EM CASA

EM CASA

DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

segunda-feira, 30 de maio de 2016

A arte flui do improvável, nascendo de velhos pneus e se moldando pelos cantos da cidade




Texto: Arnold Coelho - Fotos: Blog do ABN e Waldyr Montenegro

O artista não escolhe data nem local para nascer, simplesmente nasce, brotando em um canto qualquer desse nosso inexplicável planeta e com a sua arte (muitas vezes oculta), que surge da necessidade e do meio em que vive, afinal o homem é produto desse meio. E mesmo o lixo sendo o centro dessa história, tudo vira arte nas mãos do artista.

O gari contratado da Prefeitura Municipal de Ibicaraí, Adeilton Silva de França, ou Del, é um exemplo claro que a arte e o artista não escolhem lugar para nascer e muito menos condição social. Del concilia o seu trabalho de gari para extrair do improvável - o lixo - a sua matéria-prima para transformar em arte locais antes perdidos pelo lixo e o descaso de todos. O que antes era um local de desprezo e abandono vira atração e admiração de quem passa pelo lugar recuperado pelo artista.

Tudo começou pelo bairro Duque de Caxias (bairro onde mora), mais propriamente em uma praça na entrada da localidade, e que vivia abandonada, servindo de local para pastagem de animais. Del então resolveu iniciar (por conta própria) a recuperação da praça. Ele quis extrair do lixo e dos pneus velhos - que ficavam no local - a sua arte. Com uma criatividade natural de todo artista Del fez dos pneus velhos diversas formas, como cisnes, araras, cobras, tucanos, sapos, jacarés, elefantes, além de jardineiras e bancos e transformou uma praça abandonada em um local de visitação.  

Vale ressaltar que o gari artista usou os seus momentos de folga para fazer a praça no bairro Duque de Caxias, sem nenhuma remuneração, e ainda cuida das plantas, irrigando e adubando tudo, para manter o local vivo, além da pintura nos diversos pneus velhos que ele usa na composição da sua arte.

O projeto deu tão certo que pessoas já procuram o artista para recuperar pontos pela cidade que antes só serviam para depósito de lixo. Exemplo disso foi um ponto de lixo na BR-415, próximo a Distribuidora de Gás Brasilgás. O local serviu - durante anos - de depósito de lixo a céu aberto, de parte da população dos bairros Novo e Mutirão. Del, a pedido do chefe do Departamento de Limpeza da prefeitura, Antônio Estrela, transformou em alguns dias o que era depósíto de lixo em um lindo canteiro com animais e jardineiras extraídos de velhos pneus. Segundo Antonio Estrela, Del, por ser servidor público municipal para o serviço de gari e durante os dias trabalhados na confecção e montagem do canteiro na BR não trabalha na coleta do lixo. "Estamos pensando em recuperar outros pontos na cidade e pretendemos ficar com Del só na recuperação dessas áreas críticas, onde as pessoas colocam lixo de forma irresponsável", disse Estrela.

A história da humanidade mostra que a genialidade do artísta na maioria das vezes só é verdadeiramente reconhecida pelas gerações seguintes. Isso não é uma afirmação de que estamos diante de um gênio (longe disso), mas, o fato é que os pneus velhos sempre estiveram jogados pelos quatro cantos da cidade sem nenhuma utilidade. Del conseguiu enxergar arte nesses pneus e está mudando o visual da nossa cidade.

Que esse Garí Artista possa continuar embelezando nossa querida Ibicaraí, transformando cantos perdidos pela cidade e depósitos naturais de lixo em obras de arte e locais de visitação. E que o poder público municipal, o empresariado local e a sociedade civil organizada possam contratar esse e outros artistas com ideias baratas e critivas que ajudem a melhorar a vida dos moradores locais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...