2014

2014

PMI

PMI

SAAE

SAAE

BANER ENTULHO

BANER ENTULHO

MINALEGAZ COPAGAZ

MINALEGAZ COPAGAZ

terça-feira, 15 de abril de 2014

Fórum definiu Conselho Municipal de Direitos do Idoso em Ibicaraí

 
Texto: Arnold Coelho – Fotos: Raimundo Gomes
Aconteceu na manhã de sexta-feira, 11 de abril, nas dependências da Câmara de Vereadores de Ibicaraí, o Fórum para Composição do Conselho do Idoso, realizado pela Secretaria de Assistência Social e organizado pelo Diretor de Projetos Sociais, Jair Ferreira, na oportunidade foi feita uma votação aberta entre os representantes da sociedade civil presente na Câmara, para a escolha do Conselho Municipal de Direitos do Idoso, para o biênio 2014/2016.
    O Fórum teve início com a composição da mesa, que foi formada pela Secretária de Assistência Social Ângela Santana; o Secretário de Cultura, Luiz Henrique Gerbasi Sampaio, representando o prefeito Lenildo Santana; o presidente da Câmara Municipal, Idemar Lopes; a presidente da mesa para escolha do Conselho Municipal do Idoso, Danyelle Fontes; a Vogal Joilda Andrade Cruz.
    Na oportunidade a Secretária de Assistência Social, Ângela Santana, falou da importância do Conselho e o que representa esse estatuto na vida dos idosos, e a parceria da sociedade civil e governo municipal, juntos num só propósito.
    Na votação aberta, foram escolhidos os seguintes representantes da categoria para a composição do Conselho Municipal de Direito do Idoso, biênio 2014/2016.
 LIONS CLUBE DE IBICARAÍ
Titular: João Joaquim Henrique
Suplente: Evanildo Ferreira Bispo
 ROTARY CLUBE
Titular: Joana Simões Dantas Lino
Suplente: Vera Lucia Pimentel Costa
 ATIVA IDADE
Titular: Ilzete Araújo Henrique
Suplente: Giselia Moraes Oliveira Martins Pereira
 ASSOCIAÇÃO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE
Titular: Ivanildo Paixão de Souza
Suplente: Márcia da Silva Céo
 LOJA MAÇÔNICA
Titular: Rosalvo Florentino Nascimento
Suplente: Antônio Paulo dos Santos


Prefeitos solicitam interlocução de Wagner para votação de pauta municipalista

Prefeitos buscam apoio do governo do estado para votar pauta municipalista

Após paralisação nacional das prefeituras, na última sexta-feira (11), o Governador Jaques Wagner recebeu hoje (11) uma comissão de prefeitos em reunião na sede da Governadoria. A solicitação dos gestores é de que o governador intermedie com o Congresso Nacional a votação de propostas de interesse dos municípios. Na ocasião, o grupo liderado pela presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria Mendes, entregou a Wagner a “Carta Aberta dos Prefeitos da Bahia”, na qual repudiam a injusta repartição dos recursos, que, segundo eles, penaliza os municípios e impõe a transferência de responsabilidades sem a devida contrapartida.
O documento cita demandas de diversos setores e inclui projetos de lei que aumenta de 2% nos repasses ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM); a reformulação da lei do ISS – Imposto Sobre Serviço; Apreciação pelo Supremo Tribunal Federal da lei que redistribui os royalties do petróleo e gás, o encontro de contas das dívidas previdenciárias com redução da alíquota e mudanças na base de cálculo da contribuição; o fim da desoneração do IPI sobre a parcela que compõe a receita dos municípios e a flexibilização da Lei de Responsabilidade Fiscal, no caso do Limite de Despesas com Pessoal.
Prefeitos buscam apoio do governo do estado para votar pauta municipalista
De acordo com Maria Quitéria, o governador se mostrou sensível e se dispôs a fazer uma interlocução entre os parlamentares da bancada baiana e a UPB. “É importante que nós tenhamos o apoio do Estado para voltar questões urgentes, que são problemas também da esfera estadual, como é a questão da guerra fiscal do ISS nas compras eletrônica pela internet, onde os tributos em sua maioria são recolhidos em São Paulo”, explicou.
No que se refere a flexibilização da Lei de Responsabilidade e votação de propostas sem indicação da origem dos recursos, a presidente da UPB reforçou que “os municípios assim como o Estado estão vivendo uma situação diferenciada por conta também de termos diversos programas federais e sociais que são voltados para melhoria da população e que com o agravamento da situação financeira fica impossível dar aumento ao funcionalismo e contratar pessoal para tocar essas demandas”, disse. Por fim expressou: “saímos confiantes de que ele terá a sensibilidade em buscar apoio para esses pleitos que nós tanto precisamos ter atendidos”, revelou.
Participaram da reunião o prefeito de Ruy Barbosa e vice presidente da UPB – José Bonifácio, o prefeito de Ibicaraí e presidente da AMURC– Lenildo Santana, prefeito de Amélia Rodrigues e presidente do consórcio Portal do Sertão – Antônio Paim, a prefeita de Nova Canaã – Raquel Andrade, de Caetité  -  José Barreiras, de Itagi e presidente do Consórcio do Médio Rio de Contas - Railton Ramos e do Consórcio do Vale do Jiquiriçá e prefeito de Maracás – Paulo Sérgio dos Anjos.
Fonte: Comunicação UPB
Foto; Lourival Custódio

Prefeitura e Secretaria de Agricultura distribuem sementes para a agricultura familiar em Ibicaraí


Texto: Arnold Coelho – Foto: Ascom
 O Governo do Estado da Bahia e a Secretaria da Agricultura, (Seagri), com a Superintendência da Agricultura Familiar (SUAF), disponibilizaram para a Secretaria de Agricultura de Ibicaraí, uma tonelada de sementes (500 quilos de feijão e 500 de milho), para serem distribuídos com agricultores familiares, em toda zona rural de Ibicaraí. A ação faz parte do Programa de Distribuição de Sementes - Safra Inverno 2014 - do Governo Estadual e beneficiam territórios de identidade Litoral Norte e Agreste Baiano, Portal do Sertão, Recôncavo, Litoral Sul e Extremo Sul.
O secretário de Agricultura da Prefeitura de Ibicaraí, Carlos Durval Fraga (Kakalo), pede que os agricultores procurem a Secretaria de Agricultura do município para tirar dúvidas e pegar informação sobre a distribuição das sementes. “São 143 famílias cadastradas que receberão em média 6 quilos de sementes, (três quilos de feijão e 3 de milho). O Governo do Estado está pedindo para cada agricultor que doe até o final do ano um quilo do produto plantado e colhido, que servirá com estoque para o ano seguinte”, disse o secretário.
 Programa ‘Semeando’
O objetivo da distribuição é disponibilizar insumos produtivos à agricultura familiar (sementes) nas safras de inverno até que este ciclo se torne autossustentável. A distribuição faz parte do programa ‘Semeando’, que consiste de ações articuladas para aumentar a produção e a produtividade das propriedades rurais, resultando em ampliação da renda, além de segurança alimentar e nutricional das famílias. 

Prefeitura de Floresta Azul adquire 100 cadeiras escolar



Texto e foto: Ascom Floresta
  Prefeitura de Floresta Azul, por meio da Secretaria de Educação, adquiriu no mês de março/2014, novas cadeiras universitárias que vão beneficiar os alunos do Colégio Educacional de Floresta Azul. Ao todo foram 100 carteiras adquiridas com recursos próprios do município.
Além disso, a prefeitura está realizando desde o início de 2014, a reforma e recuperação de várias escolas do município. As escolas ganharam pinturas novas, telhados e outros retoques que vão proporcionar mais conforto e satisfação aos alunos, pais e profissionais da educação.
De acordo com a prefeita Sandra Cardoso, as melhorias na educação serão realizadas gradativamente ao longo de sua gestão. Dra. Sandra ressaltou que uma educação de qualidade é um direito de qualquer cidadão. “Nossa gestão está trabalhando para melhorar as condições de ensino nas escolas públicas do nosso município. Uma educação de qualidade é um direito a qual todos devem tem acesso”, concluiu a prefeita.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

O SAC móvel está de volta a Ibicaraí


Texto e fotos André Luiz Evangelista

O caminhão Carreta do SAC móvel, já se encontra no município de Ibicaraí e está estacionado ao lado da Prefeitura Municipal de Ibicaraí onde estão acontecendo os atendimentos.

Em conversa com senhor Antônio Marques, que é o coordenador do caminhão rota 3 (três), este informou, que é feito o atendimento para confecção de primeira e segunda via de RG, primeira via de CPF, recadastramento de pensionista e aposentado do estado e antecedente criminais, o funcionamento começa às 7h30min com a distribuição de senhas e o atendimento acontece das 8h00min até às 18h00min.

Todos os serviços são gratuitos, excerto a emissão da segunda via do RG que custa R$ 28,00 (vinte e oito reais). São disponibilizadas 250 (duzentos e cinquenta) fichas para confecção de primeira e segunda via de RG, sendo os documentos necessários, certidão de nascimento ou casamento. As senhas para os outros serviços disponibilizados são ilimitadas.


O caminhão estará em Ibicaraí até o meio dia da quarta-feira (16).

Com nova lei seca, juízes absolvem motoristas flagrados no bafômetro

Lei endureceu multa e aumentou prisões, mas ainda libera embriagados.

Associação critica entendimento e pede tolerância zero a álcool no volante.

Rosanne D'AgostinoDo G1, em São Paulo
ários
Arte embriaguez nova (Foto: Arte/G1)
Motoristas pegos no teste do bafômetro, mas que não demonstram estar embriagados, estão sendo absolvidos na Justiça graças a uma interpretação mais branda da nova lei seca.
O Código Brasileiro de Trânsito foi endurecido em dezembro de 2012 pela Lei 12.760, criada para punir motoristas que tentavam escapar da pena negando-se a soprar o bafômetro.
G1 levantou decisões de diferentes tribunais, incluindo de segunda instância, que mostram que o resultado positivo no bafômetro não significa que o condutor flagrado responderá penalmente. Os casos apenas começaram a chegar ao Judiciário.
Antes, os motoristas não faziam o teste, eram multados (pena administrativa), perdiam a carteira de habilitação e tinham o veículo apreendido, mas não respondiam a processo criminal.
Com a nova lei, já não adianta fugir do teste. A norma incluiu novos tipos de provas contra os condutores, como testemunhas, vídeos e fotos, que já resultaram em condenações.
O valor da multa também aumentou, de R$ 957,70 para R$ 1.915,40 (que é dobrado se o motorista for reincidente em um ano). A medida já é considerada um fator de diminuição de acidentes no país.
Na nova interpretação dos juízes, no entanto, agora não basta ser flagrado com nível de álcool no sangue (alcoolemia) acima do permitido, é preciso também ter perdido os reflexos, ou seja, a "capacidade motora" para dirigir.
O entendimento se baseia na alteração da parte principal do artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, que retirou a expressão "concentração de álcool" (veja ao lado).
Sob esse argumento, foram rejeitadas denúncias do Ministério Público (MP) contra motoristas flagrados com quantidade proibida de álcool no sangue, e outros foram absolvidos.
A interpretação divide especialistas sobre o tema. Parte considera que a lei se tornou mais justa, punindo apenas com multa, e não detenção, o condutor que bebeu pouco, mas não causou perigo a outras pessoas.
Já para entidades como a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), o entendimento é preocupante, porque qualquer quantidade de álcool é capaz de alterar a capacidade de dirigir.
Liberados
No Maranhão, o juiz Paulo Afonso Vieira Gomes rejeitou denúncia do MP contra um homem flagrado por policiais pilotando uma motocicleta e cujo teste de alcoolemia apontou 0,595 mg de álcool por litro de sangue, índice superior ao permitido por lei.
"Pela clareza lunar do dispositivo em comento, claramente se extrai não bastar, para configuração do crime, esteja o condutor com concentração de álcool no sangue superior ao limite previsto legalmente, mas, sim, que também esteja com sua capacidade psicomotora alterada em razão da influência de substância psicoativa", escreveu o juiz na decisão.
No Rio Grande do Norte, o juiz Guilherme Newton do Monte Pinto também absolveu um réu "abordado por policiais militares no momento em que dirigia o seu veículo em zig-zag (sic)". Sem o teste do bafômetro, foi feito um termo de constatação de embriaguez (uma série de perguntas respondidas pelo motorista), com resultado positivo, e ele foi liberado após pagar fiança.
Nesse caso, segundo o juiz, o acusado disse que havia bebido no almoço, mas que foi abordado às 23h e que "não fez bafômetro pela arrogância do tenente, que queria obrigar o mesmo a fazer".

Prefeita de Floresta Azul participou de ação da UPB em Salvador na última sexta-feira

Da esquerda presidente da UPB e prefeita de Cardeal da Silva Maria Quitéria e a prefeita de Floresta Azul Drª Sandra Cardoso

Texto: Ascom UPB – Fotos: André Luiz Evangelista
 Dos 417 municípios baianos, 354 aderiram à paralisação dos serviços administrativos das prefeituras mantendo apenas os serviços essenciais. Na ocasião foi apresentada a “Campanha Viva o seu Município: você nasceu aqui não o deixe morrer”, que norteia as ações. A iniciativa pretende chamar a atenção da sociedade e do Congresso Nacional sobre a grave crise financeira enfrentada pelos municípios. Além da paralisação das prefeituras brasileiras na última sexta-feira, o movimento mobilizou municípios de 17 estados brasileiros.
Entre as prioridades listadas pelos prefeitos são: a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional PEC 39/2013, que aumenta em dois pontos percentuais os repasses ao Fundo de Participação dos Municípios; a reformulação da lei do ISS – Imposto Sobre Serviço para que o tributo fique com o município do tomador do serviço ao contrário do que ocorre hoje; Apreciação pelo Supremo Tribunal Federal da Lei dos Royalties do Petróleo.
 A pauta incluiu ainda o “encontro de contas” com o INSS. Atualmente, o pagamento de dívidas previdenciárias está atrelado aos repasses do FPM, que pode e tem sido retido pelo atraso de pagamento das parcelas negociadas. Entretanto, há débitos também da Previdência com os municípios e somente um ajuste de contas favoreceria liquidação da dívida. Por fim, os prefeitos exigem do Congresso Nacional a criação de mecanismos legais que evitem a desoneração de impostos que compõem o FPM, a exemplo do IPI – Imposto sobre Produto Industrializado.
  “A maior dificuldade que acredito que seja comum aos demais municípios, principalmente os de menor porte como o meu, é a desproporção entre as receitas e as responsabilidades que o município têm. O município hoje tem muitas demandas que não eram suas, eram federais e estaduais, e que estão hoje sobre a nossa responsabilidade. Poucos recursos para muitas demandas. Nós prefeitos não estamos reclamando apenas da falta de recursos, estamos solicitando ao Governo Federal justamente a condição de trabalhar, para que possamos trabalhar e realizar ações. Não é que o prefeito quer mais dinheiro, o prefeito precisa que os recursos sejam compatíveis com o que está sendo cobrado”, informou a prefeita de Floresta Azul, Dra. Sandra Cardoso.
 

sábado, 12 de abril de 2014

O presidente da AMURC e prefeito de Ibicaraí Lenildo Santana defendeu na tribuna da UPB o fortalecimento dos municípios.



Texto e fotos By André Luiz Evangelista

   Na manhã desta sexta-feira (11), foi o dia nacional de paralização das prefeituras, e nesta oportunidade aconteceu uma reunião na sede da UPB – União dos Municípios da Bahia, O presidente da AMURC e prefeito de Ibicaraí Lenildo Santana, se fez presente acompanhado dos vereadores Valtaire Moreira (PT), Osaná Crisóstomo (PT), Allan Rogério (PT) e Klaus Farias (PP).

   Este evento teve o intuito de reunir os prefeitos para discutir em assembleia, às muitas despesas e os poucos recursos que tem os municípios, pois nos dias de hoje, cava vez mais os municípios estão indo a banca rota. Os prefeitos assinaram uma carta aberta que será entregue aos deputados, senadores e ao governador, onde pedem  mudança na legislação e entre outros pontos estabeleça aumento de 2% do fundo de participação dos municípios.

   A presidente da UPB e prefeita de Cardeal da Silva Maria Quitéria coordenou os trabalhos da reunião, e, com muita sabedoria mostrou a todos os presentes às dificuldades (que não são poucas) que os municípios estão atravessando, a presidente Quitéria conclamou a todos pela união irrestrita, para que todos consigam recursos me forma igualitária.


Da esquerda presidente da UPB e prefeita de Cardeal da Silva Maria Quitéria e o presidente da AMURC e prefeito de Ibicaraí Lenildo Santana
“Precisamos estar unidos (irmanados), para que possamos fortalecer um ao outro, o executivo municipal precisa ser respeitado e é isso que estamos aqui defendendo, ou a gente rever a situação dos municípios ou iremos testemunhar a falência total
 dos municípios”. Disse o presidente da AMURC e prefeito de Ibicaraí Lenildo Santana.

Da esquerda ex-prefeito de Camacari Luiz Caetano e o presidente da AMURC e prefeito de  Ibicaraí Lenildo Santana


Agricultura Familiar de Floresta Azul ganhou uma tonelada de sementes para o plantio

 
Texto e fotos: Ascom Floresta Azul
 O Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Floresta Azul, em parceria com a Secretaria de Agricultura do município, conseguiu junto a Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), e a Superintendência da Agricultura Familiar (SUAF), uma tonelada de sementes (500 quilos de feijão e 500 de milho), para serem distribuídas entre 242 famílias de agricultores da zona rural.
A ação faz parte do Programa de Distribuição de Sementes - Safra Inverno 2014 - do Governo Estadual e beneficia diretamente municípios do Litoral Sul. O presidente do CMDS local, Milton Carvalho, falou da importância dessas sementes para o agricultor e agradeceu a parceria com a Prefeitura e Secretaria de Agricultura de Floresta Azul que cederam o espaço para guardar e distribuir as sementes, além do combustível para buscá-las na Ceplac.
Na manhã da última terça-feira, 8, aconteceu uma reunião na Secretaria de Agricultura, situada à Avenida 26 de Abril, centro de Floresta Azul. Na oportunidade estiveram presentes o secretário de Agricultura, Valter Alcântara; o presidente do CMDS e da Associação APPMDSAT, de Coquinhos, Milton Carvalho, o presidente da Associação do Vale do Limoeiro, José Antônio; o representante da Associação dos Agricultores Familiares do Ribeirão do Limoeiro, Lucevaldo Ferreira (Deda); José Silva, secretário da Associação de Piscicultura de Floresta Azul; Kauana Oliveira, diretora do Sindicato Rural; Pedro Alberto, administrador do distrito de Coquinhos; além de Alexandre Barreto, auxiliar administrativo da Secretaria de Agricultura.
Na reunião foi acertado que as sementes serão divididas por igual, pelo número de famílias cadastradas em cada associação, e distribuídas pelo representante legal de cada entidade. O representante de cada associação terá a responsabilidade de cadastrar, fazer a entrega e fotografar o momento. As famílias beneficiadas com quase 4 quilos de sementes terão o compromisso em repassar para o Governo do Estado (na época da colheita), um quilo de feijão e um quilo de milho (fruto desse plantio), pois a ideia é fazer um estoque para os anos seguintes, com o fruto do investimento do ano anterior.
“São ações positivas como essa (sem misturar política), juntando Governo Estadual, Secretaria Municipal de Agricultura, Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Sindicato Rural e associações que mantém vivo o meio rural. Agora é entregar essas sementes e fiscalizar para que essa tonelada se multiplique e fortaleça nossa região”, disse o secretário Valter Alcântara.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Ibicaraí- Prefeito recebe visita de engenheiro da SUDESB e trataram de assunto concernente ao Ginásio de Esportes.


Texto e fotos André Luiz Evangelista

   Na manhã desta quinta-feira (10), o prefeito Lenildo Santana, acompanhado do secretário de Cultura Esporte e Lazer Lula Sampaio, do presidente da câmara Idemar Lopes, do vereador Flavio Ramos, vereador Alam Rogério, vereador Gilvá de Jesus, do secretário de infraestrutura Leildo Santana, do diretor de esportes Josevan Dias e do assessor de imprensa Riedson Trindade, recebeu em seu gabinete o engenheiro da SUDESB Dr. Edson Xavier.

   O engenheiro Xavier, esteve no município de Ibicaraí para vistoriar o ginásio de esportes que se encontra fechado. O prefeito Lenildo Santana vem lutando pela reforma do Ginásio que há três anos encontra-se fechado para o público.

   O engenheiro Xavier relatou para o prefeito, que o parecer técnico dele é pela demolição total do ginásio, más, adiantou que ele não é engenheiro estrutural e solicitou a SUDESB, para que enviasse a visita de um engenheiro estrutural, para saber se realmente o caso do ginásio de esportes de Ibicaraí, é de demolição ou reforma.

   O prefeito Lenildo, disse que já tinha agendado uma audiência na SUDESB, juntamente com os vereadores de Ibicaraí para próxima semana, para tratar da questão com o diretor Elias Dourado.



Grupo aluga van e oferece transporte gratuito por um dia na Zona Sul de SP

Ação foi organizada pelo Movimento Luta do Transporte no Extremo Sul.

Na sexta (11), veículo percorrerá pontos na região de Mambu e Marsilac.

Lívia Machado
Do G1 São Paulo

Evento criado pelo grupo no Facebook  (Foto: Reprodução Facebook)
Evento criado pelo grupo no Facebook
(Foto: Reprodução Facebook)
O grupo Luta do Transporte no Extremo Sul oferecerá, durante a manhã e tarde desta sexta-feira (11), transporte gratuito aos moradores da região de Mambu e Marsilac, na Zona Sul deSão Paulo. A divulgação está sendo feita nos bairros, e em um evento criado no Facebook. 
A ação, apoiada pelo Movimento Passe Livre (MPL), é uma forma de protestar contra a falta de transporte público na região. Os moradores pleiteiam a criação de duas linhas – uma que atenda de Mambu à Marsilac, e outra que contemple da Ponte Alta à Embura.
“Aqui ainda é São Paulo, capital, e as pessoas precisam andar 14 quilômetros a pé para conseguir ter acesso a um posto de saúde, uma escola, ou poder pegar um ônibus e ir ao trabalho”, assevera Luís Vieira, líder comunitário, e estudante de enfermagem. Ele garante que quando sua moto não está funcionando, a única saída para conseguir chegar à faculdade é caminhando nove quilômetros.
A Linha Popular criada pelo grupo percorrerá, nos horários 5h30, 7h e 8h30, a Estrada do Mambu, próximo à Estrada do Paiol Velho, passará pela Estrada da Ponte Alta e seguirá pela Estrada da Ponte Seca, até o ponto onde é possível utilizar a linha de ônibus 6L01 – que vai de Marsilac para o Terminal Varginha. À tarde, o trajeto será feito às 17h30, 19h e 20h30.
Os organizadores estarão munidos de um mega-fone para convidar os moradores a entrar na van. Eles desejam dar carona aos pais que devem ir, na manhã de sexta, à reunião na Escola Estadual Professora Regina Miranda de Carvalho, em Marsilac. "Soubemos da reunião de pais e vamos tentar pegar dar carona para eles", conta Ernani Lopes Abrão, morador do Marsilac e membro do movimento.
Depois, por volta das 9h, o grupo deve se reunir com outros movimentos em frente à Unidade Básica de Saúde Dom Luciano Bergamim. Com quase um ano de existência, o Luta do Transporte no Extremo Sul nasceu influenciado pelos protestos de junho de 2013, recorda Ernani. Há um mês, reunidos em assembleia, eles tiveram a ideia de criar um dia de Linha Popular para provar que é possível oferecer transporte público na região.
Para bancar a ação, organizaram um bingo no último sábado (5), no salão de uma igreja da região da Ponte Seca, e rifaram diversos donativos que ganharam para conseguir financiar o aluguel de uma van. Com a venda de cartelas do bingo, eles conquistaram R$ 196. O restante do valor (a van custou R$600) foi completado com ajuda de outros movimentos sociais e colaboração de moradores.
“As pessoas doaram brinquedos, jogo de prato, cestas básicas, pano de prato, liquidificador, tudo doado pela comunidade. Um bar deu refrigerantes para o evento. Um foi ajudando o outro da forma que podia. Uma banda de rock chamada Sem Nome, de Marsilac, também veio para tocar. Foi um momento de arrecadar a grana e politizar a questão. As pessoas estão cansadas de andar a pé, esperar pelos políticos”, comenta Ernan
i

Legumes sobem 20% e inflação da baixa renda acelera em março

IPC-C1 subiu para 0,85% em março, sobre 0,45% em fevereiro, diz FGV.

Indicador acumula alta de 2,03%, no ano e, 5,10%, nos últimos 12 meses.

Do G1, em São Paulo

A alta de preços para a população de baixa renda do país se intensificou em março, na comparação com o mês anterior, segundo pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgada nesta quinta-feira (10).

Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), que mede a variação de preços para famílias com renda de até 2,5 salários mínimos mensais, apresentou variação de 0,85% em março, sobre 0,45% em fevereiro.
Com esse resultado, o indicador acumula alta de 2,03% no ano e de 5,10% nos últimos 12 meses.
Quatro das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação: alimentação (0,47% para 1,85%), habitação (0,47% para 0,54%), educação, leitura e recreação (0,39% para 0,85%) e vestuário (0,11% para 0,33%).
Os destaques partiram dos itens hortaliças e legumes (2,02% para 19,55%), tarifa de eletricidade residencial (-0,40% para 0,19%), hotel (-1,57% para 1,25%) e roupas (-0,14% para 0,43%), respectivamente.
Em contrapartida, apresentaram decréscimo nas taxas de variação os grupos despesas diversas (1,14% para 0,21%), saúde e cuidados pessoais (0,48% para 0,29%), comunicação (0,28% para -0,22%) e transportes (0,39% para 0,28%).
Nestas classes, as principais influências partiram dos itens: cigarros (1,69% para 0,00%), medicamentos em geral (0,16% para 0,03%), tarifa de telefone residencial (0,01% para -0,49%) e tarifa de ônibus urbano (0,31% para -0,08%), respectivamente

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Ibicaraí – Secretaria de Assistência Social sempre fazendo visitas e solucionando problemas.

 


Texto e fotos By André Luiz Evangelista
  Na manhã desta quarta-feira (09), a secretária Ângela Santana acompanhada de Jaqueline Rosa coordenadora do Bolsa Família, Joilda Andrade coordenadora do CRAS, Daniela Santos coordenadora do BPC e Evaniela Dias Assistente Social do CRAS fizeram visitas no distrito do Cajueiro Novo.


  “Estas visitas são importantíssimas, pois podemos sentir a real necessidade das pessoas e encaminha-las para a coordenação especifica da necessidade da pessoa, além de que podemos visualizar literalmente as situações em seu âmbito”. Disse a secretária Ângela Santana.   

Ibicaraí - Secretária de Assistência Social acompanhada das coordenadoras Dionê Cavalcante e Aline Machado participaram da reunião do PRONATEC.



Texto e fotos By André Luiz Evangelista

Na tarde da última terça feira (08), a secretária de Assistência Social senhora Ângela Santana, acompanhada de Aline Machado que é a coordenadora pedagógica do CREAS, e, de Dionê Cavalcante que é a coordenadora pedagógica do município de Ibicaraí, participaram de uma reunião de instrução do PRONATEC.


Esta reunião aconteceu na CEPLAC rodovia Itabuna Ilhéus, e, lá se tratou de vários assuntos relacionados ao PRONATEC, às representantes do município de Ibicaraí, participaram ativamente da reunião.

Programa de Rastreamento do Câncer de Mama teve início terça-feira, 8, em Ibicaraí

 
Texto: Arnold Coelho – Foto: Raimundo Gomes
 A unidade móvel do Programa de Rastreamento do Câncer de Mama, do Governo do Estado e Secretaria da Saúde do Estado da Bahia começou a funcionar ontem (terça-feira, 8), na praça Henrique Sampaio. O caminhão ficará na cidade até o dia 22 desse mês, das 7 às 12 e das 14 às 17. O Programa de Rastreamento do Câncer de Mama-Estratégia Itinerante - Fase l, com mamografias bilaterais, pretendendo atender em média 140 mulheres todos os dias, totalizando 1.680 mamografias em mulheres com idades entre 50 a 69 anos em Ibicaraí.
“Estamos com essa unidade móvel atendendo na Praça Henrique Sampaio, de segunda a sábado, pela manhã e pela tarde até o dia 22 de abril. Paralelo ao atendimento existe todo um trabalho de orientação, feito pelos nossos agentes de saúde que, em suas visitas diárias às residências, têm orientado as mulheres quanto ao dia e a forma de fazer o exame. A mulher que quiser maiores informações pode passar na sua unidade de saúde e tirar todas as dúvidas”, disse o secretário Pinheiro Farias.
 “É uma ação importantíssima que está acontecendo em toda a Bahia. Pedi ao secretário de Saúde uma atenção especial às moradoras dos distritos para que elas não percam essa oportunidade de realização de um exame tão importante e gratuito. Não posso deixar de agradecer a SESAB, que atendeu e deu todo o suporte ao nosso secretário de Saúde, disponibilizando uma equipe técnica que está orientando a secretaria de Saúde do nosso município”, disse o prefeito Lenildo Santana.

Secretário de Educação participa da Assembleia dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Ibicaraí



Texto e foto: Ascom Ibicaraí
 Aconteceu quinta-feira 03 de abril, uma Assembléia dos professores da rede de ensino municipal de Ibicarai que tinha como principal objetivo de pauta a proposta do Reajuste Salarial enviada pelo gestor Municipal. Na oportunidade a diretora da categoria e representante da Delegacia Sindical dos professores da rede municipal de ensino, Profª Glaudinéa Moraes, fez uma breve discussão sobre da Lei do Piso e apresentou um breve histórico das tabelas de vencimentos dos docentes desde 2008, com a implantação da Lei do Piso em 2009 até 2013.
Representando o Gestor Municipal, estava o Secretário de Educação profº Uildo Batista onde apresentou informações sobre o FUNDEB e o grande desafio da administração municipal na manutenção da valorização profissional contemplando todos os docentes de acordo seus níveis de formação. O secretário também salientou do esforço do prefeito na reformulação do Plano de Carreira do Magistério e na aplicação de novas políticas públicas relacionadas a educação municipal.
Após alguns curtos debates, foi apresentada a proposta para o reajuste do piso para o ano de 2014, e consecutiva votação, que acabou sendo aceita por maioria esmagadora dos presentes.
“A luta do prefeito Lenildo Santana e minha para valorização do bom profissional de educação será incansável. Pois o bom profissional quando é valorizado, seus frutos são disseminados na composição de uma sociedade mais justa e igualitária” Finalizou o secretário Uildo Batista.

Prefeita de Floresta Azul apoia a “Campanha Viva o seu Município”


Texto e foto: Ascom Floresta Azul
 Em adesão a "Campanha Viva o seu Município", lançada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a União dos Municípios da Bahia (UPB), na pessoa da presidente Maria Quitéria, prefeita do município de Cardeal da Silva, reforça as orientações para o fechamento das prefeituras no dia 11 de abril (sexta-feira).
 A prefeita de Floresta Azul, Dra. Sandra Cardoso, apoia o movimento. A ideia é que todos os municípios da federação parem os serviços administrativos das prefeituras a fim de chamarem a atenção do Congresso Nacional e da sociedade brasileira para a grave crise financeira dos municípios. Neste dia serão realizados atos simbólicos e pacíficos nas capitais.
 Dra. Sandra avisa que na próxima sexta-feira será ponto facultativo na prefeitura de Floresta Azul, entretanto, os serviços essenciais como escolas e hospitais devem funcionar normalmente. A prefeita estará em Salvador, em um encontro com deputados e senadores às 9 horas, na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB). Durante esse encontro, os gestores devem questionar aos parlamentares sobre o posicionamento deles em relação a propostas em tramitação no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa de interesse dos municípios.
 “Os municípios brasileiros, em especial os nordestinos, passam por uma grave situação financeira. Esse endividamento compromete diretamente na execução de serviços públicos essenciais. O que repassam para os municípios, hoje, mal paga a folha do funcionalismo público. Fica difícil administrar uma cidade dessa forma”, disse a prefeita Dra. Sandra Cardoso.
 Reivindicações
Entre as reivindicações listadas pelos prefeitos baianos estão:
 1) Aumento de 2% do FPM;
2) Desonerações do IPI somente da parcela da União.
3) Reformulação da Lei Complementar 116/2003 ISS.
4) Apreciação pelo STF da Lei 12.734/2012 com a redistribuição dos royalties de petróleo e gás
5) Encontro de contas das dívidas previdenciárias.
 Legenda:
Maria Quitéria, presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e Dra. Sandra Cardoso, prefeita de Floresta Azul

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...