sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Sem portas e banheiro, moradores ocupam casas em construção na BA

lias de Ilhéus invadiram imóveis em obras do Governo Federal.

Inscritos em programa, eles desistiram de esperar conclusão de residências.

Do G1 BA com informaçõe da TV Santa Cruz
Imóveis do programa de habitação do Governo Federal, em Ilhéus, no sul da Bahia, foram invadidos por centenas de famílias antes das obras serem concluídas. Alguns moradores viviam em um manguezal e afirmam que estavam inscritos no programa Minha Casa Minha Vida, mas como a construção das casas estava parada, ele decidiram se mudar para as residências.
Os moradores ocupam as residências há dois meses e alguns vivem em casas sem portas e banheiros. Eles tiveram que improvisar uma rede de água e energia no local. "A gente vem fazendo mutirões para melhorar a situação dessas pessoas aqui presentes, que são necessitadas. Nos finais de semana, no sábado e no domingo, a gente vem pintando as ruas", afirma Abel Santana, presidente da Associação de Moradores.
"Se for para pagar, nós pagamos. O que não pode é vivermos em área de risco e aqui há muito tempo fechado, sem ter ninguém para tomar uma atitude", reclama a dona de casa Rosimeire Souza. "Esperei, esperei, não resolveram. E cá eu me preocupando com criança. Então eu tive essa oportunidade e estou aqui também", completou a também dona de casa Jéssica Leoncio.
Segundo a Prefeitura de Ilhéus, as obras não podem ser retomadas até que a Justiça avalie o pedido de reintegração de posse feito pelo município. "A Caixa Econômica coloca como condição para que a licitação seja autorizada, a desocupação de todas as casas para o término da obra", relata o secretário de administração de Ilhéus, Ricardo Machado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BARRO PRETO: Prefeito Juraci da Saúde tem Contas de 2021 aprovadas pelo TCM.

  ASCOM Barro Preto  Hoje é um dia de muita felicidade não só para minha pessoa como gestor, mas para todo o município de Barro Preto.  Rece...