DAHIANA DIVULGAÇÃO

DAHIANA DIVULGAÇÃO

IR

IR

ADAUTO NASCIMENTO

ADAUTO NASCIMENTO

SAAE

SAAE

domingo, 4 de dezembro de 2016

Rio, SP, PE, MG e Brasília têm atos em apoio à Lava Jato



  • Reprodução/Facebook
    Manifestantes se reúnem em Copacabana, Rio de Janeiro, para protestar contra mudanças feitas no projeto anticorrupção
    Manifestantes se reúnem em Copacabana, Rio de Janeiro, para protestar contra mudanças feitas no projeto anticorrupção
Milhares de manifestantes já se reúnem neste domingo (4) na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, na Esplanada nos Ministérios, em Brasília, e em cidades do interior de São Paulo, como Campinas e Franca. 
O movimento organizado pelas redes sociais deve acontecer em cerca de 200 cidades do Brasil, em defesa a Operação Lava Jato e apoio ao juiz Sergio Moro.
No Rio, a concentração começou às 10h, próximo ao posto 5. Ao som do hino nacional, manifestantes vestidos com a camisa do Brasil gritam "Fora, Renan", em protesto contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e contra as mudanças feitas no pacote anticorrupção.
"Estão chegando grupos de todos os lugares: Ministério Público, Igreja, a população como um todo. Queremos chamar a atenção para a pressão que a Lava Jato está sofrendo e para os congressistas, que estão tentando fazer lei para salvar a própria pele", disse Adriana Balthazar, uma das coordenadoras do Movimento Vem pra Rua-RJ, ao Estadão. De acordo com a manifestante, não é possível estimar a quantidade de pessoas esperadas para o protesto, mas será "grande".
Três carros de som, de diferentes movimentos, convocam a população para a passeata. Houve algumas alterações no trânsito devido ao protesto. O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informa que a pista junto aos prédios da avenida Atlântica está interditada entre o Forte de Copacabana e a rua Xavier da Silveira.
Divulgação/PMDF
Manifestantes entram em espelho d?água em frente ao Congresso
O ato também segue pacífico em Brasília e, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, cerca de 4 mil pessoas se concentram em frente ao Congresso Nacional. Policiais acompanham a movimentação e fazem um cordão de isolamento para impedir invasão. 
Uma ação simbólica acontece contra os deputados e senadores. Os manifestantes estão depositando ratos de papel dentro do espelho d'água. "Porque é isso que eles são. Eles não nos representam", afirma uma das coordenadoras do protesto do carro de som.
Em coro, as palavras de ordem também são direcionadas ao presidente do Senado: "Renan, cangaceiro, devolve meu dinheiro".
Em Campinas (SP), o protesto também focou em críticas ao senador. Outras cidades do Estado de São Paulo em que há protestos incluem manifestantes já começaram a protestar em Mogi das Cruzes, Indaiatuba, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Rio Claro, Araçatuba, Campinas, Franca e Bauru

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...