terça-feira, 22 de maio de 2012

Por causa da chuva, moradores de Salvador precisam de ajuda de bote

Defesa Civil registrou 401 solicitações de emergência nesta segunda-feira.
Chove desde a quinta-feira (17) na capital baiana e região metropolitana.

Do G1 BA, com informações da TV BA
Comente agora

Por causa da forte chuva que atinge Salvador desde a quinta-feira (17), moradores de um condomínio do bairro de Piatã só puderam sair de bote do local nesta segunda-feira (21). A água passava do joelho das pessoas e, segundo moradores, atingiu várias casas. Alguns carros tiveram que ser retirados com reboque.

Até às 18h11 desta segunda a Defesa Civil da cidade (Codesal) recebeu 401 solicitações de emergência, entre eles, 41 alagamentos de área, 12 árvores caídas, cinco desabamentos de imóveis, oito desabamentos de muro, nove desabamentos parciais, 181 deslizamentos de terra, e uma pista rompida.
Durante todo o dia, a população de Salvador e região metropolitana, sofreu com os prejuízos. Na BR-324, perto do Porto Seco Pirajá, a pista lateral virou um rio de água barrenta. Um motorista saiu do carro e acabou caindo em um buraco. Na pista que liga Camaçari ao Pólo Petroquímico, na região metropolitana, uma carreta ficou atravessada depois que o motorista perdeu o controle do veículo. Uma das entradas da cidade ficou alagada.

No bairro de São Marcos, em Salvador, duas casas foram invadidas pelo barro depois que um barranco deslizou. Quatro pessoas que estavam nos imóveis escaparam sem ferimentos. A diarista Cristiane Correia, que morava em uma das casas atingidas afirma que teve prejuízos com o incidente. "Eu perdi armário, fogão, geladeira, micro-ondas. Perdi tudo que estava na cozinha", disse.

Desabamento
Parte do terceiro andar de um edifício desabou na manhã desta segunda-feira (21), na rua José Joaquim Seabra, na Baixa dos Sapateiros, em Salvador. Segundo as informações do 18º Batalhão de Polícia Militar, que atende a região, o acidente não deixou vítimas, mas por conta da queda do entulho na via, o trânsito teve de ser interditado no sentido centro da cidade.
Policiais fizeram um retorno com direção ao Aquidabã e a Transalvador orienta que os condutores evitem transitar pela região durante a manhã desta segunda.
No Jardim Santo Inácio um imóvel desabou. Destroços atingiram uma casa ao lado onde estavam uma senhora de 67 anos e dois netos, de nove e dez anos. Os três ficaram feridos sem gravidade. No Jardim Campo Verde, próximo à estrada Cia-Aeroporto, a enxurrada abriu crateras no meio da rua e alagou várias casas.
Na região da Avenida Paralela, bombeiros tiveram trabalho para resgatar cavalos que estavam em uma área inundada. No bairro da Federação, árvores caídas e cavalos na pista levaram perigo para os motoristas. Em Brotas, uma árvore caiu sobre cinco carros. Não houve feridos.
A chuva deu uma trégua na tarde desta segunda-feira em Salvador, mas voltou a cair no início da noite. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre esta segunda-feira (21) e a terça-feira (22), o tempo na capital baiana e região metropolitana, deve permanecer nublado com pancadas de chuva. A temperatura deve variar de 21ºC a 25º.

Em casos de emergência, a população deve acionar a Codesal, através do telefone 199. A ligação é gratuita. Os casos de falta de energia podem ser comunicados à Companhia de Eletricidade pelo telefone 0800 071 0800; pelo envio de SMS para 27308, informando o número do contrato, e através da internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BARRO PRETO: Secretaria de Assistência Social agradece a mobilização da cidade

ASCOM Barro Preto  Diante das fortes chuvas que atingiram a região na última semana, Barro Preto foi um dos municípios mais atingidos, sofre...