Twitter Updates

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Bancários e Fenaban retomam negociações na sexta-feira

Reunião desta quinta-feira foi interrompida perto das 20h.
Bancários querem 12,8% de reajuste; bancos oferecem 8%.

Do G1, com informações da Agência Estado

A reunião entre representantes da Federação Nacional do Bancos (Fenaban) e do Comando Nacional dos Bancários, que começou às 16h desta quinta-feira (13), foi interrompida perto das 20h e será retomada na manhã da sexta, segundo informações da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

Banqueiros e bancários tentam construir uma solução para o reajuste salarial da categoria capaz de pôr fim à greve no setor, que começou no dia 27 de setembro.
Segundo a Contraf, no encontro desta quinta-feira, os bancos apresentaram nova proposta de reajuste de 8,4%, que foi rejeitada pelos dirigentes sindicais.
“A quebra do silêncio dos bancos e a retomada das negociações são passos importantes, mas os bancos perderam uma excelente oportunidade para resolver o impasse da greve. A proposta não avança porque representa somente 0,93% de aumento real, o que é insuficiente, além de não trazer valorização do piso nem melhoria na Participação nos Lucros e Resultados (PLR), não atendendo, assim, às expectativas dos bancários”, disse, em nota, Carlos Cordeiro, presidente da entidade e coordenador do Comando Nacional.
Reivindicações
Os bancários entraram em greve por tempo indeterminado, após a quinta rodada de negociações com a Fenaban, ocorrida no dia 23. A proposta patronal contemplava reajuste de 8% sobre os salários, o que representa aumento real de 0,56%, segundo a Contraf. A reivindicação da categoria é de 12,8% de reajuste, sendo 5% de aumento real.
Os bancários pedem, ainda, valorização do piso, maior Participação nos Lucros e Resultados (PLR), mais contratações, fim da rotatividade, melhoria do atendimento aos clientes, fim das metas abusivas e do assédio moral, mais segurança e igualdade de oportunidades.
Agências fechadasNesta quinta, 9.254 agências e centros administrativos de bancos públicos e privados ficaram fechados em todo o país. O número equivale a 46,1% das 20.073 agências existentes no país.
Segundo a Contrafi, os bancários irão intensificar a greve na sexta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...