EM CASA

EM CASA

DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Alta do preço do m² perde força pelo 8º mês seguido, diz FipeZap

Na comparação com julho de 2013, alta média foi de 10,38%.

Preço de imóveis sobe em 2014 abaixo da inflação em 8 de 16 cidades

Do G1, em São Paulo
A alta nos preços dos imóveis perdeu força pelo oitavo mês seguido em julho, segundo pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o aumento médio foi de 10,38%, o menor da série historica do levantamento, iniciada em 2011.
Em metade das 16 cidades pesquisadas pelo índice FipeZap, o preço do metro quadrado anunciado subiu neste ano abaixo da inflação.

Em Brasília e Curitiba, os preços não só ficaram abaixo da inflação no ano, como caíram. Na capital federal, a queda acumulada nos 7 primeiros meses do ano é de 1,05%. Já na capital paranaense, os preços recuaram 0,57% em 2014.
No acumulado no ano até julho, o preço médio dos imóveis no país avançou 4,11%, segundo a pesquisa. Já a inflação medida pelo IPCA nos 7 primeiros meses do ano está prevista em 3,9%.
As maiores altas no ano foram verificadas em Vitória (7,13%) e em Fortaleza (6,6%). No Rio de Janeiro, os preços subiam 5,64% no acumulado até julho e, em São Paulo, 5,20.
Alta média de 0,56% em julho
No mês de julho, o aumento médio nas 16 cidades pesquisadas foi de 0,56%. Os maiores aumentos foram registrados em Vitória (1,39%) e em Porto Alegre (1,22%). Brasília foi a única cidades com queda nos preços no mês (-0,44%). Em São Paulo, a alta foi de 0,76% e, no Rio, de 0,48%.

Os valores médios do m² em julho ficaram entre R$ 10.699 (Rio de Janeiro) e R$ 3.949 (Vila Velha). São Paulo tem o segundo valor mais alto entre as cidades monitoradas: R$ 8.186. A média nas 16 cidades pesquisadas ficou em R$ 7.574.
O Índice FipeZap foi desenvolvido e é calculado pela Fipe, em parceria com o portal ZAP Imóveis. O indicador acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 16 municípios brasileiros com base em anúncios da internet. Os municípios abrangidos são: Rio de Janeiro, São Paulo, Niterói, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, São Caetano do Sul, Florianópolis, Porto Alegre, Santo André, Salvador, São Bernardo do Campo, Vitória, Curitiba e Vila Velha.
Rio de Janeiro e São Paulo são as cidades com preço de metro quadrado mais caro (Foto: Reprodução)Rio de Janeiro e São Paulo são as cidades com preço de metro quadrado mais caro (Foto: Reprodução)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...