EM CASA

EM CASA

DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Hospital de Ibicaraí melhora atendimento e cria cartilha para acompanhantes e visitantes

 
Debora Habib diretora administrativa do Hospital Arlete Marom de Magalhães

 Texto: Arnold Coelho – Fotos: Antonio Lima

 Atender bem é um princípio básico em qualquer instituição de saúde. É fato que em saúde a prevenção é quase tão importante quanto o tratamento médico. Os países de primeiro mundo investem muito na saúde preventiva e os números comprovam que prevenir é melhor que remediar. A atenção e orientação inicial dada por um profissional de saúde ao cidadão muitas vezes reduz em muito o tempo do tratamento ou até mesmo na escolha do médico especialista.
Foi pensando em uma saúde preventiva, que a atual gestão, através da Secretaria Municipal de Saúde e seu secretário Pinheiro Farias, vem trabalhando com sua equipe, através de cursos e seminários na qualificação profissional junto ao usuário da saúde local. Um bom exemplo dessa nova política implantada é o excelente trabalho que a diretora do hospital municipal Arlete Maron de Magalhães, Débora Habib, tem feito à frente do HMAMM. Débora cobra diariamente de sua equipe o máximo de atenção e excelência com todos que procuram o hospital. Seja o que procura para uma simples informação ou o paciente que precisa ser atendido ou encaminhado com urgência para um grande centro.
“A atenção dada é o primeiro passo para a solução do problema. Nossa equipe é cobrada diariamente com relação ao bom atendimento. Acabamos de produzir um folder com orientações gerais para os acompanhantes e visitantes do paciente. Chegando ao hospital ele recebe esse pequeno guia de como proceder dentro do hospital. Essa é uma das muitas mudanças implantadas aqui no hospital que tem dado certo”, disse Débora.
De acordo com a diretora do hospital outro exemplo da melhora no atendimento são os números de atendimento e exames feitos no hospital no primeiro semestre de 2015. Entre janeiro e maio desse ano foram 11.319 atendimentos com administração de medicamentos; 8.815 atendimentos clínicos com receita médica; 8.368 aferições de pressão; 2.226 exames laboratoriais; 1.329 testes de glicemia; 1.405 aplicações de nebulização; 902 casos de urgência 24h; 773 casos de ortopedia; 812 casos de curativos; 641 ultrassonografias; 412 Eletrocardiograma (ECG); 381 atendimentos ginecológicos; 314 atendimentos urológicos; 282 casos de psiquiatria; 262 atendimentos pediátricos; 240 atendimentos cardiológicos; além de atendimentos de gastroenterologia; atendimentos geriátricos e nutricionais; pequenas cirurgias; aplicações de gesso e suturas.
“Cursos, capacitações para ACS sobre BCP, combate a endemias e entrega de tablets para os Agentes Comunitários de Saúde são algumas das muitas ações que implantamos para qualificar e capacitar nossa equipe. A busca por melhorias é constante, mas temos avançado”, disse o secretário municipal de Saúde Pinheiro Farias.
"Recebemos um município com uma carência grande de médicos, hospital desaparelhado e os postos de saúde em péssimo estado. Hoje podemos dizer que avançamos, pois construímos três novos postos; reformarmos outros três; reformamos e ampliamos a UBS do Cajueiro Velho; estamos construindo outras quatro novas unidades de Saúde, além da construção do prédio do CRAS e a reforma do antigo Sindicato Rural, que abrigará a Secretaria Municipal de Saúde. Estamos acomodando todas as unidades de saúde em prédios próprios”, disse o prefeito Lenildo Santana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...