EM CASA

EM CASA

DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Tire dúvidas sobre a preparação para os concursos da Petrobras

Lia Salgado responde a perguntas de internautas em vídeo.
Especialista também fala sobre deixar o emprego para apenas estudar.

Do G1, em São Paulo

Na coluna de vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado* responde a dúvidas dos internautas sobre preparação para concursos da Petrobras e suas subsidiárias, como a Transpetro e a BR Distribuidora.
Assista ao vídeo ao lado
Apesar de não existirem concursos da estatal em andamento, a especialista destaca que os candidatos já devem começar sua preparação antes da publicação do edital.
Mande dúvidas sobre concursos no espaço para comentários; perguntas selecionadas serão respondidas em coluna quinzenal
Sou estudante de engenharia de produção me formo em 2014. A Petrobras tem realizado concursos nessa área nos últimos três anos com o mesmo conteúdo programático. Vale a pena me preparar para um concurso que eu nem sei se vai sair? Em 2015 haverá menos ou nenhuma vaga em concursos da Petrobras?", pergunta a internauta Kellen Cristina Pereira.

Segundo Lia, a área de petróleo e gás deve continuar em expansão e os concursos continuarão acontecendo. "Além da Petrobras, temos todas as subsidiárias como a Transpetro e BR Distribuidora. São várias empresas do grupo que fazem concursos com editais muito parecidos."
A especialista lembra que os concursos costumam ser realizados pela Cesgranrio e que os conteúdos programáticos também são muito parecidos. As disciplinas que normalmente são cobradas são português, inglês e informática, que são as matérias eliminatórias, além das específicas, que são ministradas na faculdade, e vão determinar a classificação da internauta no concurso.

Lia indica que a internauta comece sua preparação agora para que ela consiga sua aprovação assim que se formar na faculdade. 

Dicas de estudoO internauta Wasley Matias cursa  engenharia civil e vai tentar o concurso da Petrobras. "Fiz uma seleção de assuntos cobrados e relacionei com a grade curricular do meu curso para estudar mais a fundo essas disciplinas. Gostaria de uma sugestão ou orientação para estudar."
Para Lia, Matias deve priorizar as disciplinas que são cobradas na faculdade e no concurso. Na grade de horário semanal, cada disciplina que for incluída na faculdade e que também for cobrada no concurso, o internauta deve dedicar um maior tempo de estudo, sem descuidar das outras matérias da faculdade. "A diferença é que as matérias que vão cair no concurso nunca mais vão sair da sua grade de estudo, você só vai incluindo novas disciplinas conforme elas são dadas na faculdade. As outras [que são só do curso] vão ser substituídas a cada semestre".
"Você vai garantir excelentes notas nas matérias que são comuns, cuidando das outras disciplinas, e quando você estiver com o seu diploma na mão, já estará pronto para ser aprovado", ressalta Lia.

Dedicação exclusivaO internauta Delano Soares está planejando deixar o trabalho para se dedicar aos estudos por três anos e quer saber se vale a pena focar apenas no próximo concurso da Petrobras. "É melhor dar um passo pra trás, mirando dois pra frente ou ficar parado a espera de um milagre?”, questiona Soares.
O importante, seja qual for a sua decisão, é tomar com confiança e se houver um contratempo ou uma reprovação faz parte da vida de quem faz concurso público. É só você seguir estudando, se qualificar, até conquistar o que você deseja"
Lia Salgado
"Se você tem como se manter por três anos somente estudando é uma decisão razoável e sensata, porque esse é um tempo possível para a pessoa ser aprovada em concurso para formação específica. É bastante comum a pessoa ser aprovada na faixa de 1 a 2 anos", afirma Lia.
A especialista ressalta que se o internauta não passar no primeiro concurso, ele não deve ficar aguardando a próxima seleção por um ano, já que existem oportunidades nas subsidiárias da Petrobras. Ela também indica o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que oferece excelente remuneração.

"O importante, seja qual for a sua decisão, é tomar com confiança e se houver um contratempo ou uma reprovação faz parte da vida de quem faz concurso público. É só você seguir estudando, se qualificar, até conquistar o que você deseja", reitera.
*Lia Salgado, colunista do G1, é fiscal de rendas do município do Rio de Janeiro, consultora em concursos públicos e autora do livro “Como vencer a maratona dos concursos públicos”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...