EM CASA

EM CASA

DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

sábado, 15 de dezembro de 2012

Nelson Mandela passa por cirurgia para retirada de pedras na vesícula

Ex-presidente sul-africano foi submetido a procedimento neste sábado (15).
'Madiba', de 94 anos, está internado há uma semana por infecção pulmonar.

Do G1, com agências internacionais*

Um comunicado emitido pelo governo da África do Sul neste sábado (15) informa que o ex-presidente Nelson Mandela, de 94 anos, passou por uma cirurgia para retirada de pedras na vesícula.
O procedimento foi feito por meio de endoscopia e foi bem sucedido. “Madiba”, apelido pelo qual Mandela é carinhosamente chamado no país, agora está se recuperando, de acordo com o comunicado oficial.
"O ex-presidente foi submetido a um procedimento via endoscopia para ter as pedras na vesícula removidas. O procedimento foi um sucesso, e Madiba está se recuperando", disse o gabinete do presidente, Jacob Zuma, em comunicado, usando o nome de clã de Mandela.
O ex-presidente sul-africano também está internado há uma semana por causa de uma infecção pulmonar.
O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela em 26 de junho de 2008 em Londres (Foto: AFP) 
O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela em 26 de junho de 2008 em Londres (Foto: AFP)
"Mandela continua no hospital, segue calmo e recebendo tratamento", afirmou o porta-voz da presidência, Mac Maharaj.
Maharaj não comentou os boatos de que o ex-presidente teria sido transferido ao Medi-Clinic Heart Hospital, uma clínica particular na capital, Pretória. Também não confirmou se ele permanece no One Military, o principal hospital militar do país, onde inicialmente era atendido.
O prêmio Nobel da Paz, que governou o país na transição para a democracia a partir de 1994, foi levado de sua casa em Qunu para Pretória em 8 de dezembro.

Exames revelaram a recorrência de uma infecção pulmonar e que ele desenvolveu pedras na vesícula, informou o governo em comunicado.
Mandela tem um longo histórico de problemas pulmonares. Ele contraiu tuberculose quando ainda estava na prisão.
Em janeiro de 2011, Mandela provocou inquietação depois de ser hospitalizado com uma infecção respiratória aguda.
Já em 1988, Mandela foi internado em um hospital quando sofria uma forte tosse contraída na úmida cela na qual estava preso. Na época tinha tuberculose e os médicos drenaram seus dois pulmões, retirando dois litros de líquido.
  •  
Sul-africana ora em intenção do ex-presidente Nelson Mandela nesta terça-feira (11) em Soweto (Foto: AP) 
Sul-africana ora em intenção do ex-presidente Nelson Mandela nesta terça-feira (11) em Soweto (Foto: AP)
Naquela oportunidade, Mandela permaneceu por seis semanas no hospital, antes de ser transferido, convalescente, a uma clínica localizada mais perto da prisão. Ali, foi o primeiro paciente negro internado no estabelecimento.
Em 2001, o ex-presidente realizou radioterapia por um câncer de próstata. No ano seguinte, Mandela declarou à imprensa que estava curado desta doença.
Os anos de trabalhos forçados nos canteiros de pedra calcária de Robben Island, onde esteve preso, também danificaram suas glândulas lacrimais.
Mandela se retirou progressivamente da vida pública depois de terminar seu único mandato, em 1999. A última aparição do primeiro presidente negro da África do Sulx foi em 2010, na Copa do Mundo organizada por seu país.
Atualmente, vive em Quni, o povoado de sua infância, na província rural de Cabo Oriental (sul).
* Com informações da Reuters e da AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...