sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Suco, uísque e tinta de cabelo lideram top 10 de alta de vendas em mercados

Pesquisa da Apas mostra produtos cujas vendas mais cresceram em 2012.
Entre as maiores quedas estão inseticida, sabão em barra e açúcar.

Darlan Alvarenga Do G1, em São Paulo

O brasileiro está tomando mais suco pronto, bebendo mais uísque importado e tingindo mais os cabelos. Por outro lado, o consumidor está comprando menos inseticida, sabão em barra e açúcar. É o que aponta pesquisa divulgada nesta quinta-feira (7) pela Associação Paulista de Supermercados (Apas).
TOP 10 DE CRESCIMENTO DE VENDAS EM 2012
Suco de frutas prontos 13,5%
Uísque 10,4%
Tintura e rejuvenescedor para cabelos 10,1%
Água mineral 7,5%
Shampoo 5,8%
Salgadinho para aperitivos 4,6%
Pós-shampoo 4,3%
Desodorante 4,3%
Chocolate 4,1%
Iogurte 4,1%
Fonte: Nielsen/Apas
O levantamento feito pelo Instituto Nielsen identificou os produtos cujas vendas mais cresceram e caíram em termos de volume no ano de 2012 nos supermercados do país, no acumulado até o mês de outubro.
No ranking dos 10 produtos de crescimentos, os destaques foram os sucos de frutas prontos para consumo, com alta de 13,5%, uísque (10,4%), tintura e rejuvenescedor para cabelos (10,1%), água mineral (7,5%) e shampoo (5,8%).
No Top 10 de quedas, os destaques foram inseticida (-10,8%), sabão em barra (-9,1%), açúcar (-6,7%), farinha de trigo (-6,5%) e alimentos para cães (-6,0%).
De acordo com o economista Rodrigo Mariano, gerente do departamento de pesquisa da Apas, a pesquisa aponta para um comportamento de qualificação do consumo. "Dentro destas categorias observamos também uma qualificação do produto. Está se vendendo mais suco e não é o suco de saquinho. É o suco pronto, na caixinha", explica.
TOP 10 DE QUEDA DE VENDAS EM 2012
Inseticida -10,8%
Sabão em barra -9,1%
Açúcar -6,7%
Farinha de trigo -6,5%
Alimentos para cães -6%
Sorvete -5,9%
Aguardente de cana -5,8%
Papel higiênico -3,8%
Conhaque -3,7%
Leite condensado -3,5%
Fonte: Nielsen/Apas
"A classe C também passou a consumir mais água mineral e uísque, e do importando. E esse comportamento está ligado à questão da indulgência, ao 'eu posso' consumir e ao 'eu mereço': uma tintura ou rejuvenescedor para o cabelo, um chocolate para o fim do dia ou um uísque para o fim de semana", diz Mariano.
Alta de 6% nas vendas em 2012
Pelas projeções da Apas, as vendas dos supermercados paulistas devem fechar o ano com crescimento de 6% na comparação anual. Em 2011, o setor faturou R$ 68 bilhões, o equivalente a 30% de todas as vendas dos supermercados do país.
Para 2013, a projeção é de crescimento de 5%. A entidade espera, ainda, que o faturamento no Estado atinja a marca de R$ 74 bilhões.
Entre janeiro e outubro, as vendas dos supermercados paulistas cresceram 3,19% sobre o mesmo período de 2011, considerando todas as lojas. No quesito mesmas lojas, o avanço foi de 5,89%

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BRASIL - Sem choro ou lamentações. Temos problemas maiores e reais para resolver

  Por Arnold Coelho Jornalista MTB 6446/BA O Brasil dos jogadores milionários, das dancinhas ensaiadas, das firulas e as festanças com muito...