CÂMARA DE IBICARAÍ

CÂMARA DE IBICARAÍ

sábado, 9 de abril de 2011

AS MAGELAS NA SAÚDE CONTINUAM COM GERALDO MAGELA

O tempo tem derrubado o “castelo de areia” a que se submeteu o atual secretário de Saúde de Itabuna, Geraldo Magela, que veio de mal logrado e praticamente escurraçado de Teixeira de Freitas. Quando ele assumiu a secretaria, substituindo Antonio Vieira no início deste ano, se comprometeu a solucionar os problemas do setor. Garantiu que faria isto em 60 dias. Não cumpriu e nem deu sinais de que o fará. Tudo continua como antes. Os postos médicos permanecem sem médicos e sem medicamentos. A estrutura e os equipamentos estão sucateados. O Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães está tão enfermo quanto há anos atrás. O HBLEM não tem cara e nem estrutura de um hospital que não pareça um matadouro. Pacientes estão morrendo por falta de aparelho de respiração artificial, cujo preço é inferior ao salário mensal de um diretor. Serviços de Urologia e Odontologia, que foram ótimas referências de Saúde Pública em Itabuna, praticamente inexistem atualmente. Geraldo Magela não consegue fazer nada de diferente, ou menos ruim, do que estava sendo realizado por seu inábil antecessor. E quem sofre as trágicas conseqüências desse descalabro administrativo, é a população que necessita de médicos, medicamentos, exames, consultas e demais atendimentos no setor público de saúde em Itabuna. A administração de Geraldo Magela está um inferno para quem está doente. TROCOU-SE SEIS POR MEIA DÚZIA - As causas dessa situação, está no fato de Geraldo Magela ser “a trigésima quinta pessoas depois de ninguém” no comando da secretaria. As finanças estão sob determinação de Geraldo Pedrassoli; as ordens de mudança de equipe e recuperação de infra-estrutura quem dá é Maurício Athaíde e ninguém foi mudado de direção e coordenação na secretaria. Time ruim nenhum é campeão com mudança apenas do técnico. E todos que empurraram Antonio Vieira para o precipício de uma péssima gestão, prosseguem com suas deficiências técnicas, administrativas e de relações humanas, consolidando a secretaria de saúde da prefeitura de Itabuna, como a mais fidedigna alusão de desastre em gestão pública. Antonio Vieira foi um péssimo secretário. Mas, pelo menos era daqui de Itabuna. Vota em Itabuna. Nunca foi acusado de roubo de dinheiro público. Infelizmente, não podemos dizer o mesmo sobre Geraldo Magela 
 
Fonte: www.valcabral.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BAHIA - Chocolate Festival Bahia 2024 destaca a excelência dos chocolates da agricultura familiar

Fotos: André Fofano ( Chocolate Bahia Cacau )Divulgação-Natucoa A agricultura familiar ganha destaque na 38ª edição do Chocolat Festival Bah...