CÂMARA DE IBICARAÍ

CÂMARA DE IBICARAÍ

sábado, 9 de abril de 2011

O Jornal A Notícia entrevistou o vereador José Alves de Souza que é o Presidente da Câmara Municipal de Ibicaraí na Bahia.


Texto: Antonio Carlos
 
“A política
sempre esteve
no meu sangue desde adolescente”


Natural de Iguatú-CE, José Alves de Souza, o popular Louro, esteve sempre ligado ás questões sociais desde a sua infância em terras cearenses, mantendo essa linha de atuação desde a sua chegada ao solo ibicaraiense nos idos de 1976. Sua atuação no campo social do município, onde atuou durante anos na área comercial,  levou-o ao mundo político onde no ano de 2000 candidatou-se à vereador pela primeira vez em Ibicaraí, tendo sido eleito pelo voto popular. Na atual legislatura, dobrou sua votação anterior e credenciou-se a um dos mais atuantes Vereadores do município, culminando com a sua eleição para presidência da Câmara com o apoio da maioria dos colegas.


A Notícia: Há  quanto tempo o Sr. está na política?
Louro: A política sempre esteve no meu sangue desde adolescente, quando percebi a necessidade de lutar pelos menos favorecidos em minha terra. Hoje, em Ibicaraí, procuro cumprir o meu mandato com amor e dedicação para com o próximo, especialmente os menos favorecidos.

A Notícia: Quantos mandatos como Vereador?
Louro: Exerço com o apoio dos ibicaraienses o meu 2º mandato como Vereador.

A Notícia: Como o Sr. encontrou a Presidência da Câmara de Vereadores?
Louro: O ano de 2010 foi atípico para todas as Câmaras do País e Ibicaraí não fugiu à regra. Nossa Casa teve o decréscimo de seu duodécimo no valor mensal de aproximadamente R$ 20.000,00 (vinte mil reais), e isso prejudicou sobremaneira a administração do colega Valtaire, que havia feito um planejamento administrativo/financeiro para sua gestão e não teve condições de cumprir com todos os compromissos da Casa.

A Notícia: Pretende dar continuidade aos projetos da gestão passada?
Louro: Quando se assume uma administração do Poder Legislativo, inicialmente deve-se fazer um diagnóstico da situação ora encontrada para então, planejar as ações para o mandato. No caso de nossa Casa de Leis, tivemos diversos avanços na gestão do colega Valtaire, tanto no que se refere ao trabalho do legislador,  como no campo da gestão administrativa nas ações do dia a dia da Casa.

A Notícia: Existem muitos projetos em trâmite no Legislativo Municipal?
Louro: No campo legislativo, esta Casa já apreciou até o momento 04 (quatro) Projetos de Lei, sendo que dois deles foram de vital importância para os servidores da saúde e da educação do município. Foram aprovados em regime de urgência reajustes nos salários dos professores e agentes comunitários de saúde, os quais lotaram o plenário da Casa ansiosos pelo resultado. No âmbito administrativo, já implementamos algumas alterações como a aquisição de um PABX com o intuito de facilitar o trabalho interno dos servidores com a disponibilização de uma telefonista. Nos próximos dias estaremos disponibilizando ao povo a nossa nova página na internet, onde a população encontrará diversas informações a respeito do Poder Legislativo, terá acesso às Leis Municipais, à Lei Orgânica do Município e ao Regimento Interno da Casa, devidamente atualizados, de forma a tornar possível o acesso de todos à informação.

A Notícia: O último Presidente criou a Câmara Itinerante, a Sr. dará continuidade a esse projeto?
Louro: Sem dúvida. O Projeto Câmara Itinerante foi lançado na gestão do ex-presidente Givanilson Francisco (Van) com o intuito de aproximar a Câmara das pessoas e ouvir suas reivindicações para levá-las ao conhecimento do Poder Executivo, buscando a tomada de providências. Não tenho o mínimo problema em dar continuidade àquilo que acredito ser bom para as pessoas.

A Notícia: As questões relacionadas com o meio ambiente estão na moda. Em Ibicaraí existe um movimento para preservação e manutenção das nascentes do Ribeirão do Córrego. É de responsabilidade do Legislativo criar leis que proteja as nascentes. O que o Sr. tem a dizer sobre a água do nosso Município?
Louro: Cuidar do Meio Ambiente é defender a vida. Essa Casa foi palco de grandes discussões sobre o tema desde o início da década passada, com a realização de grandes eventos relacionados à área. Como conseqüência disso, foi criado no Município o Código Municipal de Meio Ambiente, uma lei votada pela Câmara com o fito de preservar as nossas nascentes e as nossas florestas do desmatamento indiscriminado que está ocorrendo no Município. Acredito ter sido uma das melhores Leis que fizemos na Casa. De outro lado, a água do nosso município tem sido bem gerida pelo SAAE que tem se esforçado para resolver os problemas do abastecimento de água com a qualidade desejada pelos munícipes.

A Notícia: O Sr. como Presidente começou julgando as contas da ex-prefeita que não foram aprovadas. Qual o motivo da não aprovação das contas?
Louro: Como ser humano, Vereador e Presidente da Casa, devo  proceder com equilíbrio e imparcialidade na direção dos trabalhos da Casa, sem agir contra quem quer que seja. Tenho muito respeito e admiração pelos ex-gestores que passaram pelo Município e aqui deixaram sua contribuição. As contas do Município referentes ao exercício de 2008 foram recebidas pela casa no mês de outubro do ano passado e o ex-presidente Valtaire cumpriu com o estabelecido no Regimento Interno e na Lei Orgânica do Município quando despachou o processo para as Comissões competentes elaborarem seus pareceres. A Câmara notificou a ex-prefeita Monalisa Tavares para que apresentasse sua defesa, o que foi feito. Recebida a defesa, o processo foi novamente encaminhado para as comissões que formaram juízo pela manutenção do Parecer do Tribunal de Contas dos Municípios, pela rejeição das referidas contas. O referido Parecer exarado das Comissões foi aprovado por 7 votos contra 2 e assim se decidiu pela manutenção do resultado inicial, pelo fato de não existirem fatos novos devidamente documentados que justificassem uma votação contrária.

A Notícia: O que a população pode esperar da sua administração à frente do legislativo municipal?
Louro: Acredito ser normal algumas pessoas desacreditarem dos nossos compromissos para com o povo, pois isso faz parte do jogo político e a alguém deve interessar o nosso enfraquecimento. Da minha parte, devo dizer que não abrirei mão das minhas convicções de fazer sempre a coisa certa em favor do nosso povo e isso tem sido bem entendido pela população que, a cada semana, tem lotado as dependências da Câmara para assistir as nossas sessões e acompanhar os nossos trabalhos.

A Notícia: Deixe uma mensagem ao Povo de Ibicaraí.
Louro: Inicialmente, quero agradecer ao Jornal A Notícia pelo espaço concedido para que pudéssemos expor as nossas idéias e ações á frente dos trabalhos da Câmara. Quero deixar claro que não faço nada aqui sozinho. As minhas ações tem sido discutidas com meus pares que sempre me aconselham a tomar a decisão certa. Conto com uma gama de servidores preparados e que nos dão um suporte para que possamos fazer de Ibicaraí uma cidade onde todos tenham as mesmas oportunidades. Assim, peço a todos um voto de confiança nesta Casa, pois tenho plena convicção do comprometimento de cada vereador com as causas nobres de interesse do nosso povo. Muito Obrigado!

Fonte: Jornal a Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sessão da Câmara de Ibicaraí tem palestra da PM sobre implantação de serviço de monitoramento

  Texto e fotos: Ascom Câmara de Vereadores de Ibicaraí A décima segunda sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Ibicaraí aconteceu na n...