DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

IR

IR

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

SAAE

SAAE

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Governador da Carolina do Norte declara emergência em Charlotte

Nova noite de protesto na cidade teve um homem baleado.

Manifestantes protestam contra a morte de um negro por policiais.

Do G1, em São Paulo
Manifestantes e policiais se enfrentam em hotel em Charlotte, na noite de quarta (21), durante protesto pela morte de Keith Lamont Scott (Foto: AP Photo/Chuck Burton)Manifestantes e policiais se enfrentam em Charlotte, na noite de quarta (21), durante protesto pela morte de Keith Lamont Scott (Foto: Chuck Burton / AP Photo)
O governador da Carolina do Norte, Pat McCrory, declarou na madrugada desta quinta-feira (22) estado de emergência, em meio à tensão na cidade de Charlotte, nos Estados Unidos, após confrontos entre policiais e manifestantes que protestaram contra outro episódio de violência policial, depois da morte de um homem negro. Uma pessoa foi baleada durante a confusão. Há feridos e houve depredação durante os protestos.
"Declarei estado de emergência e iniciei esforços para enviar a Guarda Nacional e a Patrulha Rodoviária para ajudar na aplicação da lei em CLT (Charlotte)", tuitou McCrory.
O governador da Carolina do Norte, Pat McCrory, declara estado de emergência (Foto: Reprodução / Twitter / Pat McCrory)O governador da Carolina do Norte, Pat McCrory, declara estado de emergência (Foto: Reprodução / Twitter / Pat McCrory)
Um homem foi baleado na noite de quarta (21) durante protestos em Charlotte. Centenas de manifestantes saíram às ruas da cidade pela segunda noite consecutiva após o negro Keith Lamont Scott ser morto por um policial na terça (20).  
O chefe de polícia de Charlotte-Meckenburg, Kerr Putney, disse que o homem baleado morreu, mas não divulgou seu nome e disse não poder confirmar se ele participava da manifestação ou de onde partiu o disparo que o atingiu. O Twitter oficial de Charlotte publicou um post dizendo que "um civil foi atingido por outro civil". A prefeitura, porém, informou que o homem não morreu, mas estava em estado grave.

Segundo a agência AP, sete policiais e um civil foram atendidos em hospitais próximos da área onde ocorreram os protestos. O serviço médico de emergência informou apenas que um homem baleado estava em estado grave, mas não o identificou.


Homem é visto ao lado de poça de sangue formada após um manifestante ser baleado em Charlotte, na noite de quarta (21), durante protesto pela morte de Keith Lamont Scott (Foto: AP Photo/Chuck Burton)Após terem sido cercados por uma multidão e se refugiarem em um hotel, policiais dispararam gás lacrimogêneo e balas de borracha.

Homem é visto ao lado de poça de sangue formada após um manifestante ser baleado em Charlotte (Foto: Chuck Burton / AP Photo)
O confronto começou após uma vigília que começou pacificamente em homenagem a Keith Lamont Scott, ainda de acordo com a AP.


Arma
As autoridades de Charlotte afirmaram que Keith Lamont Scott estava armado quando foi morto.



O chefe de polícia de Charlotte-Meckenburg, Kerr Putney, disse em entrevista coletiva ao lado da prefeita de Charlotte, Jennifer Roberts, que os agentes pediram a Scott que largasse a arma com a qual saiu de um veículo. No entanto não detalhou se a vítima, de 43 anos, apontava para os agentes no momento em que foi morto.

Estudantes da Universidade da Carolina do Norte deitam no chão durante vigília em Charlotte, na quarta (21), em homenagem a Keith Lamont Scott (Foto: AP Photo/Gerry Broome)
Estudantes da Universidade da Carolina do Norte deitam no chão durante vigília em Charlotte, na quarta (21), em homenagem a Keith Lamont Scott (Foto: AP Photo/Gerry Broome)O chefe da polícia explicou que o agente que atirou, Brentley Vinson, não tinha uma câmera pessoal instalada em seu uniforme, mas que outros agentes que se encontravam no local possuíam o equipamento.


Os parentes negaram que a vítima estivesse armada e afirmaram que portava apenas um livro que lia enquanto esperava que um filho seu saísse da escola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...