EM CASA

EM CASA

terça-feira, 28 de abril de 2015

Carioca faz sucesso na web com receitas para 'marombeiros'

'Vem, monstro', é o bordão mais famoso de Léo Stronda, de 22 anos.

Com pratos à base de whey protein, ele promete transformar 'frangos'.

Cristina Boeckel
Do G1 Rio
Aos 22 anos, o carioca Leonardo Schutz Cardoso é dono de números impressionantes. Com uma carreira quase que exclusivamente calcada na internet, ele ganhou fama com seu nome artístico, Léo Stronda. Cantor do Bonde da Stronda, há um ano ele também apresenta o programa Fábrica de Monstros, que reúne receitas e dicas para quem deseja ganhar músculos à base de muito WHEY PROTEIN – do capuccino ao churros, passando pela fritada. Com mais de 770 mil assinantes, o canal no YouTube tem vídeos que ultrapassam a fronteira do um milhão de visualizações.
Com bordões como "Vem, monstro!" e muitos socos na bancada onde faz receitas com muita proteína, ele promete ajudar a transformar os espectadores "frangos" – como são chamados aqueles que não têm músculos – em homens fortes. Ou melhor, "monstros", como ele mesmo diz.
No vídeo de apresentação do canal, ele é bem claro sobre o que os espectadores podem esperar. "Se vocês acharam que vieram aqui para ver comidinhas gostosas, ‘gourmetzinho’, menininha fazendo coisinha gostosinha porque você está cansado de comer a mesma coisa todo dia, você veio no lugar errado. Aqui é a Fábrica de Monstros e eu vou te transformar em um”.
A história de Léo no mundo do entretenimento começa com o Bonde da Stronda, onde canta ao lado de Diego Raphael Villanueva, o Mr. Thug, seu amigo dos tempos de adolescência. O canal do grupo no You Tube possuía mais de 481 mil assinaturas na última segunda-feira (27). Somente o vídeo da música Mansão Thug Stronda, um dueto com Mr. Catra, contava com mais de 43 milhões de acessos. 
Nunca fui esmirrado, mas era sequinho. E eu tinha este trauma de ser o menor. Eu entrei na musculação por conta disso"
Léo Stronda,
cantor e apresentador
Quase na mesma época do início do grupo, envergonhado por ter um físico franzino, resolveu entrar na musculação. “Eu entrei no mundo da musculação com 14 para 15 anos, quase na mesma época que começou o grupo. Naquela época eu entrei mais por autoestima mesmo. Porque eu era o menorzinho de todos, o mais baixinho, o mais magrinho. Nunca fui esmirrado, mas era sequinho. E eu tinha este trauma de ser o menor. Eu entrei na musculação por conta disso.”
Léo conta que os pais o levaram a profissionais de saúde que o monitoraram no processo de mudança do corpo. Ele começou a exibir a imagem que tem atualmente por volta do quarto ano de dedicação à musculação. As fotos postadas em redes sociais fizeram sucesso e, percebendo que estava conquistando um novo público, lançou a música Bonde da Maromba, onde falava da sua rotina de dedicação ao esporte. O clipe atualmente registra mais de 18 milhões de views.
Léo Stronda começou a praticar musculação porque se achava muito magro. (Foto: Cristina Boeckel/ G1)
Léo Stronda começou a praticar musculação porque se achava muito magro. (Foto: Cristina Boeckel/ G1)Bonde da Maromba
Do sucesso com os “marombeiros”, veio há um ano a estreia como apresentador no canal “Fábrica de Monstros”, voltado para quem deseja AUMENTAR A MASSA MUSCULAR. O canal existe em parceria com uma produtora de vídeo, a Royale, e Léo. Além disso, o canal possui uma loja onde são vendidos produtos relacionados ao fitness, além de canecas, camisetas e até um livro de receitas do programa. De acordo com a produtora, todo o conteúdo veiculado passa por supervisão de NUTRICIONISTAS e médicos. A partir disso, cabe a Léo atrair o público para o conteúdo.

Já o trabalho como estilista da própria grife, a XXT Corporation, começou ainda na adolescência. “Quando eu fiz 16 anos, fui emancipado para poder viajar para fora do país para fazer shows. Já com 17 eu tinha uma cabeça melhor e percebi que a nossa música não ia atingir uma mídia televisiva tão rápido. Então eu procurei outros meios de fazer grana”. Nos últimos anos, o trabalho como estilista teve que ser delegado para outros profissionais, por causa de outros compromissos profissionais.
O canal da Fábrica de Monstros no You Tube possui mais de 770 mil assinantes. (Foto: Cristina Boeckel/ G1)
O canal da Fábrica de Monstros no You Tube
possui mais de 770 mil assinantes.
(Foto: Cristina Boeckel/ G1)
Anderson Barbosa, do Canal do Ander, que existe desde 2012, também é um sucesso neste mesmo mercado. Ele possui mais de 375 mil seguidores no You Tube e 594 mil curtidas no Facebook. Os programas exibem séries para pessoas que possuem um determinado foco específico na academia, como iniciantes, emagrecimento ou GANHAR MASSA MUSCULAR.
Atualmente, ele faz faculdade de Educação Física e conta com a supervisão de profissionais formados em nutrição e educação física para embasar as informações que passa. Ele considera que este os canais ajudaram a popularizar o conhecimento sobre bem estar físico, mas que é preciso ter cuidado porque, com o sucesso, muitas pessoas tentam se aproveitar.
“Antigamente não tinha este conhecimento. Eu mesmo treinava em academia de bairro e as informações eram limitadas. E com estes canais trouxeram a informação à tona. Hoje um iniciante tem mais facilidade para obter um desenvolvimento, mas antes era no escuro. De forma geral, acho positiva. Houve uma explosão do mercado, mas também há informações que são jogadas ao ar, que não são coerentes”.
Ander afirma que o canal de Léo faz sucesso porque acima de tudo, “ele é um artista”. Assim, ele sabe como atrair o público e conta com uma estrutura profissional para isso. “Ele fez um trabalho profissional e já era uma pessoa da mídia. E tem o público dele, que já o acompanhava como cantor. Ele foi ganhando espaço dentro do mercado do bodybuilding.”
Médico pede cautela
Alexandre Carvalho, médico especializado na área esportiva e que atende os atletas da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) e da Federação de Triathlon do estado do Rio de Janeiro(Feterj), acredita que blogs e canais do You Tube voltados para o mercado da boa forma devem ser vistos com cautela, pois cada corpo tem uma necessidade diferente.

“Comida e exercício devem ser individualizados. Quando generalizamos, a chance de erro é enorme. Quando a pessoa é leiga, ela pensa que o mundo é perfeito e aquilo não pode dar errado”, afirma o médico.
Ele alerta ainda não se deve tomar suplementos sem recomendação médica de acordo com as suas necessidades e que há um risco alto de lesões em qualquer treinamento de alto rendimento que não seja supervisionado de acordo com a sua capacidade.
Léo faz receita no canal do You Tube. (Foto: Cristina Boeckel/ G1)Léo faz receita no canal do You Tube. (Foto: Cristina Boeckel/ G1)
Brincadeiras na internet
Com um trabalho que pode ser considerado como diversão por muita gente, Léo é mais sério do que o que os vídeos possam transparecer. A rotina de cerca de 1h30 de exercícios por dia, a alimentação regrada e os compromissos profissionais o fazem usar o tempo livre para descansar com a esposa, com quem está casado há seis meses.

Mesmo com um físico que pode ser considerado como intimidador por muita gente, é no humor que Léo Stronda faz sucesso na internet. Para muitos, ele é o fortão de quem ninguém tem medo de apanhar. Alvo de diversas brincadeiras e paródias, ele jura levar no bom humor as brincadeiras.
Criou-se este Léo Stronda da internet. Eu acho ótimo, porque isso é o que eu sou mesmo. O que eles me veem zoando aqui, eles também ficam instigados a brincar comigo na internet também"
Léo Stronda,
cantor e apresentador
“As pessoas brincam comigo na internet, zoando e tal. Criou-se este Léo Stronda da internet. Eu acho ótimo, porque isso é o que eu sou mesmo. O que eles me veem zoando aqui, eles também ficam instigados a brincar comigo na internet também. E isso é demais, porque a gente consegue ver a aceitação do público nisso. Quando a pessoa não gosta, ela não fala nada. Se ele viu um vídeo e se amarrou, fez print e mandou para os amigos, significa que foi aceito. E para mim é maravilhoso”.
Perguntado se o trabalho o enriqueceu, Léo Stronda prefere não citar valores, mas confessa que o sucesso o permitiu uma vida confortável. “Eu galguei um trabalho que eu gosto de fazer, faço com prazer e deu certo. Não fiz fortuna, mas fiz a minha vida. Saí de uma família humilde e pude dar uma condição muito melhor para a minha família e para mim”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...