sexta-feira, 21 de novembro de 2014

União suspende 3.279 aposentadorias e pensões de servidores que não se recadastraram

Djalma Oliveira

Tamanho do texto A A A
Número de benefícios suspensos chegou a 15 mil, segundo Ana Lucia Amorim de Brito Foto: Divulgação
A União suspendeu 3.279 benefícios de servidores federais aposentados e pensionistas que não fizeram o recadastramento dentro do prazo estipulado pelo governo. Segundo a secretária de Gestão Pública do Ministério do Planejamento, Ana Lucia Amorim de Brito, o número se refere aos primeiros 12 meses da atualização cadastral de inativos e pensionistas da União, entre março de 2013 e março deste ano. Do total de benefícios suspensos, 840 são de moradores do Estado do Rio.
Ao longo do recadastramento, o número de benefícios suspensos chegou a cerca de 15 mil. Mas a maioria desses inativos e pensionistas foi aos bancos, regularizou a situação e voltou a receber normalmente. Isso ainda é possível para quem está sem o pagamento. O censo é feito anualmente pelo governo federal, sempre no mês de aniversário do servidor.
Para fazer o recadastramento, é preciso ir a uma agência da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil ou do Banco de Brasília e apresentar um documento de identidade com foto e o CPF. O Rio é o estado com o maior número de servidores federais inativos e pensionistas: 209.582, de acordo com dados fornecidos pelo Ministério do Planejamento.
Acompanhe o noticiário de servidor pelo Twitter @AnoteePoupe



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenbahia eleva limite de crédito de taxistas para até R$ 60 mil

  Secom    - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia     Taxistas baianos podem acessar até R$ 60 mil para a compra de veículos ...