EM CASA

EM CASA

DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

sexta-feira, 27 de abril de 2018

SMAS de Ibicaraí promove encontro do 1ª Infância do SUAS – Criança Feliz



ASCOM Ibicaraí
A Secretaria Municipal de Assistência Social de Ibicaraí(SMAS), realizou na tarde da última terça-feira, dia 24, na Unidade Básica de Saúde Gelson Lopes (ao lado da Fábrica de Chocolate), o primeiro encontro do programa 1ª Infância no SUAS – Criança Feliz, direcionado para gestantes e mães com crianças de 0 a 3 anos, com o tema: A importância do aleitamento materno e de hábitos alimentares saudáveis na 1ª Infância.
A supervisora do SUAS, Jaqueline Leite, falou sobre os principais objetivos do programa, como a promoção e o apoio ao desenvolvimento infantil na primeira infância; o apoio à gestante no nascimento da criança; o fortalecimento do vínculo da família da gestante e o cuidado com a criança nos anos iniciais da primeira infância, além de orientar as mães na busca pelos serviços públicos ofertados no seu município. “Nossa equipe conta ainda com quatro visitadores (Erika Ramos, Matheus Oliveira, Ivanise Cardoso e Jaine Silva), que fazem visitas domiciliares por todo o município, cadastrando e coletando dados das mães e futuras mamães e das crianças”, disse Jaqueline.
A nutricionista Lenira Martins palestrou sobre a importância do aleitamento materno e os hábitos alimentares saudáveis, evitando a obesidade e desnutrição da criança. Em seguida a secretária de Assistência Social Alesandra Brandão agradeceu a presença das mães presentes e lembrou da importância da realização do cadastro das mães e dos bebês e comparecimento nos encontros. “A sua presença e a participação ativa das gestantes e mães com seus filhos até três anos só fortalece o programa e ajuda a melhorar os programas de políticas públicas. A primeira infância é a base para o futuro de qualquer criança, e você, mãe, é a parte mais importante nesse projeto”, disse a secretária.
Na parte final da ação foi realizada uma apresentação de fantoches pela equipe do SCFV e a distribuição de um kit alimentação (com prato, copo e colher) para as mães presentes, além da distribuição de livros didáticos ofertados pela Fundação Itaú Social. Ao final da ação foi servido um lanche para todos os presentes.
Estiveram presentes a ação a secretária municipal de Assistência Social, Alesandra Brandão e equipe do SMAS; a gestora do SUAS, Juliana Costa; a supervisora do SUAS, Jaqueline Leite; a nutricionista Lenira Martins; a coordenadora do CRAS, Thayse Pascoal; a psicóloga do CRAS, Juliana Henrique; a gestora do programa Bolsa Família, Daniela dos Santos; a coordenadora do SCFV, Josciele Barbosa e a coordenadora do Creas, Gláucia Rezende.
Na quarta-feira, dia 25, pela parte da tarde, esse mesmo projeto fora levado ao Cras da Vila Santa Izabel e apresentado às mamães daquela localidade.

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Social de Ibicaraí dá continuidade ao Projeto 'Vejo Flores em Você'



ASCOM Ibicaraí
Dando continuidade ao Projeto “Vejo Flores em Você”, que teve início em 2017, a prefeitura de Ibicaraí, através da secretaria municipal de Assistência Social, realizou um ensaio fotográfico com gestantes inseridas no Cadastro Único dos programas sociais do Governo Federal. Esse ensaio faz parte da 3ª Edição do Projeto, que tem o objetivo de produzir um book fotográfico para as gestantes.
Segundo a secretária de Assistência Social, Alesandra Brandão, “o projeto tem como ideia central enfatizar a fase mais sublime da vida de uma mulher: a gestação, além de incentivá-las a participar das atividades oferecidas pelo CRAS, fortalecendo os laços afetivos da família, tendo em vista que cada gestante leva o pai da criança ou um familiar durante a sessão de fotos”.
Na última quarta e quinta-feira, 18 e 19, o Cras realizou no sítio de Cachacinha, no bairro Bela Vista, a sessão de fotos para produção do book fotográfico de aproximadamente 21 gestantes. “Tudo isso só aconteceu graças ao apoio da secretária de Assistência Social, Alesandra Brandão, que não mediu esforços para que o projeto fosse realizado, e ao prefeito Lula Brandão. Além de toda a equipe que auxiliou na ação e a fotografa Thaís Aragão, Ana Mota e Priscila Cerqueira (maquiagem), Cachacinha e Binho Vídeo, que foram nossos parceiros”, destacou a coordenadora do Cras, Thaise Pascoal.

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Vacina contra a gripe H1N1 já está sendo aplicada em Ibicaraí


A Secretária de Saúde de Ibicaraí iniciou na segunda-feira, 23, a campanha Nacional de Vacinação contra a gripe Influenza (H1N1). A vacina disponível no SUS protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: H1N1; H3N2 e influenza B. A campanha vai até 01 de junho.
De acordo com a regras do ministério da saúde, o público-alvo da campanha inclui crianças de 6 meses a menores que 5 anos, gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto, apresentando o cartão da gestante ou certidão de nascimento do filho), idosos (a partir de 60 anos), profissionais da saúde (apresentando algum documento que confirme a atuação), povos indígenas, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade (apresentando documento indicando a sua patologia e receita médica ) e professores de escolas públicas  ou privadas.

terça-feira, 24 de abril de 2018

Prefeito de Ibicaraí Lula Brandão recebe visita do Secretário Executivo do Ministério dos Direitos Humanos


ASCOM Ibicaraí
Na manhã de sexta-feira, 20 de abril, o prefeito Lula Brandão recebeu em seu gabinete a visita do secretário-executivo do Ministério dos Direitos Humanos, o advogado baiano Engels Augusto Muniz, que estava acompanhado de sua esposa Maria Clara.
O prefeito Lula Brandão, juntamente com todo seu secretariado e alguns vereadores que se encontravam presentes em seu gabinete (Ney da Salomeia, Mary da Saúde, Lió, Zuza e Flávio Ramos), recepcionaram cordialmente ao secretário Angels, solicitando ao mesmo que intervisse, junto à sua Secretária de Direitos Humanos, no sentido de poder auxiliar, através de projetos,  naquilo que fosse cabível dentro das suas atribuições à cidade de Ibicaraí. De pronto, o secretário Angels prometeu enviar um “kit” para o Conselho Tutelar (01 veículo + outros ítens).
O secretário Angels Muniz fora convidado, através de ofício pela Secretária de Assistência Social Alesandra Brandão, a participar como palestrante da terceira Conferência Municipal da Criança e do Adolescente.
Engels Augusto Muniz nasceu em Salvador e é formado em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (Uniceub). Antes de assumir a Secretaria Executiva dos Direitos Humanos em 22 de fevereiro deste ano, cargo que até então era ocupado pela também baiana Luislinda Valois, ele atuava como chefe de gabinete da subchefia para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República.
Presentes nessa reunião estavam ainda o Secretário de Relações Institucionais de governo Givanilson Francisco (VAN) e o assessor de gabinete Charles Novaes.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Enfermeiros do PSE passam por capacitação em Ibicaraí


Aconteceu na tarde da última quarta-feira, dia 18, no plenário da Câmara de Vereadores de Ibicaraí, uma capacitação para os enfermeiros das Unidades de Saúde da Família (USF) e que fazem parte do Programa Saúde na Escola (PSE). A ação foi realizada pela Prefeitura de Ibicaraí, através da secretaria municipal de Saúde e o Programa Saúde na Escola (PSE), e teve a organização das coordenadoras PSE Luciane Borges (Saúde) e Nelizia Ferreira (Educação).
A capacitação foi ministrada pelo oftalmologista Renato Rabelo, que falou para os profissionais de saúde sobre a importância do Teste de Snellen, feito com a Tabela de Snellen, para avaliar a acuidade visual dos alunos da rede pública municipal e estadual, determinando se o aluno precisa ou não passar por um exame oftalmológico.
Essa capacitação serviu para preparar os enfermeiros do Programa Saúde na Escola (PSE) do município, que farão uma triagem em todas as escolas municipais e estaduais, além da APAE, creches e os alunos da EJA - Educação de Jovens e Adultos, aplicando o Teste de Snellen, que irá detectar quais os alunos precisarão passar por um oftalmologista para fazer o exame de vista.
Segundo o oftalmologista Renato Rabelo, esse teste não é válido como exame, mas serve como triagem para definir quais os alunos precisarão fazer o exame de vista. O papel do enfermeiro do PSE é fazer a triagem e descobrir qual aluno tem problema de visão. Os alunos que não passarem no teste serão encaminhados para um oftalmologista.
Programa Saúde na Escola - PSE tem como objetivo contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o desenvolvimento de crianças, jovens e adultos de rede pública de ensino.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Motorista bêbado que causar acidente com vítima agora tem pena maior

Começam a valer nesta quinta-feira (19) as mudanças no Código de Transito Brasileiro (CTB) que aumentam a punição e diminuem as brechas para motoristas embriagados ou drogados que causarem acidentes com vítimas no trânsito.

Sancionada em dezembro passado, a alteração define que motoristas bêbados enquadrados na lei de trânsito por homicídio culposo (sem intenção de matar) cumpram pena de 5 a 8 anos de prisão, além de o direito de dirigir suspenso ou proibido.

Antes, a pena por causar acidente com morte era de 2 a 4 anos, o que permitia que o delegado responsável pelo flagrante estipulasse uma fiança, que poderia liberar o motorista imediatamente.

Com a elevação da pena, o delegado não pode mais determinar a fiança porque a lei permite isso apenas em crimes com pena máxima de 4 anos.

Código de Trânsito endurece pena de motorista embriagado que causar acidente (Foto: Karina Almeida/G1)

Agora, apenas um juiz poderá decidir pela liberdade ou não do motorista, seja por meio de habeas corpus, pedido de liberdade provisória ou de relaxamento da prisão.

"Quando a pena era menor, o acusado não ficava preso. Ele era preso em flagrante, pagava fiança e saía. Agora ele não vai sair rapidamente", afirma Andréa Resende, especialista em Direito de Trânsito.

Como o crime continua apontado como culposo no Código de Trânsito, segue existindo a possibilidade de converter a pena de prisão em pena alternativa, como pagamento de cestas básicas ou trabalho comunitário.

Entra em vigor lei que endurece punição para motorista embriagado

Se deixar feridos
Nos casos em que há lesão corporal culposa (feridos sem intenção), a punição para o motorista passou de 6 meses a 2 anos para 2 a 5 anos. Nestes casos, o delegado também não poderá conceder fiança.

"Não tinha o constrangimento de ficar preso", explica Anna Julia Menezes, advogada criminalista.

Com a pena aumentada, não é possível pedir a suspensão condicional do processo. Voltada a pena igual ou inferior a 1 ano, ela dá a possibilidade de evitar o processo e manter o motorista como réu primário com o cumprimento de certas condições, como pagamento de multa.

Se for pego no bafômetro
Nada muda com relação a multas e punições administrativas ao motoristas flagrados bêbados, tenham se envolvido em acidente ou não.

A punição para quem for pego no bafômetro é multa de R$ 2.934,70, além da suspensão da carteira de habilitação por 1 ano. E é a mesma para quem se recusa a fazer o teste.

O bafômetro não é a única forma de constatar embriaguez: quaisquer sinais que indiquem alteração da capacidade psicomotora podem servir de prova pela autoridade no local.

'Cavalo de pau' vira crime
A nova redação da lei também transforma a "exibição ou demonstração de perícia" ao volante em crime, no mesmo artigo que fala sobre "corrida, disputa ou competição automobilística não autorizada", os famosos "rachas".

De acordo com advogados, essas exibições e manobras podem ser um "cavalo de pau", acelerar muito cantando os pneus, empinar a moto ou qualquer manobra radical que crie alguma situação de risco.
Código de Trânsito passa a punir manobra radical arriscada (Foto: Karina Almeida/G1)

Antes essas manobras agressivas sem vítimas estavam sujeitas apenas a multa (R$ 2.934,70) e suspensão da habilitação, mas agora o motorista também pode pegar prisão de 6 meses a 3 anos.

Em casos com feridos graves, a pena é de 3 a 6 anos de prisão. Se houver morte, a reclusão passa de 5 a 10 anos.

Importância da fiscalização
De acordo com advogados consultados pelo G1, a mudança poderá reduzir o sentimento de impunidade nos crimes de trânsito, mas a fiscalização e a educação têm papel principal em diminuir a incidência.

"Diminuir os crimes de trânsito depende de campanhas de conscientização, campanhas educacionais. Não adianta criar leis mais impositivas sem dar orientação aos motoristas", afirma Andréa Resende.

Já João Paulo Martinelli, da Faculdade de Direito do IDP-São Paulo, acredita que as penas para os crimes de trânsito estão desproporcionais.

"A pena para homicídio culposo é muito maior agora para os casos que envolvam veículo automotor. Se o sujeito está manuseando arma de fogo, ela dispara e acerta alguém, um caso de homicídio culposo, aplica-se uma pena de 1 a 3 anos", explicou.

"Atualmente, o que impede que as pessoas dirijam embriagadas é a blitz. Ela é muito mais eficaz do que a lei", completou.


quarta-feira, 18 de abril de 2018

Verba do governo para custeio e investimento em 2019 deve ser a menor em 12 anos

O próximo presidente da República deve contar em 2019, primeiro ano de seu mandato, com a menor verba para custeio e investimentos dos ministérios dos últimos 12 anos.

A proposta do Ministério do Planejamento para as chamadas "despesas discricionárias", ou seja, aquelas sobre as quais o governo tem efetivamente controle, é de R$ 98,386 bilhões, o equivalente a 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB), para o ano que vem.

O valor consta no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2019, já encaminhado ao Congresso Nacional. É a primeira vez, desde o início da série histórica do Tesouro Nacional, em 2008, que o governo propõe que essas despesas fiquem abaixo da marca de R$ 100 bilhões.

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, avaliou que haverá no próximo ano um "desafio grande" para a manutenção do dia-a-dia do governo. O risco é de que falte dinheiro para algumas ações, como ocorreu em 2017, quando a impressão de passaportes e as fiscalizações contra o trabalho escravo, entre outras, chegaram a ser suspensas ou reduzidas.

Gastos do Governo com Custeio e Investimentos

Em R$ bilhões
113,9113,9130,8130,8134,1134,1137,9137,9148,9148,9160,1160,1184184145145150,8150,8117,5117,5128,9128,998,398,320082009201020112012201320142015201620172018 (proposta)2019 (previsão)050100150200
Fonte: Ministério do Planejamento

Teto de gastos
A dificuldade ocorre porque a despesa total do governo, ou seja, tanto os gastos que o governo tem controle quanto os obrigatórios, está limitada pelo teto de gastos públicos, aprovado pelo Congresso Nacional em 2016.

Esse sistema, que foi proposto pela equipe econômica do presidente Michel Temer, limita o aumento das despesas do governo, em um ano, ao índice de inflação registrado no ano anterior.

Como os gastos obrigatórios (com Previdência e pessoal, entre outros) estão subindo acima da inflação (veja mais abaixo nesta reportagem), está sobrando cada vez menos espaço para as despesas sobre os quais o governo tem controle, classificados de "despesas discricionárias com controle de fluxo". Nessa categoria entram desde os investimentos em universidades até a compra de insumos para o funcionamento da máquina governamental.

Para contornar esse problema, o governo apostava na reforma da Previdência Social, mas desistiu da proposta diante das dificuldades em aprová-la no Congresso.

Além disso, o governo propôs aumentar a tributação sobre a folha de pagamentos, o que poderia elevar a arrecadação, e anunciou medidas para reduzir despesas com pessoal, entre elas um Plano de Demissão Voluntária (PDV) para servidores, mas que contam com baixa adesão.

O objetivo dessas medidas era diminiur a parcela dos gastos obrigatórios e abrir espaço para as despesas que podem ser manejadas no Orçamento. As despesas previdenciárias e com servidores são os dois maiores gastos obrigatórios do Executivo, e não podem ser alterados sem a aprovação do Congresso.

No ano passado, o então ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, admitiu ao G1 que, sem a aprovação da reforma da Previdência, a regra que criou o teto para gastos públicos se tornará "incompatível" com a realidade orçamentária do país a partir de 2020.

terça-feira, 17 de abril de 2018

FMI melhora previsão para PIB do Brasil e estima alta de 2,3% em 2018

Por G1

O Fundo Monetário Internacional (FMI) melhorou sua previsão de crescimento para o Produto Interno Bruto do Brasil em 2018. De acordo com relatório de pespectivas para a economia mundial divulgado nesta terça-feira, a economia brasileira deverá avançar 2,3% neste ano.

O número representa um aumento de 0,4 ponto percentual em relação à última estimativa apresentada em janeiro, de 1,9%.

O FMI também revisou a projeção para 2019. O Fundo prevê agora um crescimento de 2,5% ante estimativa anterior de alta de 2,1%.

Projeções do FMI para o PIB de 2018 do Brasil
Variação anual em % prevista pelo fundo
estimativa de crescimento em 2018janeiroabriljulhooutubrojaneiroabril1,251,51,7522,252,5
Fonte: FMI

No documento, o FMI cita que a inflação no Brasil está próxima do mais baixo nível histórico e diz que o crescimento de 2,3% esperado para a economia do país neste ano e de 2,5% para 2019 deve ser sustentado pelo consumo e investimento privado mais fortes.

Para o médio prazo, o FMI projeta um crescimento mais moderado, de 2,2%, impactado pelo "envelhecimento da população e pela produtividade estagnada".

"No Brasil, a Reforma da Previdência continua sendo uma prioridade para garantir que os gastos (do governo) sejam consistentes com as leis fiscais para garantir sustentabilidade no longo prazo", destacou o documento.

Estimativa do FMI é menor que a da média do mercado
Apesar da revisão para cima, a projeção do FMI continua abaixo da média das estimativas dos analistas do mercado brasileiro.

Para o resultado do PIB em 2018, os economistas dos bancos baixaram a previsão de crescimento de 2,80% para 2,76%, segundo pesquisa focus do Banco Cental divulgada na véspera. Foi a terceira queda seguida do indicador. Para o ano que vem, a expectativa do mercado para expansão da economia continua em 3%.

O Produto Interno Bruto é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia. Em 2016, o PIB teve uma retração de 3,5%. Em 2017, cresceu 1% e encerrou a recessão no país.

FMI mantém sem alterações previsão de crescimento global
A previsão de crescimento mundial foi mantida pelo FMI em 3,9% em 2018 e 2018.
O Fundo Monetário Internacional manteve sem alterações sua previsão de um crescimento global de 3,9% para este ano e em 2019, em um contexto ofuscado pela possibilidade de um conflito comercial generalizado e riscos geopolíticos.


segunda-feira, 16 de abril de 2018

Funcionários do Hospital agradecem a Lula Brandão pela doação de televisão


ASCOM Ibicaraí

Após solicitação de funcionários e moradores de Ibicaraí, o Hospital Arlete Maron de Magalhães recebeu no último sábado, 14, a doação de uma televisão que foi instalada na recepção do Hospital. A televisão foi doada por Lula Brandão, prefeito do município, para maior conforto dos ibicaraienses que precisam usar o equipamento público. 

A Diretora Administrativa, Débora Habib, em nome dos funcionários, agradeceu a Lula Brandão e a Van (ex-secretário de Saúde) pela atenção que sempre dão à saúde e aos funcionários. “Só temos que agradecer a Brandão por sempre atender as nossas solicitações. Dessa vez, ele mesmo fez a doação da televisão para maior conforto dos que precisam usar o hospital”.

Escolas da Vila Santa Isabel e Salomeia realizaram Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente em Ibicaraí



ASCOM Ibicaraí
Na quarta-feira, 11, as Escolas do campo da rede pública de Ibicaraí, o Colégio Municipal de Ibicaraí, na Vila Santa Isabel, e Grupo Escolar Ramiro Berbert de Castro, na Salomeia, realizaram a Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, com o tema Água e apoio do Programa Despertar.
Segundo explicou a coordenadora municipal do Programa Despertar, Nelizia Ferreira, essa etapa escolar da Conferencia pelo Meio Ambiente é imposta pelo MEC em parceria com SENAR/FAEB e é uma etapa obrigatória para a participação das Escolas do Fundamental II. “A Conferência Escolar é um processo pedagógico e não apenas um evento e que reúne estudantes, professores e comunidade escolar para dialogar e refletir sobre as questões socioambientais”.
Durante as conferências, os alunos apresentaram trabalhos e projetos que foram desenvolvidos em sala de aula com o objetivo de conscientizar e alertar para a questão da água, cidadania e sustentabilidade. Nas conferências também foram eleitos os delegados e suplentes, que são alunos entre 11 e 14 anos do fundamental 2 e irão representar as escolas e o município na etapa estadual, em Salvador.
No Colégio Municipal de Ibicaraí, Amanda Ferreira foi eleita delegada, tendo como suplente Matheus. No Grupo Escolar Ramiro Berbert de Castro, o aluno Gabriel Silva Souza, do 6º ano, foi escolhido como delegado, e Emily Michelle Paixão Souza, do 9º ano, como suplente.
Presenças - Estiveram presentes a ação a coordenadora do Programa Despertar, Nelízia Ferreira; o Diretor de Meio Ambiente, Cochise Assis, na Salomeia; o representante do SAAE, Neto Farias; diretores, professores, coordenadores pedagógicos e alunos.
Colégio Municipal de Ibicaraí/Tema “Água - Como evitar a sua escassez em nosso município”: Elieuza Andrade Meneses e Silva: diretora; Carlos Alberto Bispo Marques: Vice-diretor, Lilian Moraes Luz: Coordenação Pedagógica.
Grupo Escolar Ramiro Berbert de Castro/ Tema “Água, Cidadania e Sustentabilidade”: Cristina Conceição N. Silva: Diretora, Helenita do Carmo da Silva: Vice-Diretora, Jaciara Oliveira Borges: Coordenadora Pedagógica.

Agricultura convoca produtores rurais selecionados para continuidade da Regularização Fundiária

 A Secretaria municipal de Agricultura de Ibicaraí convoca os 46 produtores rurais que foram selecionados por estarem aptos para dar continuidade ao processo de regularização fundiária e realizar os trabalhos de medição e demarcação dos imóveis selecionados. Os selecionados devem comparecer na sede da Secretaria a partir desta segunda-feira, 16. O prazo encerra no dia 10 de maio.
Os produtores selecionados foram da região do Cajueiro, Cajueiro Novo, Córrego Grande, Jacarandá, Laranjeiras, Luxinho, Patioba, Quatro Porcos, Ribeirão Bonito, Ribeirão da Água Verde, Ribeirão das Iscas, Ribeirão das Laranjeiras, Ribeirão do Batista, Ribeirão do Luxo, Ribeirão do Zé Pio, Ribeirão dos Miúdos, Ribeirão dos Potes, Ribeirão Seco, Três Pancadas, Vila Santa Isabel.
Confira os convocados:
1.    José Renato Andrade Passos
2.    Maria Zelia de Oliveira
3.    Adenildes Santos de Jesus
4.    Fábio Macedo de Oliveira
5.    Haroldo José dos Santos
6.    Jose Paulino dos Santos
7.    Luiz Carlos dos Santos
8.    Manoelita Maria dos Santos
9.    Maria Alice Jesus do N. Silva
10. Raimunda de Jesus Santos
11. Jose Domingos da Silva Santos
12. Maria da Conceição de Carvalho
13. Diogenes Fabian Pinto Barros
14. Geronimo Santos de Oliveira
15. Arnaldo Farias
16. Geovane Andrade Dantas
17. Edmundo Ribeiro Soares
18. Ana Karolina Franca Oliveira
19. Jose Bispo Filho
20. Ramiro Augusto Macedo de Souza
21. Gilzete Matos de Oliveira
22. Gustavo Santana Modesto
23. Luzia Gomes de Menezes
24. Antonio Vieira Filho
25. Dilma Fontes Santos Moreira
26. Ivanete Farias dos Santos Oliveira
27. Joana Farias dos Santos
28. Jose Carlos Messias de Melo
29. Mariano Otaviano Rodrigues
30. Pedro Souza Dias
31. Anastacio Teixeira do Nascimento
32. Josvaldo Vianna da Silva
33. Otilio Teixeira do Nascimento
34. Jose Cosme Teixeira do Nascimento
35. Maria de Lourdes Teixeira Nascimento
36. Luciane Maria Borges Velanes
37. Odair Silva Ceo
38. Odecir Silva Ceo
39. Orualdo de Amorim Cavalcante
40.  Mary Franscy Dias de Azevedo Santos
41. Paulo Oliveira dos Santos
42. Cantidio de Souza Cabral
43. Jose Carlos Oliveira
44. Zelia Diná dos Santos
45. Edivaldo Ferreira de Jesus
46. Idalício Sampaio de Brito
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...