EM CASA

EM CASA

DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

No AM, chef une pirarucu e palmito de pupunha em prato para o Natal

‘Pirarucu à moda Banzeiro’ valoriza ingredientes da culinária amazônica. 

Receita foi criada exclusivamente para internautas do G1.

Adneison SeverianoDo G1 AM

"Pirarucu à moda Banzeiro" une ingredientes da culinária amazônica (Foto: Arquivo Pessoal/Felipe Schaedler)"Pirarucu à moda Banzeiro" une ingredientes da culinária amazônica (Foto: Arquivo Pessoal/Felipe Schaedler)
Uma receita criada exclusivamente para o G1, que utiliza o peixe pirarucu é uma opção para dá um toque regional e inovador na ceia natalina deste ano. Trata-se do “Pirarucu à moda Banzeiro”, que leva o nome do restaurante de Manaus. O G1 ensina a preparar a receita dessa novidade gastronômica manauense.
No prato, que serve até seis pessoas, o peixe também conhecido como bacalhau da Amazônia, é aliado ao sabor de ingredientes regionais em uma versão mais sofisticada. O chef e sócio do Restaurante Banzeiro, Felipe Schaedler, é o criador da receita.

Para o chef, o alho, que também é usado na receita, acentua bem o sabor do pirarucu e o azeite extravirgem deixa a carne do peixe mais saborosa. Já a couve se une a farinha de mandioca, resultando em uma farofa de sabor diferenciado.
Ele conta que este prato é uma forma de levar a gastronomia do Amazonas para a ceia de Natal. “Pensei em um prato grande que daria certo para toda a família, assim como é consumido o peru e o bacalhau no Natal, eu quis substituí-los ou complementá-los com um prato que tem como base o pirarucu. Nessa receita utilizo ingredientes bem regionais como palmito de pupunha e a couve, que é muito utilizada em todo o Amazonas”, explicou Felipe Schaedler.
“A farofa é levemente picante porque a couve quando cozida provoca uma picância bem interessante. O palmito de pupunha complementa todo esse sabor, pois tem sabor e textura suaves. A ideia é ter várias texturas em um mesmo prato. Inovar com ingredientes da região é valorizar o que temos na região, também é, sem dúvidas, muito bacana”, destacou o chef Felipe.
Chef Felipe Schaedler é o criador da receita (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Chef Felipe Schaedler é o criador da receita (Foto: Adneison Severiano G1/AM)
Dicas do chef
O chef Felipe Schaedler indica servir o “Pirarucu à moda Banzeiro” acompanhado com arroz branco. Ele indica ainda o vatapá, que também é tradicionalmente servido na ceia de Natal amazonense, como acompanhamento do prato.
A outra dica dada pelo chef envolve a preparação da farofa, que pode utilizar couve cozida ou refogada. “A couve pode ser colocada em água quente para cozer e retirada depois de murchar, no processo chamado de branquear. Além disso, existe a opção de refogá-la com alho, cebola e manteiga antes de triturar a couve junto com a farinha no liquidificador. Fiz da primeira forma porque o peixe leva alho e queria que ficassem sabores distintos no prato”, revelou.
A folha de bananeira, usada com objetivo de assar o pirarucu sem deixá-lo ressecado, pode ser substituída por papel manteiga ou alumínio. Entretanto, a folha da planta é a mais indicada, pois dá um toque especial ao sabor do peixe amazônico.
                                              Confira o passo a passo da receita                                                                                                                                                                                                
Ingredientes:
- 500 gramas de lombo de pirarucu (fresco);
- Quatro talos de palmito de pupunha;
- 100 gramas de alho bem picado;
- 100 ml de óleo de girassol ou azeite extravirgem;
- 200 gramas de farinha de mandioca branca torrada;
- Uma colher de manteiga com sal;
- Uma folha de bananeira;
- Um maço de couve;
- Sal a gosto;
"Pirarucu à moda Banzeiro" é uma receita de poucos ingredientes (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Pirarucu à moda Banzeiro é uma receita de poucos
ingredientes (Foto: Adneison Severiano G1/AM)
Modo de preparo:
- Primeiro tempere o lombo de pirarucu fresco com sal a gosto. É recomendado colocar bastante sal em todo o peixe para que o lombo do pirarucu, que é grosso, absorva.
Lombo de pirarucu deve ser temperado com sal antes de ser enrolado na folha de bananeira (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Lombo de pirarucu deve ser temperado com sal antes
de ser enrolado na folha de bananeira
(Foto: Adneison Severiano G1/AM)
- Em seguida, enrole o lombo de pirarucu como uma trouxinha na folha de bananeira e amarre com talos da própria folha da planta. As amarrações devem ser três pontos, sendo duas na vertical e uma na horizontal. O lombo do peixe já enrolado deve ser colocado para assar no forno aquecido a 200 graus diretamente em cima da grelha. Não é necessário forma ou assadeira.
Lombo do pirarucu é necessário ser enrolar em folha de bananeira antes de ir ao forno (Foto: Adneison Severiano G1/AM)É necessário enrolar o lombo do pirarucu em
folha de bananeira antes de ir ao forno
(Foto: Adneison Severiano G1/AM)
- A próxima etapa da receita é preparar o palmito de pupunha. Todos os talos devem ser cortados ao meio na vertical. Separe metade de um talo e corte a primeira camada do palmito em tiras finas. Reserve os talos e as tiras.
Todos os talos devem ser cortados ao meio na vertical e uma banda será cortada em tiras finas (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Todos os talos devem ser cortados ao meio na vertical
e uma banda será cortada em tiras finas
(Foto: Adneison Severiano G1/AM)
- Coloque uma panela com água no fogo. Após a água ferver, retire a panela do fogo e coloque as folhas de couve cortadas em tamanho que elas fiquem abertas no recipiente. Cerca de cinco minutos depois, quando já estiverem murchas, retire as folhas da panela. Logo após esfriar, retire os talos mais grossos das folhas, cortando com uma faca.  Depois amasse as folhas com as mãos para eliminar bem toda a água acumulada. Reserve as folhas de couve.
Folhas de couve ficarão cerca de cinco minutos em água quente (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Folhas de couve ficarão cerca de cinco minutos em
água quente (Foto: Adneison Severiano G1/AM)
Elimine água das folhas de couve (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Elimine água das folhas de couve
(Foto: Adneison Severiano G1/AM)
- Em uma frigideira, adicione uma colher de manteiga e 100 ml de óleo de girassol ou azeite. Deixe aquecer em fogo médio. Coloque depois o alho picado e mexa até ele dourar, evitando que o alho queime. Quando o alho fritar, desligue o fogo. Coe o alho com auxílio de uma peneira. Após ser coado ele deve secar sob um guardanapo ou lenço de papel. Reserve o alho.
Mexa e evite que alho queime (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Mexa e evite que o alho queime
(Foto: Adneison Severiano G1/AM)
Após ser frito e coado alho deve secar sob um guardanapo ou lenço de papel (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Após ser frito e coado o alho deve secar sob um
guardanapo ou lenço de papel
(Foto: Adneison Severiano G1/AM
- O óleo utilizado na fritura do alho poderá ser reutilizado para refogar as tirinhas do palmito de pupunha em uma frigideira. Mexa bem para que as tiras não queimem. Retire as tiras de palmito e coloque para secar em guardanapo de papel. Reserve as tirinhas.
Refogue as tirinhas do palmito de pupunha em uma frigideira e depois coloque para secar (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Refogue as tirinhas do palmito de pupunha em
uma frigideira e depois coloque para secar
(Foto: Adneison Severiano G1/AM)
- Para fazer a farofa, coloque 200 gramas de farinha de mandioca branca previamente torrada com uma pitada de sal e as folhas de couve em um liquidificador. Bata até triturar bem os ingredientes e depois reserve a farofa.
Triture a farinha de mandioca e as folhas de couve no liquidificador (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Triture a farinha de mandioca e as folhas de couve
no liquidificador (Foto: Adneison Severiano G1/AM)
Farofa de couve pronta (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Farofa de couve pronta (Foto: Adneison Severiano G1/AM)
- O próximo passo da receita é grelhar o palmito de pupunha. Passe um pouco de manteiga em cada lado do talo e coloque para grelhar em um grill ou chapa. Deixe o palmito grelhando até ficar macio.
Palmito de punha grelhado servirá de base na montagem do prato (Foto: Adneison Severiano G1/AM)Palmito de pupunha grelhado servirá de base na
montagem do prato (Foto: Adneison Severiano G1/AM)
- Por último monte o prato, colocando os talos de palmito grelhados como base do peixe, que ainda deve ficar parcialmente enrolado com a folha de bananeira para decorar. O alho fritado deve ser inserido sob toda a extensão da parte superior do lombo de pirarucu. As tirinhas de palmito e a farofa de couve serão servidas ao lado do peixe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...