segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Quatro pessoas são presas durante ocupação da Rocinha neste domingo

Foram apreendidos ainda 38 armas, munições e drogas e equipamentos
Sérgio Vieria / do R7
Ocupação
Bandeiras do Brasil e do Rio são hasteadas como forma de sucesso na operação

Publicidade
A Secretaria de Estado de Segurança divulgou no final de tarde deste domingo (13) o balanço parcial de todo material apreendido durante a ocupação nas favelas da Rocinha e Vidigal, na zona sul do Rio.
Veja as fotos da ocupação
Assista aos vídeos da ocupação da Rocinha
Saiba como foi a ocupação da Rocinha e do Vidigal neste domingo
Segundo a secretaria, foram presas quatro pessoas e 15 fuzis apreendidos, além de 20 pistolas, uma submetralhadora, duas espingardas, 20 rojões, três granadas, aproximadamente 16 mil munições para diversos calibres, sete lunetas, 158 carregadores de armas e fuzis.
Foram apreendidos ainda 112 kg de maconha, 80 tabletes e 145 trouxinhas da mesma droga, 60 kg de pasta base de cocaína e 14 tabletes de cocaína refinada.
Outras apreensões: Durante a ocupação nas comunidades da Rocinha e Vidigal, os policiais apreenderam também 17 máquinas caça-níqueis, uma pistola desmontada, uma réplica de pistola, um notebook, um Ipod, uma câmera digital, 61 bombas artesanais, dois rádios transmissores, uma barraca de camping, uma capa de colete, duas gandolas, uma farda do Exército, uma camisa da Polícia Civil, material hospitalar. Duas centrais clandestinas de TV a cabo foram fechadas.
A ocupação:
A operação de ocupação da Rocinha e do Vidigal começou às 2h30 deste domingo (13), quando as vias no entorno das duas comunidades foram fechadas ao trânsito e policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e Batalhão de Choque se posicionaram nos principais acessos. Às 4h10, 400 agentes entraram nas favelas. Os policiais subiram a Rocinha com o apoio de sete blindados da Marinha, Caveirões e helicópteros. Menos de duas horas depois, o chefe do Estado-Maior da Polícia Militar, coronel Pinheiro Neto, informou que Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu, vizinha às duas comunidades, estavam totalmente ocupadas. Não foi necessário disparar um único tiro. Traficantes chegaram a jogar óleo nas principais ruas para impedir o avanço dos policiais. Mas tanto os blindados da Marinha, que se deslocam sobre esteiras, como os policiais conseguiram progredir sem dificuldades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BARRO PRETO: Prefeito Juraci da Saúde tem Contas de 2021 aprovadas pelo TCM.

  ASCOM Barro Preto  Hoje é um dia de muita felicidade não só para minha pessoa como gestor, mas para todo o município de Barro Preto.  Rece...