EM CASA

EM CASA

quinta-feira, 7 de outubro de 2021

O comércio e seu atendimento

 



Por André Luiz Evangelista Jornalista MTB 6515 /BA


Estamos vivendo dias anormais, onde o comércio de modo em geral tem sofrido e não é pouco, o momento é se adaptar ao novo modo de se viver e negociar (o novo normal).

O momento é de conquistar e cativar novos clientes, não cabe nos dias de hoje amadorismo, quem tá na frente de determinado comércio, não pode em hipótese alguma afugentar o cliente.

Os funcionários das empresas tem que entender que, o cliente bem tratado consome o serviço hora oferecido e volta em uma outra oportunidade, além de propagar a excelência do atendimento. Já o que não foi bem tratado, além da insatisfação, vai sair "pintando negativamente" o ambiente, nunca o funcionário.

O funcionário só vai sentir a consequência,  quando a clientela se afastar e os patrões, forem obrigados a "cortar na própria carne" com as demissões.

É preciso que os atendentes de maneira em geral, entendam que o trabalho que o permite levar o pão para mesa,  tem que ser respeitado. É preciso saber que o patrão só paga o salário porque tem o cliente, e, este precisa ser fidelizado.

Uma regra básica é, quando sair para trabalhar, deixar os problemas pessoais atrás da porta de casa.

Uma dica aos empregadores, invistam mais em seu comércio, principalmente com cursos de Relações Interpessoal, bons funcionários atraem clientes e fidelizam.

É MELHOR PREVENIR DO QUE REMEDIAR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...