sexta-feira, 24 de setembro de 2010

VEJAM DO QUE SÃO CAPAZES OS COMUNISTAS DO PT. NA VENEZUELA TOMAM PROPRIEDADES PRIVADAS À FORÇA! (CHAVISMO E PETISMO: TODOS IGUAIS)

Angela, filha Brito, mostra como pai foi morto por Chávez
Quase um mês após a morte de seu pai, Ángela Brito, de 20 anos, consegue falar com desenvoltura sobre a tragédia que mudou definitivamente a história da família. Apesar de todo o sofrimento, a jovem se tornou uma espécie de porta-voz sobre o caso de Franklin Brito: o agricultor venezuelano que faleceu depois de realizar seis greves de fome para reaver suas terras, expropriadas pelo governo de Hugo Chávez.

Foi Ángela que acompanhou o pai durante os nove meses em que ele foi forçado a ficar no hospital militar, em Caracas. Segundo o governo, ele precisava ser "tratado". Para a família, a intenção era fazer com que Franklin simplesmente sumisse do mapa e parasse de minar os planos chavistas.

Hoje, a jovem e sua mãe passam os seus dias em reuniões com advogados e representantes de entidades internacionais para recuperar os bens de Franklin, que se tornou um símbolo da luta pela própria terra - por mais absurdo que isso pareça - e pelos direitos humanos, em um país em que ambos são constantemente violados.

Com os cabelos negros presos em um rabo-de-cavalo e uma voz doce, quase infantil, Ángela revelou os detalhes sobre a longa batalha de seu pai contra o governo. Ela culpa Chávez e sua turma pela morte do agricultor, que teria inclusive sofrido tortura enquanto estava no hospital militar.

"Eles mantinham meu pai em um depósito dentro da terapia intensiva, onde entrava gente o tempo todo para pegar remédio. A temperatura também era muito baixa, cerca de oito graus, e havia um motor no quarto ao lado, que fazia a cama vibrar. Com tudo isso, ele ficou três dias sem poder dormir sequer um minuto", diz. "Ele estava preso, não podia sair de lá, atender o telefone nem ser tratado pelo médico de sua confiança", explica ela, lembrando que Franklin também não quis ser tratado pelos funcionários do local, pois achava que eles pudessem matá-lo.

Anos de sofrimento - O impasse com o governo começou quando Ángela tinha 14 anos. Apesar de não entender muito do que estava acontecendo, ela lembra do dia em que os vizinhos invadiram a propriedade de 299 hectares no estado de Bolívar, onde a família cultivava inhame, a dois quilômetros da casa em que morava. Meses depois, soube-se que os invasores tinham um documento do governo, que os permitia ocupar a terra. Leia esta matéria completa AQUI - É muito IMPORTANTE!

MEU COMENTÁRIO: Não há nenhuma dúvida de que se Dilma eventualmente for eleita teremos o bando do MST invadindo propriedades privadas e tomando-as para seus asseclas. Se a aliança petista conseguir a maioria no Congresso aprovam a mudança na Constituição que fará do Brasil uma nova Venezuela, onde os cidadãos não terão mais nenhuma liberdade. Todos os sigilos quebrados, todas as informações em poder do Estado de seus comissários, enfim, o terrorismo de Estado.

Esta matéria sobre a luta e morte de Franklin Brito é para tentar fazer ver às pessoas que o que estamos alertando há vários anos não é delírio. É a realidade. O PT é comunista. O PT vai destruir a liberdade para perpetuar-se no poder. Foi assim em Cuba, na Venenzuela e na ex-URSS os comunistas dominaram por 70 anos!

Fonte: Blog do Aluizio Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BARRO PRETO - Juraci demonstra força e apoio do povo

    Com o fim do Primeiro Turno das eleições de 2022, o prefeito Juraci da Saúde mostra a sua força no município de Barro Preto. Mesmo c...