CÂMARA DE IBICARAÍ

CÂMARA DE IBICARAÍ

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Criança pede balas em carta para o Papai Noel e emociona leitora em MG

Internauta pegou o pedido em uma agência dos Correios em Ouro Branco.

Viu alguma carta curiosa para o bom velhinho? Envie ao G1.

Aline Silveira Braga
Internauta, Ouro Branco, MG

Carta diz que garota quer 'ganhar uma cesta com bala Halls, dois pacotes de azedinhas Halls e o que o Papai Noel colocar na cesta' (Foto: Aline Silveira Braga/VC no G1)Carta diz que garota quer 'ganhar uma cesta com bala Halls, dois pacotes de azedinhas Halls e o que o Papai Noel colocar na cesta' (Foto: Aline Silveira Braga/VC no G1)
Um pedido simples em uma carta para o Papai Noel chamou a atenção da leitora Aline Silveira Braga, que tem 22 anos e mora em Ouro Branco (MG). Na mensagem, a criança pediu apenas dois pacotes de bala da marca Halls e nada mais - a não ser que o bom velhinho queira adicionar algo à cesta. Emocionada, Aline enviou o texto ao VC no G1. 
 “Quando peguei a cartinha no Correio me emocionei muito, pois essa criança, que mora em um dos bairros mais carentes da minha cidade, pede apenas uma bala. É neste momento a gente percebe o quanto uma coisa tão pequena para nós, que às vezes até jogamos fora, é importante para uma criança carente”, relata Aline.Você também já viu alguma carta criativa que uma criança escreveu ao Papai Noel? Algum pedido já arrancou boas risadas de familiares ou então deixou os adultos emocionados? Mande a história ao G1 - o envio deve ser feito por um maior de 18 anos. Vale também uma carta que você tenha escrito ao bom velhinho. Não se esqueça de enviar uma foto da carta e, se possível, de seu autor também. Conte a história que existe por trás do pedido. Veja como participar no final desta reportagem.

Aline decidiu "adotar" a carta e atender ao pedido. Para agradar a criança escolhida, ela providenciou várias guloseimas. “Eu dei uma cesta enorme, coloquei balas, chocolate e, claro, o Halls”, conta. Aline ainda faz um apelo. “Minha mãe trabalha nos Correios da cidade e me contou que mais de 200 crianças ainda não foram atendidas. Ainda tem muita carta sobrando”, avisa.

Proprietária de uma agência de viagens na cidade, a leitora afirma que participa há três anos desta campanha. E as solicitações são mais simples do que se pensa. “Uma delas, de anos anteriores, foi o pedido de uma bolacha recheada”, conta.

Participe também
Para participar, use a ferramenta do VC no G1. Caso prefira, também é possível colaborar utilizando seu smartphone pelo aplicativo do VC no G1 para iOS e Android. Saiba como. As melhores histórias serão selecionadas para nossa reportagem especial de Nata
l

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BAHIA - Governo do Estado entrega vans escolares que vão atender estudantes da zona rural de 54 municípios

    Secom  - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia Veículos devem garantir mais mobilidade e segurança para os estudantes   Os...