sugerem que estamos diante de uma fruta muito especial. Uma superfruta!
“Uma superfruta brasileira”, diz a orientadora. “Vocês devem voltar ao Brasil e contar a novidade. É o que todos devem comer mais”, diz ela.
Rafael Moradei, guia: A gente oferece como um produto que a Nova Zelândia tem a oferecer.
Globo Repórter: Está na hora de corrigir isso aí.
Rafael Moradei: Tá na hora de corrigir. É verdade. Agora nós vamos oferecer para os nossos amigos como uma fruta brasileira.

Bahiafarma amplia produção e prepara polo farmoquímico no estado


Com um faturamento de mais de R$ 80 milhões até o próximo ano, com o fornecimento de dois medicamentos ao Sistema Único de Saúde (SUS), a Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos (Bahiafarma) já prepara a ampliação do portifólio para diminuir a dependência de fármacos importados, gerando economia para a Bahia. 

Até o início de 2016, a Bahiafarma vai distribuir para o SUS mais de 56 milhões de comprimidos de Cloridrato de Sevelâmer, indicado para doença renal crônica, e mais de dois milhões de unidades de Cabergolina, utilizado por mulheres com disfunções hormonais. No total, os lotes fornecidos pela Bahiafarma a preços menores que os praticados no mercado representam uma economia estimada em R$ 33 milhões, o equivalente a 50% das aquisições desses remédios pelo Ministério da Saúde.

A produção, em parceria com uma indústria privada, contempla transferência de tecnologia para a unidade industrial da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), que já trabalha na fabricação de outros tipos de medicamentos e será a primeira fábrica de imunobiológicos do Nordeste. 

Segundo o diretor-geral da Bahiafarma, Ronaldo Dias, a garantia da capacidade de entrega possibilita a ampliação dos produtos fornecidos ao ministério e a atração de empresas, formando um polo farmacêutico. “A Bahiafarma é um indutor desse processo e, atuando com um portfólio diversificado, pode ser um facilitador de mão de obra qualificada, laboratórios certificados e parcerias com outros laboratórios que chegarem”.

O diretor acrescenta que a ideia é produzir também kits diagnósticos, além de próteses, órteses e válvulas cardíacas. As projeções estimam que, apenas na unidade industrial da Bahia, o número de postos de trabalho seja ampliado dos atuais 40 para 400 empregos gerados.

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

Secretaria de Educação de Ibicaraí promoveu reunião para adequação do PME ao PNE



Texto: Arnold Coelho – Fotos: Antonio Lima
 A Prefeitura de Ibicaraí, através da Secretaria de Educação, realizou uma reunião com professores, diretores e coordenadores da Educação local na manhã da última quarta-feira, 27, no Salão Nobre da Ordem dos Advogados do Brasil-Bahia (OAB) para adequação do Plano Municipal de Educação (PME) ao novo Plano Nacional de Educação (PNE). A reunião teve início às 09:30h e terminou às 13:00h.
A Coordenadora Geral de Educação, Dionei Cavalcante, iniciou os trabalhos com o canto do Hino Nacional e de Ibicaraí. Em seguida foi formada a mesa com o secretário de Educação, Uildo Batista; a presidente do Conselho Municipal de Educação, Rosália Reis; a presidente do Sindicato, Glaudinéa Moraes; o presidente da Câmara de Vereadores de Ibicaraí, Jesseone Santos Carvalho (Ceone) e a Diretora de Formação Sindical II da APLB da Bahia, Hércia Azevedo da Silva.
O secretário de Educação do município, Uildo Batista, falou da adequação do novo PNE e a necessidade da adequação do PME, que tem um prazo limite para a entrega. “O objetivo dessa reunião é avaliar as metas com os respectivos gráficos, indicadores e justificativas do plano em vigência, em conjunto esse corpo docente para chegarmos a um denominador comum. Avançamos muito nesses cinco anos de vigência do PME, mas, com as mudanças do novo PNE, precisamos nos adequar, pois todos os municípios têm até o dia 25 de junho desse ano para apresentar o plano, de acordo com a Lei Federal n° 13.005/2014, de 25 de junho de 2014”, disse o secretário.  
Na oportunidade foi criada uma comissão para a adequação das metas de estratégia para o novo Plano Municipal de Educação (PME) que valerá por 10 anos, de 2015 a 2025.
Estiveram presentes também na reunião o Grupo Colaborativo, constituído por Karina Rocha, Iaciara Dias e Silvana Gomes. Vale ressaltar que o novo plano tem o apoio técnico do Programa de Apoio à Educação Municipal (PROAM) e do Conviva Educação.

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO - PNE
O novo PNE foi aprovado pelo Congresso Nacional, dando origem a Lei n° 13.005/2014, este novo PNE foi aprimorado e inovado, tendo um perfil mais objetivo, trazendo estatísticas, o que facilitará seu cumprimento e fiscalização, como também abre maior espaço para debates entre as escolas, comunidades e profissionais da área.
As principais diretrizes do PNE que precisam ser adequadas ao PME são: a erradicação do analfabetismo, universalizando o atendimento escolar tendo que superar as desigualdades educacionais além de melhorias na qualidade do ensino. É preciso também investir, formar e valorizar profissionais, aplicando da melhor forma possível os recursos públicos da Educação, ampliando as áreas tecnológicas e científicas trabalhando a sustentabilidade socioambiental além de propagar a igualdade, respeito à diversidade, ampliar a gestão democrática da educação.

COMISSÃO ESCOLHIDA EM IBICARAÍ DE ACORDO COM O DECRETO Nº110, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2014:

ROSÁLIA REIS SILVA DE OLIVEIRA – Presidente do Conselho Municipal de Educação;
YANNA BISPO MOREIRA – Representantes de Alunos;
ROBERTTA MONALISA DE AZEVÊDO SANTOS - Representante do Colegiado Escolar;
CRISTIANA CONCEIÇÃO DO NASCIMENTO SILVA - Representante das Diretoras de Escolas da Rede Pública;
UILDO BATISTA OLIVEIRA - Secretário Municipal de Educação;
KARINA ROCHA SANTOS – Representante de Professores
GLAUDINÉA BISPO DOS SANTOS MORAES – Representante do Sindicato dos Professores;
ANDRÉIA MARIA BARROS FREITAS – Representante do Ensino Superior;
MARIA TEREZINHA CORREA SANTOS – Representante das Escolas Privadas;
ANTÔNIO NARCISO LEAL – Representante do Conselho do FUNDEB;
KLAUS DE OLIVEIRA MARTINS PINHEIRO FARIAS - Representante do Poder Legislativo Municipal.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Avião abatido na Venezuela pode ter provocado a morte de dois brasileiros

Embaixada do Brasil em Caracas foi informada do ocorrido pelo ONA. 

Documentos de amazonenses e drogas foram encontrados junto aos corpos.

Andrezza Lifsitch
Do G1 AM
Escritório Nacional Antidrogas (ONA) informou à Embaixada do Brasil sobre a morte de brasileiros em avião abatido na Venezuela   (Foto: Reprodução )Página na internet do Ministério do Poder Popular Para Relações Interiores, Justiça e Paz da Venezuelamostra imagem dos destroços de aeronave abatida (Foto: Reprodução)
O Ministério das Relações Exteriores informou nesta quarta-feira (27) que um avião, que teria saído do Brasil, foi abatido na Venezuela. Na aeronave EMB-820C, foram encontrados restos mortais, documentos de dois supostos amazonenses e carga de drogas. O fato ocorreu no domingo (24). Ao G1, familiares das supostas vítimas disseram não saber sobre as mortes, mas informaram que estão sem se comunicar com eles há alguns dias.
Segundo o Itamaraty, a Embaixada do Brasil em Caracas foi informada do ocorrido pelo Escritório Nacional Antidrogas (ONA), responsável pelo abatimento da aeronave. Segundo portais de notíciasvenezuelanos, a aeronave transportava cocaína. O piloto teria 24 anos e o auxiliar 19.

De
 acordo com o Ministério venezuelano, os tripulantes não responderam às tentativas de comunicação feitas pelas Forças Armadas, o que levou ao abate. A aeronave estava com falso registro venezuelano, informou o governo.Uma publicação do Ministério do Poder Popular para Relações Interiores, Justiça e Paz da Venezuela (MPPRIJP) afirma ainda que o Comando de Defesa Aeroespacial Integral detectou a aeronave voando ilegalmente na região da cidade de Puerto Ayacucho. Em seguida, teria deslocado aviões de caça para abordar o avião supostamente conduzido pelos amazonenses.
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse que um dos nomes das vítimas tinha documentação válida para pilotar. A Anac também afirmou não possuir informações sobre o outro tripulante no sistema da Agência.
Ainda conforme o órgão, a aeronave Embraer EMB-820C tem a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) em dia e o Certificado de Aeronavegabilidade (CA) válido, segundo registros do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB).
A Força Aérea Brasileira informou por meio de nota que, em território brasileiro, o último voo registrado da aeronave abatida  ocorreu em 23 de fevereiro entre o Aeroclube de Flores emManaus e a cidade de Borba, no interior do Amazonas.
A Embaixada e o Consulado do Brasil na Venezuela informaram que estão em contato com as autoridades venezuelanas para obter mais esclarecimentos sobre o caso.
Familiares
Em Manaus, Marcos Silva, tio do suposto piloto da aeronave, afirmou ao G1 que familiares não receberam qualquer comunicado oficial sobre o caso. Eles tomaram conhecimento das informações por meio de um amigo do rapaz, que trabalhava como piloto.

"Ontem [terça-feira], por volta de 20h (21h pelo horário oficial de Brasília), eu estava em casa quando um amigo dele, do meu sobrinho, veio perguntar por ele. Esse amigo disse que tinha uma informação em um site venezuelano relacionada a ele e pediu para que eu confirmasse se ele estava em casa ou não. Foi o momento em que eu entrei em contato com o pai dele, que me informou que ele havia feito uma viagem no sábado", relatou.
Um tio do outro suposto ocupante do voo disse que a família não recebeu nenhum comunicado oficial sobre a morte.

"A mãe ficou sabendo agora, porque ligamos para avisar o que aconteceu. Ele morava em Belém com a mãe e a irmã. Ele trabalhava com elas vendendo frango. Ele não era piloto, nunca foi. A gente nem sabia que ele estaria em Manaus ou que ele iria viajar. Foi uma surpresa quando vimos a notícia. Ele passa tempos sem aparecer por aqui, mas quando está em Manaus sempre vem aqui, pedir bênção do tio dele. Se ele se envolveu com drogas, foi muito recente, porque ele é muito tranquilo", afirmou.

No quarto dia, Enem 2015 chega a 1,6 milhão de candidatos inscritos

Balanço parcial foi divulgado pelo Inep às 10h desta quinta-feira.

Prazo para inscrições no exame nacional vai até o dia 5 de junho.

Do G1, em São Paulo
Mais de 1.650.000 candidatos se inscreveram na edição de 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até as 10h desta quinta-feira (28).
O balanço parcial divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) equivale às inscrições feitas entre as 10h de segunda-feira (25) e as 10h desta quinta, ou seja, 71 horas após a abertura do sistema.
O número de inscrições, até o momento, é menor que os de períodos equivalentes em2013 e 2014. Na edição de 2014, às 10h30 do quarto dia do prazo, 2 milhões de estudantes já haviam completado o processo de inscrição.
Em 2013, as inscrições foram abertas por volta das 9h30 e, às 18h30 do terceiro dia, após cerca de 57 horas, o sistema já registrava 1.906.814 participantes.
Os candidatos têm até o dia 5 de junho para fazer sua inscrição no site do exame.
Lentidão no site
Na terça-feira e na quarta-feira, o grande número de acessos deixou a página do Enem instável. O G1 tentou acessar o sistema ao longo da tarde em navegadores diferentes e constatou os problemas. Em algumas das tentativas, a mensagem de erro "404 – Not Found" foi exibida. Em outras, o site carregava com lentidão.

Em seu twitter, o Inep registrou a lentidão e pediu para que os candidatos façam sua inscrição em horários alternativos. O instituto detalhou que os períodos com menor tráfego no site estão entre 6h e 8h e a partir das 20h.
Erro para fazer inscrição
Na segunda, alguns candidatos relataram dificuldades para confirmar o número do CPF e a data de nascimento no processo de inscrição. Procurado pelo G1, o Inep disse que o problema pode ter sido "pontual", que o sistema está funcionando normalmente, e que a demanda registrada pela área técnica está dentro do previsto, em comparação com o primeiro dia de inscrições da edição do ano passado.

Por volta das 14h, o G1 testou o sistema e encontrou o mesmo erro relatado nas redes sociais: ao inserir o número do CPF e a data de nascimento na primeira tela do processo, o sistema dizia que os dados não haviam sido encontrados na base da Receita Federal, usada pelo sistema do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) para fornecer alguns dados pessoais dos participantes, como o nome completo. Uma hora e meia depois, novo teste foi feito, e na segunda tentativa, o sistema reconheceu os dados.
Segundo o Inep, se o erro persistir, é preciso entrar em contato com a central de atendimento doEnem, no 0800-616161. Lá, o candidato vai saber se será preciso buscar alguma retificação junto à Receita Federal.
PASSO A PASSO DA INSCRIÇÃO DO ENEM
Neste ano, as inscrições do Enem abriram nesta segunda (25) e vão até 5 de junho. Há algumas novidades no processo de inscrição, principalmente em relação a medidas de segurança do sistema informatizado.

Veja abaixo todos os detalhes para se inscrever:
Inscrição para o Enem no site do Inep exige documentos básicos como CPF, identidade, e dados pessoais (Foto: Reprodução/Divulgação)
Inscrição do Enem exige CPF, RG e dados
pessoais (Foto: Reprodução/Divulgação)
O que é preciso
O candidato precisa ter em mãos seu RG, o número do seu CPF e um endereço de e-mail pessoal. Neste ano, o mesmo endereço de e-mail não poderá ser usado em mais de uma inscrição no exame.

É necessário informar também um número válido de telefone fixo ou de celular.
Quanto custa
O Ministério da Educação aumentou o valor da taxa de inscrição para R$ 63. O aluno vai gerar um boleto bancário que deverá ser pago até o dia 10 de junho às 21h59 (horário de BrasÍlia).

O boleto bancário é criado na opção Gerar GRU. A página será aberta em uma outra janela, por isso é preciso habilitar a abertura de pop-ups no navegador.
Caso a taxa não seja paga, a inscrição do candidato será cancelada.
Quem pode fazer o exame de graça
Alunos da rede pública que cursam o 3° ano do ensino médio estão automaticamente isentos da taxa de inscrição.

Candidatos que comprovarem baixa renda também podem pedir isenção do pagamento ao final da inscrição. Após preencher o questionário socioeconômico, o estudante deve entrar na opção declarar carência. Nesse caso, é preciso conferir se o pedido foi aceito pelo Inep antes do fim do período de inscrições.
A partir desta edição, os candidatos isentos que não comparecerem nos dois dias de provas perderão o benefício para a próxima edição.
Como pedir atendimento especial
Estudantes com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva,  surdez, deficiência intelectual, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial podem pedir atendimento especializado durante as provas do Enem. É preciso que preencham o campo específico no formulário de inscrição indicando qual o atendimento necessário durante o exame.

Gestantes, lactantes, idosos, alunos em classe hospitalar e sabatistas também têm o direito a atendimento específico desde que informem sua condição no ato da inscrição.

No período entre 15 e 26 de junho, devem entrar novamente na página do Enem e solicitar o uso do nome social em formulário disponível on-line. O candidato deve ter documentos comprobatórios de sua condição.Nome social
Travestis e transexuais podem solicitar o uso do nome social no exame. Para isso, devem fazer sua inscrição normalmente no site até o dia 5 de junho.

Diploma de ensino médio
O candidato que tiver mais de 18 anos e pretende usar o exame nacional para pedir a certificação de ensino médio deve indicar seu objetivo na inscrição.

Língua estrangeira
No formulário da=e inscrição, o candidato deve selecionar se quer responder a perguntas de inglês ou de espanhol como língua estrangeira.

Local para a prova
O estudante deve escolher em qual cidade pretende fazer as provas do exame nacional, que serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro. O local pode ser alterado até o fim do período de inscrições.

Confirmação de inscrição
Os candidatos que pediram a isenção do pagamento devem conferir na página do Enem se o seu pedido foi aceito até o dia 5 de junho. Caso o pedido seja negado, é preciso criar o boleto de pagamento no site e pagá-lo até o dia 10 de junho.

Cartão de confirmação da inscrição
Neste ano, o cartão de confirmação do candidato será divulgado pelo Inep apenas no site do Enem. Ainda não há data prevista para sua divulgação.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...