Twitter Updates

sexta-feira, 20 de maio de 2022

Vereadores de Ilhéus irão montar comissão para discutir serviços prestados pela Coelba

 


ASCOM Câmara de Vereadores de Ilhéus 

Na última quarta-feira, 18, vereadores de Ilhéus realizaram audiência Pública a fim de debater as irregularidades na prestação do serviço da COELBA em Ilhéus e as constantes interrupções e baixa qualidade destes serviços, como também o alto custo da tarifa. A audiência contou com a participação dos representantes da Concessionária, do Vice-prefeito do município, Bebeto Galvão, e do Deputado Estadual Tum, responsável pela proposição para instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). 

O presidente da Casa Legislativa, Jerbson Moraes, esteve presente na audiência e questionou a Coelba sobre os investimentos realizados no município. “Nos últimos anos Ilhéus cresceu em número de habitação e, com esse aumento, a Coelba obteve lucros, mas os serviços não melhoram. Apesar desse lucro, nós não vemos o investimento na nossa cidade”, declarou o vereador. “Será mesmo que o único investimento feito pela Concessionária foi um escritório onde a população precisa ficar na porta tomando chuva para ser atendida?”, questionou Jerbson.

Por sua vez, o deputado Tum também questionou sobre as realizações da Coelba em Ilhéus e explicou que a discussão não é para penalizar a Coelba, mas para que ela preste o serviço que tem que prestar. “A gente precisa que vocês peguem as demandas que os vereadores e a população possuem e executem, resolvam! Eu não estou aqui para saber o que a Coelba investiu, eu estou aqui para cobrar o que a Coelba não investiu e deveria ter investido”, explicou o deputado. Tum ainda explicou que a CPI irá investigar o contrato que a Coelba possui com o estado da Bahia e exigir que os investimentos sejam aplicados com um trabalho de prevenção e revisão das redes, instalação na Zona urbana e expansão da Zona Rural. 

Para o vereador Gurita, o péssimo serviço prestado pela Coelba afeta diretamente o setor turístico da cidade. “São várias reclamações de empresários desse setor, que passam por muitas situações ruins em seus estabelecimentos por causa dessa Instituição. Qual o turista que vai querer vir para a nossa cidade e sofrer com as quedas de energia durante a sua hospedagem?”, questionou o edil. Já Augustão, destacou a falta da presença da Coelba nas Zonas Rurais do município. “A Coelba tem deixado a desejar aqui na nossa cidade, não somente na sede, mas muito mais na área rural que chega a passar mais de 10 dias sem energia”, chamou atenção o parlamentar. 

O vereador Ivo Evangelista falou sobre a grande quantidade de requerimentos que enviam para a Coelba com pedidos e solicitações da população e não são atendidos. “Há muito tempo a gente vem sofrendo com o serviço que a Coelba vem prestando no nosso município e a gente não quer que a Coelba venha e participe somente da audiência, a gente quer solução dos problemas”. O vereador Kaíque Souza, por sua vez, pediu que a Coelba dê atenção aos pedidos que a população de Ilhéus vem fazendo. “A Coelba sempre exige que a população esteja com a conta quitada todo mês, então a contrapartida precisa vir da concessionária também”, ressaltou. 

A supervisora da Coelba, Adriana Teodoro, explicou que a Coelba vem desde abril de 2021 investindo na melhoria da prestação de serviço no município, principalmente com a mudança estrutural que realizaram. De acordo com a supervisora, entendendo a importância que o município possui, foi instalada no bairro Conquista uma unidade própria de atendimento em Ilhéus, que antes era atendido através da sede que fica localizada em Itabuna. Além da estrutura, Adriana citou que Ilhéus possui também uma gerência centralizada para trazer uma qualidade de atendimento aos clientes de Ilhéus e aproximadamente 400 colaboradores da própria região trabalhando para a concessionária. 

A COELBA apresenta o pior índice de satisfação dos consumidores o estado. Junto com ANEEL, a COELBA está em primeiro lugar nos indicadores de qualidade e em reclamações junto ao PROCON. Segundo justificaram os autores do requerimento, a CPI da Coelba já está em tramite na Alba para dar com urgência uma resposta as omissões da Concessionária, que têm resultado em graves prejuízos à sociedade e economia local, em razão das falhas de planejamento e incapacidade de fornecer os serviços da forma adequada.

A COMISSÃO - Segundo o vereador Luciano Luna, a partir desta primeira audiência, será montada uma comissão que dará continuidade à discussão sobre os serviços prestados pela Coelba. Ao final das audiências, os vereadores irão elaborar um relatório com todos os pontos que foram discutidos nos encontros com representantes de Instituições públicas e privadas, além da sociedade civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...