domingo, 25 de dezembro de 2022

Mais um Natal de angústia e preocupação

 


Por Arnold Coelho Jornalista MTB 6446/BA

Pelo segundo ano consecutivo passo o Natal preocupado, pensativo e com receio do que irá acontecer no dia seguinte. A data, que sempre foi momento de alegria, união, confraternização e amor entre as famílias, parentes, amigos e desconhecidos, virou momento de pura apreensão no sul da Bahia nos últimos anos, com chuvas torrenciais que têm caído entre os meses de novembro e dezembro, deixando milhares de desabrigados em toda a região cacaueira. 

Rio Salgado em Ibicaraí (na pancadinha)

A cada nuvem escura que aparece no céu, chuva que cai, barulho de trovão, ou noticiário jornalístico informando os enormes volumes de água para a nossa região, o medo e a apreensão apertam o peito com medo de uma nova cheia nos rios Salgado, Colônia e Cachoeira. 

O dia 25 de dezembro de 2021 foi um dos dias mais tristes que vivi em Ibicaraí. O prolongamento da avenida São Vicente de Paula, rua Paraguaçú, General Osório e as ruas próximas ao Rio Salgado e nos distritos, viraram verdadeiros ‘cenários de guerra’, com pessoas chorando, móveis destruídos e casa alagadas ou destruídas. Basta chover forte que volto no tempo e não consigo relaxar.

Lembro que encontrei o meu filho todo molhado, ajudando as pessoas. Naquele dia Murilo virou a noite carregando móveis dos vizinhos e amigos. Ele só não conseguiu salvar o que tinha. Ao me ver, Murilo me abraçou e chorou no meu ombro. Senti uma tristeza enorme e ao mesmo tempo muito orgulho dele. Vi ali um ser humano bom, com sentimento e sentindo a dor do seu semelhante.

Ontem, na hora que sentei à mesa com minha esposa Fátima e minha filha Gabriela, eu agradeci a Deus pelo alimento na mesa e a casa segura que construí e pedi que Ele pudesse levar alimentos para todos que sentem fome e que fizesse uma intervenção divina por toda a população ribeirinha que tanto sofre e tem sofrido com as constantes cheias dos rios que cortam a nossa região.

Acordei hoje cedo e fui direto para o celular para buscar notícias sobre as chuvas e os nossos rios. Graças a Ele, as chuvas deram uma trégua e estão baixando. Continuo apreensivo, mas agradeci por mais um Natal e por tudo ter corrido bem. Que venha 2023, com muita saúde, paz e prosperidade para todos.


Arnold Coelho

Um ser, acima de tudo, humano

IBICARAÍ - O casal Adelino Junior e Dahiana Maira deram um grande exemplo de solidariedade natalina

 

Por André Luiz Evangelista Jornalista MTB 6515/BA

Tudo começou, na noite do Sábado (24), véspera do Natal, quando foram distribuídas 150 (cento e cinquenta) marmitas de ceia natalina. Pois Adelino Junior e Dahiana Maira resolveram fazer uma comemoração de Natal diferente, e, assim procederam com a produção de 150 (cento e cinquenta) marmitas com alimentos para ceia de Natal que foram distribuídas no Bairro Corina Batista e Bairro do Luxo (Praça São Jorge).

Já neste Domingo (25),  o casal organizou uma tarde de brincadeiras e cachorro quente com refrigerante, no Bairro do Luxo, (Praça São Jorge) onde as crianças daquela localidade se divertiram na cama elástica, pula-pula inflável e tobogã. Como foi feito 500 (quinhentos) cachorro-quente (preparados por Dahiana Maira e Nirane Fernandes. Foram dois dias de preparaçãode alimentos entre janta e cachorro quente) a ação conseguiu alcançar, a Praça São Jorge, a Saloméia e o Corina Batista.

Era nítida a felicidade no rosto da criançada, e os organizadores da boa ação era pura emoção e explosão de alegria em ver os pequenos se divertirem sem moderação, em conversa com Junior ele falou, “quero agradecer em primeiro lugar a Deus, por me permitir condições para realizar este tipo de evento, agradecer a minha esposa Dahiana Maira que sempre me apoia e dar força em meus projetos, e, este projeto Deus colocou em nossos corações, quero agradecer à equipe da prefeitura pela liberação do  espaço, à secretaria de infraestrutura pelo apoio técnico e limpeza do local para ser realizado o projeto, a Nara Nogueira e Lidiane Oliveira pelo voluntariado a Neide Farias, Nirane Fernandes, meus filhos e sobrinhos pelo suporte, e apoio moral, a Vanessa Dias (Posto 2 de Julho), Adilson Cardoso, Suelem Crispim e Givaldo Cardoso (Panificadora Pão de Acucar), pelo apoio dispensado e também aos moradores do Bairro do Luxo, tenho certeza que Deus nos dará forca e capacidade para que outros momentos como este se repitam, quero deixar bem claro que esta ação nada tem haver com política, pois como eu disse,  é algo que Deus plantou em nossos corações. Tenho certeza que conseguiremos alcançar outras localidades, fazendo o bem sem olhar a quem, principalmente fazendo por nossas crianças que são o futuro de nossa cidade, estado e nação.” Finalizou transbordando em emoção Adelino Junior.

Então disse Jesus: "Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas".  Mateus 19:14

sexta-feira, 23 de dezembro de 2022

ITAJU DO COLÔNIA- Equipes da Prefeitura estão atentas para atender as vitimas da enchente

 


ASCOM Itaju do Colônia 

Em decorrência das fortes chuvas no município e na região, o Prefeito Djalma Orrico mobilizou equipes da Prefeitura Municipal, através do Comitê de operações emergenciais e da Defesa Civil Municipal para uma ação integrada para atender a população nesse período crítico de fortes chuvas no município. 

O Comitê pede a compreensão e colaboração da população para receber as equipes da secretaria de assistência social que já estão realizando um trabalho preventivo,  realocando alguns moradores que se encontram em áreas de risco, garantindo assim, a segurança dessa população.

Em caso de necessidade, a comunidade poderá entrar em contato com a Defesa Civil de Itaju (coordenador Neto Nunes) através do telefone: (73) 981015400

O futebol é injusto com o continente africano


Por Arnold Coelho Jornalista MTB 6446/BA

Marrocos entrou para a história das Copas do Mundo por ser a primeira seleção africana a chegar a uma semifinal da competição. A seleção marroquina ficou em quarto lugar na Copa do Catar e todo o continente africano vibrou com tal feito e o mundo, de uma forma hipócrita (para não dizer irônica), bateu palmas para essa “evolução” do futebol africano.

Vou tentar ser breve e mostrar, com a ajuda do Google, que existe uma enorme injustiça com o futebol e o continente Africano. Negros ou afrodescendentes (de origem africana) jogam bola, participam de Copas do Mundo por outras nações e ganham esses torneios. A África, apesar de não ter seleções campeãs, sempre produziu, exportou ou gerou campeões.

Em 1938, na terceira Copa do Mundo, um brasileiro, de origens africanas, como todo negro no Brasil, foi o “cara” daquela Copa, sagrando-se artilheiro e levando o Brasil ao terceiro lugar. Leônidas da Silva, ou o Diamante Negro, simplesmente popularizou o gol de bicicleta no mundo.

Em 1950, na Copa do Brasil, o país jogou a culpa - pela perda da copa dentro do Maracanã lotado (para o Uruguai) - no goleiro Barbosa. Muitos dizem que precisava ter um culpado e a escolha foi pelo goleiro, que por ironia, era negro. Tínhamos outros negros no plantel. O mundo ali começou a conhecer a força do negro afrobrasileiro no futebol. 

Em 1958 veio o primeiro título mundial do Brasil (na Suécia) e os protagonistas foram Pelé, Garrincha, Djalma Santos e o maestro Didi (Folha Seca), todos negros e com sangue de origem africana nas veias. Em 1962 a história se repetiu e o negro brasileiro (com DNA africano) virava protagonista e herói de uma nação e o futebol “negro” do Brasil passou a ser idolatrado na África, parando até uma guerra.

Em 1966, na Inglaterra, o mundo conheceu o Pantera Negra Eusébio, jogador português nascido na então Província Ultramarina de Moçambique durante a época colonial. O negro Eusébio desbancou Pelé naquela Copa e foi o artilheiro da competição, colocando Portugal no cenário internacional do futebol.

Os negros afrobrasileiros voltaram a ser protagonistas em 1970 com o Rei Pelé e sua trupe, formada por Jairzinho, Brito, Marco Antônio, Paulo César e Zé Maria. O DNA africano ganhava mais uma Copa e um afrodescendente se imortalizava como Rei do Futebol.

Em 1994 ganhamos o tetra com os negros, morenos ou de origem afrodescendente (termo que surgiu para amenizar o racismo no Brasil). Romário, Márcio Santos, Aldair, Mazinho, Cafú, Mauro Silva, Ronaldão, Paulo Sérgio, Müller, Ronaldinho e Viola trouxeram o quarto caneco para o país “mais negro” fora do continente africano.

Em 1998 a seleção francesa ganhou o seu primeiro título mundial com um time cheio de negros, ou multiétnicos, como eles gostam de denominar. Na época parte da imprensa francesa e opinião pública olharam com desconfiança para a conquista, pela grande quantidade de descendentes de imigrantes do continente africano. Em 1998 grande parte dos jogadores dos Azuis eram negros, entre eles Thuram, Desailly, Karembeu, Vieira, Trezeguet e Henry. 

O Ronaldinho de 94 virou Ronaldo, o Fenômeno de 2002, e mais uma vez a seleção brasileira - recheada de afrodescendentes - voou em campo asiático e ganhou o penta, comandada por Ronaldo e a sua turma do pagode, formada ainda por Ronaldinho Gaúcho, Rivaldo, Cafú, Roberto Carlos, Edilson, Denilson, Roque Júnior, Vampeta, Júnior, Dida, Gilberto Silva e Kléberson.

A história se repetiu esse ano na Copa do Catar e os “negros maravilhosos” da seleção francesa (frase dita pelo locutor Luis Roberto), apesar do vice-campeonato mundial, mais uma vez encantaram o mundo do futebol. 

A França mais uma vez montou uma seleção recheada de afrodescendentes, como Areola, Mandanda, Konaté, Koundé, Varane, Disansi, Saliba, Upamecano, Camavinga, Tchouaméni, Fofana, Coman, Marcus Thuram, Dembélé, Kolo Muani e Mbappé, que caminha para ser o sucessor de Pelé. O menino de pele escura é filho de um camaronês radicado na França.

Poderia citar negros africanos em outras seleções europeias (Holanda, Bélgica, Alemanha, Portugal, Suíça) que participaram dessa e de outras copas e marcaram a história do futebol, mas o artigo ficaria tão grande quanto o continente africano.

Então, o mundo do futebol é ou não é injusto com a África? O continente pode não ter uma seleção campeã, mas tem muitos campeões mundiais de origem negra com DNA africano.


Arnold Coelho

De pele branca e origem negra

segunda-feira, 19 de dezembro de 2022

Caminhar é preciso

 


Por André Luiz Evangelista Jornalista MTB 6515/BA

Começo este texto, com o coração transbordando de alegria e gratidão à Deus. A um pouco mais de um ano eu estava sedentário, com obesidade mórbida, pesando mais de 165 kg (cento e sessenta e cinco quilos).

Hoje um pouco mais de 70 kg (setenta quilos) a menos e percorrendo 16 km (dezesseis quilômetros) diariamente me sinto um vencedor em Cristo Jesus.

A mudança começou no dia 03 de outubro de 2021, quando na residência do casal de amigos Adelino Júnior e Dahiana Maira, em meio a uma conversa informal sobre dieta, eu fui desafiado a perder peso e topei o desafio, que a princípio seria de dois meses ou do dia 03 de outubro até o Natal de dezembro de 2021.

Promovi uma mudança drástica (radical), no meu estilo de vida, logo de início cortei do meu cardápio quase que 100% dos carboidratos,  com ajuda e orientação da naturopata Sinara Martins fiz uma desintoxicação alimentar (coisa que passou a ser rotina na minha vida), passei a fazer jejum intermitente chegando a jejuar por 04 (quatro) dias seguidos, hoje faço jejum diário de 16 (dezesseis) horas as vezes um pouco mais, (o jejum intermitente me acompanhará por toda minha existência) me alimento até no máximo às 17h (dezessete horas).

Depois de um ano de dieta e 60kg ( sessenta quilos) a menos no dia 11 de outubro  do corrente ano, comecei a fazer caminhadas de 4km (quatro quilômetros) e confesso foi terrível mas não desisti, eu preciso deixar aqui registrado, o meu agradecimento ao amigo Arnold Coelho, que sempre me incentivou a fazer caminhadas (e só de falar eu já me cansava), fui aumentando gradativamente de acordo a necessidade do corpo, e, com a orientação de Deus o criador dos céus e da terra, pois é tudo pela fé, e hoje já estou caminhando 16km (dezesseis quilômetros) e já eliminei mais de 70kg (setenta quilos), estas caminhadas tem sido prazerosas, verdadeiramente curativas, indico para todos.

Caminhar faz bem para o corpo e para alma, eu caminho conversando com Deus,  as vezes sai uma rajada de línguas estranhas, e quem vai passando por perto não deve entender nada, (por isso começo minha caminhada antes das quatro da manhã).

Quero deixar registrado o meu agradecimento  à Adelino Junior, Dahiana Maira, Arnold Coelho e a Sinara Martins, pelos incentivos e conselhos,  acima de tudo e de todos minha mais empenhada gratidão a Deus pela proteção e companhia diária, pois, sem Ele eu nada seria, É TUDO PELA FÉ.

Assim como navegar, caminhar também é preciso.

Salmos Cap. 91.1

1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2022

ITAJU DO COLÔNIA- II Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

ASCOM Itaju do Colônia 

A Prefeitura de Itaju do Colônia, através da Secretaria de Assistência Social e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizaram nesta quarta-feira (14), a II Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente com o tema: “A situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempos de pandemia de Covid- 19: violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade.”

A Conferência contou com a participação da equipe da Secretaria de Assistência Social, do Conselho Tutelar de Itaju e demais autoridades e representantes de secretarias municipais como saúde e educação, além de crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. 

O evento contou com apresentações culturais e ao final da conferência foram confeccionadas diversas propostas no âmbito municipal, estadual e federal para a melhoria do atendimento e proteção das crianças e adolescentes em Itaju do Colônia.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2022

Prefeito Juraci da Saúde faz história em Barro Preto



ASCOM Barro Preto 

Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2022, um dia que ficará marcado no município de Barro Preto pela competência, compromisso e valorização de uma gestão ao seu funcionalismo público. 

Com planejamento, o Prefeito Juraci da Saúde conseguiu pagar o décimo terceiro salário  de TODOS os funcionários da Educação, dos efetivados aos prestadores de serviços. Não é uma tarefa fácil, mas faz parte do pacote de compromissos com a cidade. 

“Com isso, movimentamos a economia e proporcionamos uma remuneração digna ao servidor, o que afeta positivamente o serviço prestado à toda população,” declara o prefeito.

E o melhor dessa história? O mesmo irá acontecer com todas as secretarias.

Prefeitura Municipal de Barro Preto, trabalhando com o povo, para o povo!

ITAJU DO COLÔNIA- No Distrito de Palmira a Prefeitura realizou a primeira feira da agricultura familiar e artesanato local


ASCOM Itaju do Colônia 

A prefeitura Municipal de Itaju do Colônia, através da Secretaria de Agricultura, realizou a primeira Feira de Agricultura Familiar e Artesanato Local em Palmira.

O evento contou com a presença do prefeito Djalma Orrico, autoridades locais e da  população,  além da  participação de Agricultores e artesãos locais e de Associações de produtores.

A feira  teve como principal objetivo promover a saúde através da oferta de alimentos saudáveis e de qualidade, fortalecer a agricultura familiar e incentivar a diversificação da produção rural, contribuindo, desta forma, para o desenvolvimento local e regional.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2022

BRASIL - Sem choro ou lamentações. Temos problemas maiores e reais para resolver

 


Por Arnold Coelho Jornalista MTB 6446/BA

O Brasil dos jogadores milionários, das dancinhas ensaiadas, das firulas e as festanças com muito bife regado a ouro acaba de ser eliminado na Copa do Mundo do Catar. 

Por alguns segundos pensei em ficar triste, mas lembrei que tenho contas para pagar, diferente dos “brazucas milionários”, que conseguiram perder para a limitada Croácia (com o seu joguinho pragmático), que adora levar as decisões para os pênaltis. 

O momento é de ‘cair’ na realidade, colocar os pés no chão, acordar desse sonho com cara de pesadelo e voltar ao trabalho, porque eles (os jogadores) vão derramar algumas gotas de lágrimas e depois vão tirar férias em alguma praia paradisíaca nos seus iates luxuosos, tomando champanhe francesa e comendo bife refogado a ouro.

Gente, essa sexta estrela é só simbolismo. Para nós (imensa maioria do povo brasileiro) só seria mais uma cortina de fumaça no atual momento de transição e recessão ao qual o país passa. Só não vê o tamanho da crise quem é lunático, que faz culto de adoração para pneu ou manda mensagem via celular para seres extraterrestres.

Espero que essa “turma” que foi bater esse “baba” nos campos luxuosos do Catar acorde para a vida e passe a olhar mais para o Brasil e os inúmeros problemas do povo brasileiro. Precisamos de ídolos de verdade.

Em um momento tão delicado pelo qual passa o Brasil e o povo brasileiro, nós precisamos de menos luxúria e ostentação por parte dos nossos “ídolos” e mais ações positivas e construtivas. 

Adoro (amo) futebol, mas digo com pureza da alma que não deixei a tristeza me pegar com essa queda prematura da nossa seleção. Tenho coisas reais e mais importantes para fazer e viver.

A conversa tá boa, mas preciso voltar para o trabalho, pois os boletos não esperam e os “parças da seleção” já estão com os boletos pagos e a vida ganha.

Vamos trabalhar!

terça-feira, 6 de dezembro de 2022

Desenbahia eleva limite de crédito de taxistas para até R$ 60 mil

 


Secom  - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

  

Taxistas baianos podem acessar até R$ 60 mil para a compra de veículos novos por meio de concessão de crédito através da Agência de Fomento do Estado da Bahia S.A. (Desenbahia), viabilizado pelo Programa de Renovação da Frota de Táxis – Protáxi. A decisão da Diretoria Colegiada do Desenbahia passou a valer desde o dia 25 de outubro, em atendimento à demanda da categoria, que afetada pela pandemia da Covid-19, encontrava dificuldade em renovar a frota em circulação no estado. Com a iniciativa, o limite das faixas de concessão de crédito para taxistas passou de R$ 45 mil para até R$ 60 mil, podendo esse valor ser financiado em até 60 meses.  

 

Na praça há 32 anos, Milton Souza enfrenta dificuldade para se manter na profissão. Seu automóvel já tem oito anos de fabricado, motivo que o impede de rodar pela cooperativa da qual faz parte. “Em muitos lugares fora de Salvador os táxis são bonitos e a gente também tem que acompanhar. Aqui, o único lugar que realmente dá condições de a gente se manter é a Desenbahia. Tentei financiar meu carro pela concessionária, diretamente pelo banco, mas a taxa de juros é absurda, eu desisti”.  

  

O diretor da Desenbahia, Agenor Martinelli, lembra do prejuízo que os taxistas enfrentaram nos últimos dois anos, quando, por causa do isolamento em decorrência da pandemia, os serviços de táxi foram menos demandados. “A receita dos taxistas baixou de maneira bastante significativa. Existia um pleito em ter um aumento do valor do veículo adquirido e também quanto ao valor do financiamento por parte da Desenbahia. Após fazermos um estudo aqui na Bahia, conseguimos elevar esses limites”, declara Martinelli.  

  

Para usufruir do benefício do financiamento, o taxista deverá encaminhar a proposta por meio de um órgão de classe credenciado na Agência – sindicatos, cooperativas ou associações. A Central de Relacionamento com o Cliente realiza o atendimento das propostas e encaminha a liberação da concessão de crédito. “Uma vez recebido o processo, a documentação é analisada, feita uma pesquisa cadastral e estando o cliente em dias com todas as suas obrigações, não tendo nenhum tipo de restrição, o crédito dele é aprovado”, explica Jadson Silva, técnico de Relacionamento com o Cliente da Desenbahia.  

 

Márcio Fernando Silva é taxista associado à Coopteletaxi e já faz planos de substituir seu automóvel fabricado em 2010, por um carro do ano. “Até a burocracia é menor para aderir ao financiamento pela Desenbahia. E é tudo muito rápido. Essa é uma ferramenta que tem que existir ainda pro táxi”, conta Silva, taxista há 21 anos que usufrui do Protáxi pela segunda vez. Os órgãos de classe também se beneficiam com a iniciativa. As entidades representativas do segmento são bonificadas, de acordo com a adimplência da cooperativa e do associado, o que facilita o acesso ao Protáxi.   

 

O Programa

Desde o lançamento do Programa, 28 mil táxis foram financiados, um montante de mais de R$ 565 milhões já foram aplicados até hoje, atendendo a 109 municípios baianos. A taxa de juros é de 15% ao ano, com prazo de pagamento de até 60 meses.   

 

Mais informações podem ser obtidas pela Central de Relacionamento com Cliente da Desenbahia através do telefone 71 3103-1001 

ESTADO DE EMERGÊNCIA: Grupo de trabalho traça ações para minimizar prejuízos com enchentes em Itaju do Colônia

 


ASCOM Itaju do Colônia 

Em decorrência das fortes chuvas no município e na região, equipes da Prefeitura Municipal, através do Comitê de operações emergenciais e da Defesa Civil Municipal estão de prontidão, para uma ação integrada em caso de enchentes ou alagamentos. 

Equipes da prefeitura  já estão realizando um trabalho preventivo realocando alguns moradores que se encontram em áreas de risco, garantindo assim, a segurança dessa população.

O prefeito Djalma Orrico já decretou estado de emergência no município e mobilizou todas as secretarias para atuarem no total apoio ás famílias no município.

Em caso de necessidade, a comunidade poderá entrar em contato com a Defesa Civil, (coordenador Neto Nunes) através do telefone: (73) 981015400

Ouro de tolo ou de humanos prepotentes, egoístas e sem amor ao próximo?

 


Por Arnold Coelho Jornalista MTB 6446/BA

Tem uma cena na parte final do filme “A Lista de Schindler”, onde Oskar Schindler se despede (chorando) dos mais de 1.100 Judeus que ele salvou durante a Segunda Guerra Mundial, mantendo-os dentro de uma fábrica de munições na antiga Tchecoslováquia. 

Enquanto todos reverenciavam ele e agradeciam por todo o seu esforço para mantê-los vivos, Schindler se questiona que poderia ter salvado mais vidas, mostrando um broche de ouro em sua roupa, dizendo que aquela peça compraria uma vida. Em seguida ele toca no seu carro e diz que aquele veículo salvaria mais duas vidas. 

Schindler, no fundo da sua alma sabia que poderia ter feito mais. Não sabendo ele que grande parte do povo Judeu hoje na Europa é descendente dos Judeus que ele salvou. Esse homem, alemão e nazista, deixou um legado de amor ao próximo e tem o meu respeito. Schindler é ouro que brilha e reluz amor e caridade.

Na Copa do Catar tenho visto diariamente muita riqueza, ostentação e luxúria como palco principal de um mundo que anda para trás e uma raça humana cada vez mais desumana. Ricos estádios montados com o suor e a vida de milhares de seres humanos para a apresentação de algumas míseras partidas de futebol.

Jogadores ostentando salários milionários, em hotéis de luxo e lindas mulheres, cobertas de objetos de ouro que custam milhões e que salvariam centenas ou milhares de pessoas que passam fome por todo o mundo. 

Vale salientar que a grande maioria desses jogadores cresceram na miséria e hoje, do alto das suas riquezas materiais, comem carne temperada com ouro para mostrar para o mundo toda a arrogância, prepotência e pobreza espiritual. Toda regra tem exceção e alguns ainda carregam um pouco de humanidade e amor ao próximo no peito e nas ações.

Nessa Copa eu não sei qual será a seleção vencedora, mas pelo local escolhido, a forma desumana como foram feitos os estádios e o comportamento de total menosprezo e ostentação dos ricos que gastam milhares de reais em um bife coberto de ouro, o grande derrotado nessa Copa é a raça humana, que ainda não aprendeu nada do que diz em Mateus 22:37-39.


Façam valer Mateus 22:37-39

segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

BARRO PRETO: Secretaria de Assistência Social agradece a mobilização da cidade



ASCOM Barro Preto 

Diante das fortes chuvas que atingiram a região na última semana, Barro Preto foi um dos municípios mais atingidos, sofrendo com a maior enchente registrada da sua história. 


Prontamente a Prefeitura Municipal, por meio das suas secretarias, começaram a agir em prol dos moradores afetados. 


A Secretaria de Assistência Social e Educação além do levantamento de informações pelas ruas junto aos moradores e suporte a todos os necessitados, está fazendo um mutirão da solidariedade e arrecadando móveis, roupas, cobertores e agasalhos para ajudar os desabrigados. 


Lia, Secretária de Assistência Social e Primeira Dama do município, agradece a todos os doadores: "Está sendo lindo de ver a união de toda a cidade para arrecadar e ajudar quem mais precisa neste momento. Estamos de plantão e recebendo no CRAS as doações que não param de chegar, graças a Deus. Fica aqui, em nome de todos os afetados, o nosso MUITO OBRIGADO a toda a população de Barro Preto. E a certeza que venceremos juntos esse momento, com as bençãos de Deus e todo o suporte necessário que a Prefeitura está buscando fornecer". 


O trabalho não para e as doações podem ser levadas no CRAS, pois estão arrumando para distribuir da maneira correta.

domingo, 4 de dezembro de 2022

O rastro do rio

 


Por André Luiz Evangelista Jornalista MTB 6515/BA

 Estamos nos instantes finais do ano de 2022 (dois mil e vinte e dois), e, o pesadelo das enchentes se repete. No mês de dezembro de 2021 (dois mil e vinte e um) mas precisamente na noite do dia 24 do supracitado mês, passamos por uma grande enchente (e tem quem diga que superou a de 1967 um mil novecentos e sessenta e sete)  que deixou muitas famílias desabrigadas.

E a quase um ano da grande catástrofe, as pessoas se encontram apreensivas,  pois as chuvas voltam a cair torrencialmente,  elevando o volume dos rios (curso de água natural, mais ou menos torrencial, que corre de uma parte mais elevada para uma mais baixa e que deságua em outro rio, no mar ou num lago.) os tornando poderosos, com suas correntezas chegando a ser destruidoras.

O Rio Salgado, que nasce modesto no distrito de Ipiranga em Firmino Alves (e que a tempos vem sendo degradado) em tempos normais passa longe de ser caudaloso, passa a maior parte do tempo pacato, quase que inerte.

O Salgado sai de Firmino Alves, corta Floresta Azul e Ibicaraí e vai desembocar no grande Rio Colônia, lá na Estiva de Itapé. Neste período em que vivemos de fortes chuvas e consequentemente cheias,  o Rio Salgado cresce,  mais que quadruplica o seu volume de água, e, como que reclamando furiosamente do sofrimento em que nos “humanos" o estamos impondo, ele o Salgado,  cobra o seu lugar de origem e passa deixando um rastro de destruição a exemplo, de derrubada de barranco, árvores arrancadas, animais de criação levados pelas impetuosas correntezas, casas derrubadas, famílias desabrigadas, um verdadeiro terror, muita das vezes anunciado com antecedência.

Mas,  quem somos nós para julgar ou entender os desígnios de Deus?

Ao menos,  temos a certeza, que da parte de Deus não  acontecerá um outro grande dilúvio.

Gênesis Cap. 9:11-15

11 E eu convosco estabeleço o meu concerto, que não será mais destruída toda carne pelas águas do dilúvio e que não haverá mais dilúvio para destruir a terra.

12 E disse Deus: Este é o sinal do concerto que ponho entre mim e vós e entre toda alma vivente, que está convosco, por gerações eternas.

13 O meu arco tenho posto na nuvem; este será por sinal do concerto entre mim e a terra.

14 E acontecerá que, quando eu trouxer nuvens sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens.

15 Então, me lembrarei do meu concerto, que está entre mim e vós e ainda toda alma vivente de toda carne; e as águas não se tornarão mais em dilúvio, para destruir toda carne.

sábado, 3 de dezembro de 2022

Chuvas e alagamentos no sul da Bahia viraram ‘figurinha repetida’

 


Por Arnold Coelho Jornalista MTB 6446/BA

Parece que foi ontem que passamos por uma das maiores enchentes do sul da Bahia. A data era festiva. A noite de 24 de dezembro de 2021 (véspera de natal) tão cedo não será esquecida. Um ano depois daquela tragédia anunciada, nós estamos assistindo novamente esse filme de “horror”, que atinge mais uma vez a população ribeirinha sulbaiana. No nosso álbum de memórias essa é uma “figurinha repetida”.

E durante esse ano de 2022, o que fizemos para que a história fosse outra? O que foi feito de positivo para a diminuição do impacto das prováveis chuvas que chegam sem pedir licença em nossa região a cada final de ano? 

São perguntas que precisam ser feitas e lições que precisamos aprender. Continuamos descartando diariamente lixo, embalagens e sacolas plásticas aos quatro cantos da cidade sem nenhuma responsabilidade, entupindo bueiros e poluindo o meio ambiente. Uma hora a conta chega! Precisamos aprender a respeitar esse pequeno e “poluído” planeta em que vivemos.

Lembro que em 2010 foi criada a lei 12.305, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e que previa o fim dos lixões brasileiros até 2014. Estamos em 2022 e de acordo com o Novo Marco Legal do Saneamento Básico a data para a extinção de cerca de 2.700 lixões por todo o Brasil mudou para 2033.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o país produz por ano cerca de 80 milhões de toneladas de lixo e cada brasileiro produz, em média, 379,2 kg de lixo por ano, o que corresponde a mais de 1 kg por dia. Consumimos muito e consequentemente produzimos o lixo que polui o nosso planeta.

De acordo com um levantamento feito pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF), com base em dados do Banco Mundial, o Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo. Por sua vez o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta as associações de catadores e os catadores autônomos como os responsáveis por quase 90% do lixo que é reciclado no país.

Os dados mostram que precisamos investir maciçamente em políticas públicas e programas de coleta seletiva, incentivando associações e capacitando catadores. Precisamos reaproveitar parte desse lixo que estamos jogando e poluindo o nosso meio ambiente. Só assim teremos uma resposta positiva da Mãe Natureza.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2022

BAHIA - Inscrição para processo seletivo de professores da rede estadual segue até domingo (4).

Foto ilustrativa 



Fonte - Assessoria de Comunicação
Secretaria da Educação do Estado da Bahia

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) segue com inscrições abertas, até domingo (4), para os processos seletivos dirigidos a professores da Educação Básica, Profissional e Indígena e mediadores do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). Os contratos de trabalho serão sob o Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), pelo prazo de 36 meses, podendo ser renovado por igual período, com carga horária de trabalho de 20 horas semanais. As inscrições podem ser realizadas de forma on-line, no endereço www.ibfc.org.br.
 

São 1.800 vagas para professores, sendo 1.119 para a Educação Básica, 626 para a Educação Profissional e 55 para a Educação Indígena. As provas objetivas acontecem para a Educação Básica e Profissional nos municípios de  Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da LapaCaetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista.

 
A divulgação dos locais de provas acontece no dia 16 de janeiro de 2023, no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). E as provas serão realizadas no dia 22 de janeiro de 2023. A divulgação dos resultados finais está prevista para 17 de fevereiro de 2023.

BARRO PRETO: Fortes chuvas causam danos no município



ASCOM Barro Preto 

A chuva que se iniciou na noite da última quinta-feira e se estendeu pela madrugada na região, causou grandes estragos no município de Barro Preto. 


O volume de água, maior do que o esperado, danificou calçamento, invadiu casas e comércios e chegou até a causar o desabamento de residências no município. 

As imagens, além de assustadoras, são tristes e deixam toda a população com receio por conta do que passou a região nessa mesma época, ano passado. 

O estrago causado pela chuva deixa não só prejuízo para moradores e comerciantes, como também famílias desabrigadas. 


O prefeito Juraci da Saúde deixou claro: “Não vamos medir esforços para ajudar todos os atingidos. Já estamos reunindo todas as equipes responsáveis e atuando nos pontos atingidos por ordem crítica é urgente. Ontem mesmo já iniciamos os trabalhos nas ruas. É hora de nos unirmos e juntos, superarmos essa que, ao que me parece é a maior enchente já vivida por Barro Preto.” 


Todas as Secretarias do Município estão em atividade de Plantão dando suporte aos afetados e fazendo o levantamento de todas as informações para ações emergenciais e futuras. Lia, secretária de Assistência Social informa que a equipe está atuando: "Já se encontram nas rua as equipes das Secretarias de Assistência Social e Educação, visitando todas as casas, fazendo doações de mantimentos e cestas básicas aos afetados, e levantando os dados para ações futuras. Já estamos preparando também 2 ambientes do município para ficarem de apoio aos afetados, a Escola Olavo e a Creche Alice Chaves." 


*Materia e números em atualização.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2022

BARRO PRETO: Prefeito Juraci da Saúde tem Contas de 2021 aprovadas pelo TCM.

 



ASCOM Barro Preto 

Hoje é um dia de muita felicidade não só para minha pessoa como gestor, mas para todo o município de Barro Preto. 

Receber a notícia da aprovação das minhas contas pelo TCM do exercício financeiro de 2021 evidencia o compromisso que tenho com a nossa cidade e a eficiência nas ações até aqui.


Tudo isso só foi possível através de muita responsabilidade em tudo o que buscamos fazer, afinal não é uma conquista apenas de Juraci, mas de toda a equipe que faz parte dessa gestão que busca avanços para a nossa querida Barro Preto. 

Fica aqui o meu agradecimento a todos, e em especial aos que tratam direto da prestação de contas como os setores de contabilidade e licitações. 


Eu, Juraci da Saúde, vos dou minha palavra: dedicação, responsabilidade e respeito por Barro Preto e por todos vocês, sempre irá existir e resultados como esse de hoje, serão cada vez mais recorrentes por aqui. Nossa cidade merece o destaque que vem tendo!

quarta-feira, 30 de novembro de 2022

Prefeito Juraci da Saúde paga hoje salários atrasados da Educação deixados pela gestão anterior

 Na tarde da última terça-feira  (29), o Prefeito Municipal Juraci Dias de Jesus, reuniu com o SIMPUBAP (Sindicato do Magistério Municipal Público de Barro Preto), e os servidores municipais da Educação que receberam o salário com valor reduzido no mês de dezembro de 2020.



Os profissionais da educação que se enquadrava nesta situação, assinaram o processo de acordo para recebimento da diferença salarial devida, no gabinete do Chefe Executivo Municipal.

Ainda de acordo o SIMPUBAP, o prefeito já havia, em tempo recorde, efetivado o pagamento de 121 servidores que ficaram sem receber seus salários no mês de dezembro de 2020, com valor aproximado de R$ 277.523,37, que não foram pagos pela gestão anterior.

“Agradecemos ao Prefeito Juraci, pelo respeito e responsabilidade com o servidor público, em especial com os profissionais da educação, pagando uma dívida que foi deixada pela gestão anterior sem a necessidade de ação judicial, tornando esse feito um ato histórico em nosso município”. Destacou a Presidente do SIMPUBAP Sra. Edlara Libarino de O. Calhau.

ITAJU DO COLÔNIA - BA-667 JÁ CHEGOU NO CENTRO DA CIDADE

 


ASCOM Itaju do Colônia 

As obras de asfaltamento na BA-667 já está em fase de acabamento, e a prefeitura municipal de Itaju do Colônia, em parceria com a EMBASA já está finalizando as obras de reparos no esgotamento das avenidas Oscar Cardoso e Lomanto Júnior, que receberão cobertura asfáltica até os trevos Itaju/Palmira/Pau Brasil e Itaju/Itapé.

A obra é mais uma conquista do governo Juntos Construindo Uma Nova História- prefeito Djalma Orrico, que trará mais conforto, mobilidade e segurança para todos, além de valorização dos empreendimentos localizados nas ruas, praças e avenidas da cidade.

Djalma Orrico Duarte 

Juscelino Pires 


segunda-feira, 28 de novembro de 2022

ITAJU DO COLÔNIA - Saúde feita com muita responsabilidade

 


ASCOM Itaju do Colônia 

A secretaria de saúde de Itaju do Colônia, através dos agentes de endemias e em parceria com os agentes da base de Ilhéus, realizaram uma ação de combate ao "Barbeiro", inseto causador da Doenças de chagas.

Os agentes estão indo nas residências  a fim de orientar os munícipes quanto às procedências em caso de aparecimento do inseto barbeiro. Nas Unidades Básicas de Saúde também é reforçada a necessidade da notificação em caso de aparecimento do inseto.

quinta-feira, 24 de novembro de 2022

BARRO PRETO: UBS ÉDSON CLEMENTINO REALIZA AÇÃO EDUCATIVA EM ALUSÃO AO NOVEMBRO AZUL

 



A única forma de possibilitar a cura do câncer de próstata é com o diagnóstico precoce, pensando nisso a prefeitura de Barro Preto, por meio da Secretaria de Saúde, realizou nesta quarta-feira, 23, uma palestra educativa ministrada pelo médico Dr. Adle Levino, na Unidade Básica de Saúde Edson Clementino dos Santos.


Na oportunidade foram oferecidas consultas médicas para exame de PSA, procedimento para o exame do toque, e testes rápidos.


“Vamos nos prevenir. Cuidar da saúde do homem foi um tabu já enfrentado e vencido há muitos anos. O avanço da medicina, dos tratamentos resultou em grandes conquistas a este público, que hoje tem maior qualidade de vida”, destacou o prefeito Juraci da Saúde.


É a prefeitura de Barro Preto trabalhando para dar uma melhor qualidade de vida aos cidadãos barropretense.

quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Síndrome de cachorro vira-lata

 


Por Arnold Coelho Jornalista MTB 6446/BA

Por mais que tenhamos superado o trauma de 1950, quando perdemos a Copa do Mundo para o Uruguai, em pleno Maracanã e mesmo já tendo cinco títulos mundiais (depois daquele fatídico dia), tem horas que ainda concordo com o saudoso tricolor Nelson Rodrigues, que falava sempre da nossa ‘síndrome de cachorro vira-lata’. 

Adoramos menosprezar o que é nosso e idolatrar o que vem de fora. As paisagens europeias são sempre mais “bonitas” que as nossas. Não sei se é porque é “chic” fazer foto em algum país do velho continente, mas o que vejo sempre é uma supervalorização nas coisas vindas do lado norte da América ou do Velho Continente.

Tenho assistido jogos da Copa do Mundo e só reforço o meu pensamento que o nosso Brasileirão é um dos melhores e mais “duros” campeonatos de futebol do planeta. São 20 times com pelo menos dez postulantes ao título, com muitos bons jogos, grandes jogadores e recheados de lindas jogadas e golaços.

Pena que a nossa mídia esportiva pouco enaltece o nosso campeonato e se calam com relação a essa ‘pífia Copa do Mundo’. Assisti alguns jogos (muitos ruins!) e vejo que o futebol jogado lá fora se resumiu ao tático e a força física e perdeu na essência da improvisação e drible. Até o momento só a atual campeã França e a Inglaterra mostraram futebol vistoso e bem jogado.

Amanhã o Brasil estreia e eu espero que Tite (o nosso treinador) não se agarre aos métodos dos técnicos europeus que proíbem o jogador de jogar. Que ele deixe Neymar, Vinícius Júnior, Rafinha e Richarlison ‘partirem para cima’ e que no segundo tempo Antony, Rodrigo e Pedro tenham oportunidade.

Se o Brasil jogar bola, ganha essa Copa fácil, fácil. Isso é fato! Só a nossa imprensa esportiva é que pouco vê o nosso bom futebol.


Arnold Coelho

Amante do bom futebol

Barro Preto: Cavalgada promete agitar o município no próximo dia 27

 


No próximo dia 27 acontecerá em Barro Preto, a 1° Cavalgada organizada pela gestão Juraci da Saúde. O evento acontecerá a partir das 14h, onde cavaleiros e amazonas da cidade e de toda a região deverão movimentar o município. Já à noite, terão as atrações musicais como 100 Parea, Tonny Fernandes e Xamego a Mais, além dos locutores Jô França e Rick Bahia, que prometem agitar a festa.

Com o objetivo de manter a tradição e unir a cidade neste grande evento, o prefeito Juraci da Saúde destaca a união de todos e a importância do evento para o município. "Buscamos a união e parceria de todos, sem olhar diferenças políticas e ideológicas, colocando em primeiro lugar Barro Preto e seus munícipes. Com a ajuda de todos, iremos proporcionar um evento organizado, um momento de lazer e diversão para os amantes da cavalgada, além disso, possibilitaremos uma renda extra aos comerciantes, através do incremento e, circulação econômica financeira no comércio, por meio dos visitantes.”, disse o prefeito.

terça-feira, 22 de novembro de 2022

BARRO PRETO- O poder público municipal continua em ritmo acelerado

POR - André Luiz Evangelista Jornalista MTB 6515/BA

Em Barro Preto Bahia, a gestão do prefeito Juraci Dias (Juraci da Saúde) ,se resume a trabalho intenso. Em momento algum a gestão tirou o pé do acelerador, a ordem é trabalhar sempre em prol do anseio popular.

O grande Bairro Bomfinzão vem sendo pavimentação com paralelepípedos, e concomitante a isso, em Barro Preto tem trabalho (obras) para todos os lados.

A social, a educação a saúde nunca pararam de trabalhar, a manutenção administrativa sempre mantida em dia, o prefeito tem orientado o seu secretariado,  que mantenha a coisa pública em perfeito funcionamento.

São várias ações simultâneas, todas as secretarias tem atuado com muita responsabilidade, os programas sociais tem sido sucesso, principalmente no quesito acolhimento, quer seja às crianças, os idosos, todos tem sido alcançados de maneira satisfatória. Assim também acontece com as demais secretarias.

Barro Preto verdadeiramente, avançou e muito com a gestão do prefeito Juraci Dias.

Em conversa com Juraci ele nos relatou,  “ tenho trabalhado incansavelmente, para atender ao anseio do povo Barropretense. Dou funcionário efetivo do município e estou prefeito, entendo que fui eleito para fazer a diferença em prol dos meus munícipes, e é com esse pensamento que durmo e acordo todos os dias. Pegamos um município parcialmente “depedrado” e aos pouco, com muita responsabilidade, fomos colocando as coisas no lugar,  hoje, podemos falar que temos um município administrativamente funcional e nos trilhos rumo ao progresso”. Relatou o prefeito Juraci Dias.

Em reunião com APLB, governador apresenta calendário de pagamento dos precatórios

Secom    - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia O Governo do Estado pagará R$113 milhões em abonos a 73 mil profissionais da ...