EM CASA

EM CASA

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Secretaria de Saúde de Floresta Azul inicia campanha de combate a Dengue


Texto e fotos: Ascom Floresta Azul | Saúde
A prefeitura municipal de Floresta azul, através da Secretaria Municipal de Saúde e do departamento de Endemias e Vigilância Epidemiológica deram início a uma campanha contra a Dengue, visando prevenir a criação e proliferação do mosquito Aedes aegypti no município. A campanha teve início sexta-feira, 11, com a equipe da UBS Marcelina Bispo visitando as residências dos bairros Teta Matos e Zeli Teixeira. Na terça-feira, 15, foi a vez da equipe da UBS Heleno Braz visitar as residências do bairro Antonio de Ângelo. Na quarta-feira, 16, quem entrou em ação foi a equipe da UBS Eduardo Mamede, que fez vistorias nos imóveis do centro da cidade. Quinta-feira, 17, a ação aconteceu no distrito de Santa Terezinha (Coquinhos) com a participação da equipe da UBS Pompilho Borges.
Durante a campanha aproximadamente dez agentes de saúde do município estarão visitando os imóveis realizando trabalhos educativos com distribuição de panfletos que servirão para orientar as pessoas sobre a verificação de locais e objetos que possam acumular água, como calhas, lajes, caixas-d’água e pratos de plantas. O trabalho também será realizado em empresas, escritórios e instituições públicas e organizações não governamentais com o objetivo de evitar a transmissão da dengue em locais de trabalho e escolas.
O objetivo da campanha, segundo a secretária municipal de Saúde, Domilene Borges, é evitar que o mosquito Aedes aegypti se prolifere no município, evitando que os números de casos de Dengue aumentem, além de evitar possíveis caso da febre Chikungunya  e o Zika Vírus. Para isso é importante estimular a participação da população no controle do mosquito, transmissor dessas doenças. “Essa campanha de conscientização e vistoria da nossa equipe e a participação de toda a população vai ajudar no combate do mosquito e na consequente diminuição dos casos da doença em nossa cidade”, disse a secretária.
A enfermeira e coordenadora da campanha, Fernanda Luísa, faz um apelo à população em geral: “Pedimos o apoio de toda a população local para que cada um colabore nessa campanha, cuidando de seu quintal, deixando ele limpo, verificando as calhas dos imóveis, eliminando possíveis focos do mosquito. A participação popular é de suma importância no combate a dengue”. Fernanda ressalta ainda que não existe 'tempo ruim' para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Febre de Chikungunya e do Zika Vírus, pois no tempo das chuvas ele coloca seus ovos em recipientes formados pelo acúmulo de água e lixo nos terrenos, e no período de seca muda de local e vai para os reservatórios residenciais de água da população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...