EM CASA

EM CASA

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Dilma pede direito de resposta contra o sermão de um sacerdote. Isto é uma ofensa à Igreja Católica.

Da Folha Poder:

A coligação da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, pediu nesta quinta-feira no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) um direito de resposta na TV Canção Nova de 15 minutos no período da manhã.O partido reclama de sermão do padre José Augusto exibida na terça-feira na qual pede aos fieis que não votem em Dilma. Para o PT, o padre emitiu opiniões falsas e difamatórias. Segundo a representação, o padre chega a afirmar que o PT é a favor da "interrupção de gestações indesejadas". José Augusto também disse que estava com as eleições e que o país iria piorar muito com a eleição de Dilma. O padre afirmou que o PT quer aprovar leis que limitam a liberdade de imprensa e religiosa e que pretende liberar o casamento homossexual. Para ele, o partido quer transformar o país em uma nação comunista. No sermão, que foi retirada do YouTube a pedido da emissora, Augusto também disse que não temia ser preso ou morto "em clara sugestão caluniosa de que o PT poderia praticar algum crime contra a sua integridade física". No pedido, o PT lembra que as redes de televisão são concessões públicas. "As emissoras de rádio e televisão devem conferir tratamento equânime às candidaturas, com vistas a respeitar o equilíbrio do pleito eleitoral e o princípio da paridade de armas", diz o pedido. Em nota, TV Canção Nova afirma que irá apresentar sua defensa no prazo legal. A TV Canção Nova foi procurada, mas ainda não se pronunciou.
.................................................................................
A CNBB deveria se manifestar imediatamente. É inaceitável que um candidato queira censurar as palavras de um sacerdote. Como candidata, Dilma já quer calar a Igreja, impondo uma Lei da Mordaça contra os seus sacerdotes. O que não fará se for eleita?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...