terça-feira, 15 de maio de 2012

Justiça cancela micareta de Ubatã

Justiça cancela micareta de Ubatã
Prefeitura deve a Embasa, Coelba e não pagou salários dos servidores
Quem se programou para ir atrás do trio elétrico neste final de semana, na micareta de Ubatã, terá que procurar outra cidade. O juiz titular da comarca do município do sul baiano, Carlos Antônio Maldonado Bertacco, acatou, nesta terça- feira (15), uma ação  impetrada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) e cancelou a festa, que custaria aos cofres públicos quase R$ 700 mil. No processo, o promotor de Justiça de Ubatã, Iury Lopes de Melo, alega que antes de torrar dinheiro público com festejos, a administração municipal deve regularizar o pagamento de débitos com a Coelba e a Embasa, além de promover melhorias, atualmente necessárias, no hospital público local, bem como quitar os salários atrasados de servidores contratados. À decisão cabe recurso. De acordo com o site Ubatã Notícias, o prefeito Edson Neves (PSD) já tinha autorizado a montagem de camarotes, stands, banheiros químicos e toda a estrutura do carnaval fora de época no centro da cidade.
 
 
Fonte: Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenbahia eleva limite de crédito de taxistas para até R$ 60 mil

  Secom    - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia     Taxistas baianos podem acessar até R$ 60 mil para a compra de veículos ...