EM CASA

EM CASA

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Retrato dos Crimes eleitorais


Na foto-legenda da Folha de São Paulo, o hospital leva o nome da mãe do presidente Lula, uma mulher que não fez absolutamente nada de relevante para o país, a não ser parir o filho que hoje comanda a nação. Lá está o Hospital Dona Lindu, tendo ao lado o brazão da República Federativa do Brasil, o que indica a participação do Tesouro Nacional, comandado pelo filho da mãe que dá o nome ao empreendimento. Nas faixas, agradecimentos à força e ao apoio do governador Sérgio Cabral, como se tomar iniciativas em prol da melhoria da saúde não fosse a sua obrigação. Na linha de frente, cabos eleitorais, usando camisetas recebidas graciosamente, com os nomes "Rogério, Lula e Cabral". Oferecer camisetas ou qualquer brinde é rigorosamente proibido pela legislação eleitoral. A foto está recheada de ilegalidades e imoralidades, operada durante o período da pré-campanha. Para o egrégio Tribunal Superior Eleitoral agir, deve ser acionado pelo Ministério Público Eleitoral. Bastaria, no entanto, que folheasse os jornais do dia e ouvisse a indignação dos "5%" que ainda querem a democracia e o estado de direito no país. Do jeito que vai, em breve seremos perseguidos e teremos os nossos sigilos violados. Perderemos os nossos empregos e os nossos negócios. O resto a gente já sabe olhando para Cuba e para a Venezuela.
Fonte: Coturno Noturno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...